Moto elétrica do iFood promete economia de até 70% para entregadores

iFood firmou uma parceria com a Voltz para produzir moto elétrica a fim de zerar as emissões de CO2 e proporcionar economia aos entregadores

moto eletrica evs work ifood
A EVS Work iFood tem autonomia de até 180 km e sua velocidade máxima é 85 km/h (Foto: Divukgação)
Por Bernardo Castro
02 de junho de 2022 09:27

O iFood anunciou a sua primeira moto elétrica, a EVS Work iFood, que foi desenvolvida em parceria com a marca brasileira Voltz. A iniciativa parte do objetivo de zerar as emissões de C02 e proporcionar uma economia aos motoboys responsáveis pelas entregas do delivery.

Os entregadores parceiros do iFood, caso interessados em adquirir a moto elétrica, terão um desconto de R$ 2 mil e poderão comprá-la pela bagatela de R$9.990.90. Além disso, eles terão condições especiais na assinatura do sistema de troca de baterias, no qual a Creditas está financiando a expansão do projeto.

VEJA TAMBÉM:

O banco BV e a rede de postos Ipiranga também estão na empreitada. O iFood firmou uma parceria com o banco para oferecer uma linha de financiamento com condições diferenciadas para viabilizar a aquisição das motos elétricas. Assim, o BV oferece um subsídio de R$ 2 mil para as 300 primeiras motos que forem financiadas – mediante aprovação de crédito e usuário.

As EVS Work iFood podem ser recarregadas de duas formas: plugando nas tomadas convencionais, ou através de um sistema de trocas de baterias. Essa troca da bateria pode ser feita através de postos Ipiranga espalhados pela cidade de São Paulo, podendo otimizar o tempo do motoboy. Esse projeto ainda está em fase de testes e, nesse momento, serão instaladas 100 estações de troca rápida de bateria em bairros como Lapa, República, Consolação, Pinheiros, Jardins, Paulista, Aclimação, Moema, Itaim Bibi, entre outros.

Esse sistema de troca de baterias é uma opção para os entregadores que não querem se preocupar com a recarga no durante o horário de trabalho. Com isso, a parceria do iFood disponibiliza planos de assinatura que variam de R$ 129,00 por mês para quem roda até 2 mil km a R$ 319,00 para quilometragem e trocas ilimitadas. Assim, os entregadores fazem a troca de baterias descarregadas por outras carregadas de forma rápida e simples.

A autonomia da moto com duas baterias é de 100 km até 180 km.

Moto elétrica do iFood promete economia de até 70%

Um primeiro teste realizado com 30 entregadores da cidade de São Paulo constatou que a troca de uma motor com motor a combustão por uma elétrica gera uma redução real de custos para a realização das entregas.

O aplicativo usou como referência um motoboy que percorre 3.000 km por mês, com custo mensal em torno de R$610 de combustível (considerando o litro a R$7,10).

Com a EVS Work iFood esse custo vira um valor fixo, levando em conta o sistema de troca de bateria desenvolvido nesse projeto, gerando uma economia de mais de 60% para o entregador somente em combustível. Se considerar a manutenção, os gastos podem cair ainda mais e chegarem a 70%.

EVS WORK IFOOD – DADOS TÉCNICOS

  • Autonomia de 100 km até 180 km com duas baterias
  • Até 85 km/h – restringido para maior autonomia
  • Garantia de 2 anos
  • Valor da moto iFood/Voltz – R$ 9.999,90

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Vanderlei de Curitiba 5 de junho de 2022

Como Faso pra comprar essa moto aqui em Curitiba

Avatar
Deixe um comentário