Ferrari GTO perde o título de carro mais caro do mundo

O modelo da Ferrari perdeu o posto para um Mercedes 300 SLR, que tem mecânica de Fórmula 1 dos anos 1950 e foi leiloado por quase R$ 1 bilhão

mercedes 300 slr portal
Mercedes 300 SLR tem a mecânica do w196, carro que Juan Manuel Fangio foi campeão na Fórmula 1 (Foto: Mercedes | Divulgação)
Por Boris Feldman
02 de junho de 2022 07:32

O carro mais caro do mundo era uma Ferrari 250 GTO 1963, leiloada por US$ 70 milhões, há alguns anos.

“Era”, pois este valor foi superado há duas semanas – num leilão da própria fábrica – onde a Mercedes-Benz “Asa de Gaivota” numa versão de competição, a 300 SLR, de 1955, foi vendida por €135 milhões, ou cerca de R$ 700 milhões.

VEJA TAMBÉM:

Só foram produzidas duas unidades deste carro, que tem motor de 302 cv e a mesma mecânica da Mercedes W196, que levou duas vezes Juan Manuel Fangio à conquista do campeonato mundial de Fórmula 1.

Se você estiver pensando em comprar a outra 300 SLR, esqueça: não está à venda,  e continuará no Museu da Mercedes-Benz em Stuttgart.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário