Moradores querem impedir a realização do GP de Miami de Fórmula 1

De acordo com os moradores locais, a chegada da Fórmula 1 a Miami pode causar danos físicos e irreparáveis na comunidade local

95% das obras para o GP de Miami já estão concluídas
95% das obras para o GP de Miami já estão concluídas (Foto: Fórmula 1 | Reprodução)
Por Bernardo Castro
20 de abril de 2022 13:19

Após ser adquirida pelo grupo Liberty Media, a Fórmula 1 não tem poupado esforços para marcar presença no mercado norte americano e já confirmou que, a partir de 2023, terá 3 GPs nos Estados Unidos: Las Vegas, Austin e Miami. Mas parte da população de Miami não está muito feliz com isso, e quer impedir a corrida que deve estrear no calendário da categoria no dia 8 de maio.

No dia 1º de março moradores próximos ao Hard Rock Stadium – local onde acontecerá a corrida – entraram com uma ação na justiça alegando que o evento “causaria graves interrupções e danos físicos”.

VEJA TAMBÉM:

Agora, as pessoas do local estão com um último recurso pedindo o cancelamento do GP de Miami, alegando preocupações com barulho excessivo. E a suspensão da corrida até é algo possível. No entanto, de acordo com Alan Fine, juiz do Tribunal do Condado de Miami-Dade, são necessárias provas concretas de que os moradores podem ter ferimentos reais e com danos inevitáveis, em decorrência da corrida.

Algumas evidências mostram que o evento causaria um ruído de até 97 decibéis em um raio de 4 km da pista. Fine ainda deu duas sugestões para os que se opõe à corrida: “usar tampões de ouvido, ou deixar o local.”

De acordo com o Motorsport.com, a South Florida Motorsports tem tomado medidas para reduzir o incômodo no local. Para isso, instalou folhas de PVC contra as cercas de detritos para abafar os níveis sonoros produzidos no lado norte do circuito que está mais próximo para áreas residenciais.

Os advogados do Miami Dolphins – time de futebol americano dono do Hard Rock Stadium – afirmaram que 95% dos preparativos do GP de Miami já estão concluídos. Além disso, alegaram que o pedido se trata de “uma emergência de sua própria autoria”.

Por enquanto, a realização da corrida está garantida e, ao que tudo indica, não haverá mudanças quanto a isso.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Andre Rocha 20 de abril de 2022

Pessoal mimizento dos infernos. E pior que não é só por lá, por cá também, haja visto que os moradores do entorno do aeroporto de Jacarépaguá entraram com ação judicial com as mesmas alegações (barulho), sendo que o aeroporto já existia antes das ocupações por moradores… É cada uma, viu!

Avatar
HAF 3 de maio de 2022

Pois é amigo… isso só tem a piorar com estas novas gerações que só vivem no youtube e redes sociais… um bando de alienados politicamente corretos, sem pensamento próprio. A gerações floquinhos de neve.

Avatar
Deixe um comentário