[Vídeo] Ayrton Senna pilota o Honda NSX, esportivo que ele ajudou a criar

Ayrton Senna, que completaria 61 anos no último domingo (21), ajudou a desenvolver um dos carros esportivos mais icônicos da história

ayrton senna nsx 2
Ayrton Senna e seu Honda NSX (Foto: Razão Automóvel | Reprodução)
Por Andre Willis
22 de março de 2021 14:00

Ayrton Senna, que completaria 61 anos no último domingo (21), ajudou a desenvolver um esportivo inovador para sua época. O veículo que o ex-piloto brasileiro fez parte do processo de produção foi o Honda NSX, o primeiro automóvel produzido em série com toda a carroceria em alumínio.

O esportivo fez sua primeira aparição para o mercado em 1989, no Salão do Automóvel de Chicago, um ano antes de sua comercialização. O nome NSX do Honda é um acrônimo  de New Sportscar eXperimental. Mas como Ayrton Senna tem ligação com este carro?

Veja Senna pilotando o Honda NSX em Suzuka e fazendo o “punta-tacco” nos pedais

Logo após o Salão de Chicago, em fevereiro de 1989, Ayrton Senna estava no Japão para testar o McLaren e Honda, quando os japoneses pediram que o brasileiro testasse o protótipo do Honda NSX na pista de Formula 1, em Suzuka.

VEJA TAMBÉM

De acordo com o site português Aquela Máquina, Senna, em primeira oportunidade, não achou confiável achar no protótipo do NSX.  “Não sei se sou a pessoa indicada para dar uma opinião sobre um carro de produção”, disse Ayrton para os engenheiros da Honda.

Após a declaração do piloto brasileiro, os mecânicos nipônicos conseguiram aumentar a rigidez do esportivo em cerca de 50%, o que agradou Ayrton. Além disso, acredite se quiser, Senna ajudou no acerto da suspensão do Honda NSX.

Ayrton Senna adorou o Honda NSX

No último teste guiando o Honda NSX, já na pista alemã de Nürburgring, Ayrton Senna percebeu que o carro era um esportivo de fato e deu o ‘aval’ para ser comercializado em 1990.

Ele gostou tanto do Honda NSX, que usava o esportivo em suas estadias em Portugal. O modelo vermelho de placa SX-25-59 era um carro de serviço que pertencia à Honda Portugal, que o emprestava a Ayrton Senna sempre que ele ia ao país.

Fim do romance

No final de 1992, a McLaren deixou de usar os motores da Honda, obrigando Ayrton Senna a devolver seu NSX à concessionária de Portugal. Entretanto, na temporada seguinte, Senna já não era piloto da Honda, mas solicitou o uso do ‘seu’ NSX durante o Grand Prix de Formula 1 em Portugal.

honda nsx 1992

Especificações do Honda NSX

  • 273 cv de potência
  • 29 kgfm de torque
  • Velocidade máxima de 270 km/h
  • zero a 100 km/h em 5,9 segundos
3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Jon Zorzi 22 de março de 2021

A Honda poderia fazer uma versão do Honda nsx Airton Senna como a MacLaren fez dando a sua homenagem a este piloto

Avatar
Jon Zorzi 22 de março de 2021

A Honda poderia fazer uma versão do Honda nsx bem potente e esportiva com o nome do Airton Senna como a MacLaren fez a Senna a Honda poderia fazer o nsx Airton numa versão super potente.

Avatar
Bruno 22 de março de 2021

Show de drift. Talentoso como Senna, certamente ele fez voltas melhores.

Avatar
Deixe um comentário