Isenção de IPVA para elétricos é aprovada em São Paulo

Sanção do governador é o último passo para que a determinação vire lei; híbridos pagarão metade do tributo

Por AutoPapo 22/03/21 às 15h47
carro elétrico branco com carregador ligado na tomada
Isenção de IPVA para elétricos durará 05 anos em São Paulo (Foto: Shutterstock)

O Projeto de Lei 1256/2019, que autoriza o governo de São Paulo a estabelecer uma política estadual de incentivo ao uso de veículos elétricos e híbridos, foi aprovado pela Assembleia Legislativa. De autoria do deputado estadual Emídio de Souza (PT), a proposta estabelece a isenção do Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores (IPVA) para elétricos e redução de 50% da taxa para os carros híbridos.

A medida, que ainda precisa ser sancionada pelo governador João Doria, tem prazo estabelecido de cinco anos.

LEIA MAIS

“Essa proposta se alinha com práticas internacionais modernas, garante desenvolvimento econômico e proteção ao meio ambiente”, justificou o autor.

Para ser elegível à isenção de IPVA, os carros elétricos precisam ter preço inferior a 8.000 UFEPSs (Unidade Fiscal do Estado de São Paulo), que, em 2021, corresponde a R$ 232.720.

O texto também prevê a abertura de linha de crédito prioritária para incentivo à produção de veículos movidos à propulsão elétrica e híbridos. Além disso, a matéria define que São Paulo tenha até 2035 para substituir 90% da sua frota por veículos de propulsão elétrica.

16 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Jaime 19 de julho de 2021

O projeto de lei foi vetado integralmente.

Avatar
Luiz Claudio Stefani 9 de junho de 2021

Não acho legal erros de português, acho que foi digitação!
Mas entendeu né, ou vou ter que levar um colírio pra incomodada?

Avatar
Nicolas 29 de maio de 2021

Apenas uma observação!
Essa lei se torna meio que inútil se considerar o limite de custo do veículo elétrico estabelecido hoje por 232 mil!!!
Os preços já ultrapassam esse valor (totalmente elétrico) com todos os impostos até chegar no comprador. Já para os carros híbridos, os 50% de isenção são aplicáveis para a realidade do preço de compra dos mesmos aos brasileiros.
Enfim, o justo seria não conter limite nenhum do custo do veículo 100% elétrico já que no Brasil não existe o poder de compra comparado aos países desenvolvidos que iniciaram o incentivo.

Avatar
Alexandre 25 de março de 2021

Ótima iniciativa, porém acredito pelo nossa matriz energética atual, ambos (Híbrido e elétrico) deveriam ter o mesmo beneficio.

Avatar
Renard 23 de março de 2021

Aqui apenas uma opinião pessoal minha: carros elétricos ou híbridos só compensa ter/comprar se o proprietário tiver como fazer a recarga em casa e/ou no trabalho. Ficar procurando postos de recarga e esperando duas, três horas por uma recarga completa e contraproducente, insuportável.

Avatar
Pois é. 22 de março de 2021

Dar 50% de desconto no IPVA de carro elétrico é igual Auxílio Moradia para autoridades que recebem 38 mil de salário. Mordomia.

Avatar
Marco 23 de março de 2021

Pra quem não tem visão de sustentabilidade ou de longo prazo, e pensa que o que não o beneficia não é válido, sim, é.

Avatar
Renard 23 de março de 2021

Cinquenta por cento de isenção no IPVA é para carros HÍBRIDOS porque para os elétricos até determinada faixa de preço a isenção é TOTAL. Favor reler o texto com mais atenção!

Avatar
MARCELO DE LIMA SILVA 22 de março de 2021

Poderiam também dar desconto no IPVA para carros movidos a GNV, pois poluem bem menos que carros movidos a gasolina e etanol.

Avatar
Luiz 22 de março de 2021

Bom esse incentivo, só que vai na contra mão de outra isenção do IPVA de defiscientes, que rescentemente tiveram isenção cortada, e que agora voltou isentar , mas está em jurisdição, o duro é que hibrido ou eletrico terá isenção de carros até $220.000,00 , enquanto PCDs, até $70.000, controverço essa medida!

Avatar
Pedro 9 de junho de 2021

Vai fazer umas aulas de português antes de postar comentário! Quantos erros de ortografia, chega a doer os olhos…

Avatar
Luiz Claudio Stefani 9 de junho de 2021

Não acho legal erros de português, acho que foi digitação!
Mas entendeu né, ou vou ter que levar um colírio pra incomodada?

Avatar
Robson Tinoco de Oliveira 22 de março de 2021

Dar isenção novamente para quem não precisa vamos priveligea a classe alta. ESQUECEM que esses carros também usa ruas e rodovias

Avatar
Marco 23 de março de 2021

Pensa um pouco… Isso pode aumentar a produção de carros elétricos, com isso, eles podem se tornar mais acessíveis no futuro. Além do mais, é uma medida de sustentabilidade, não de privilégio financeiro… Dá pra todo mundo entender o objetivo, mas precisa de esforçar um pouco né ?

Avatar
Adilson 22 de março de 2021

Grande iniciativa. Um governo sério e comprometido com leis internacionais e com bem estar da sociedade e com meio ambiente segue este caminho.
Parabéns ao governo de São Paulo.

Avatar
Rafael magno 23 de março de 2021

Governo sério vc forçou aí um pouco, o governo seria sério se fizesse essa lei para carros GNV, mas vc n tá pronto pra essa conversa …

Avatar
Deixe um comentário