Polícia Rodoviária Federal inicia operação Carnaval 2022 nesta sexta-feira

Corporação vai intensificar a fiscalização e o policiamento; motoristas embriagados são os maiores alvos da ação

mcjr policia rodoviaria intensifica fiscalizacao estradas 06032015003
Apesar do cancelamento de várias festividades de Carnaval em 2022, policiais prometem agir com rigor (Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil)
Por AutoPapo
22 de fevereiro de 2022 08:32
Com Agência Brasil

Apesar da decisão de alguns estados e municípios de não promoverem festas de Carnaval em 2022, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizará uma operação de prevenção e fiscalização. A ação terá início no dia 25 de fevereiro e prossegue até 2 de março, às 23h59. De acordo com a corporação, o objetivo é de “promover a segurança viária nos deslocamentos dos usuários” pelas estradas.

Durante esse período, fiscalização e policiamento serão intensificados, com o aumento das rondas ostensivas e com o posicionamento das equipes em locais estratégicos. Em nota, a PRF explica que, durante a operação, haverá revezamento de policiais ao longo das rodovias federais: trechos mais movimentados e locais onde há alto índice de acidentes ou elevado número de infrações de trânsito serão os maiores alvos.

VEJA TAMBÉM:

Segundo a PRF, independentemente de haver ou não festas de Carnaval em 2022, devido à pandemia de Covid-19, “quem bebe e dirige coloca em risco não só sua própria segurança, mas também a dos passageiros e a de terceiros”. Por isso, “um dos principais focos será o combate à mistura álcool e direção, uma das maiores causas de acidentes de trânsito com vítimas gravemente feridas”, segundo nota da PRF.

As equipes da PRF estarão munidas com etilômetros, equipamentos utilizados para medir a concentração de álcool no organismo por meio da análise do ar expelido pelos pulmões. Vale lembrar que o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) estabelece limite zero para o consumo de álcool pelos motoristas.

Lei Seca é foco da Operação da Polícia Rodoviária

O artigo 165 do CTB define como “gravíssima” a infração de dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência. A multa para o motorista que comete essa infração é de R$ 2.934,70. Esse valor que dobra caso o infrator seja flagrado novamente no período de um ano, além de a carteira de motorista ficar suspensa por 12 meses.

A PRF destaca que a “simples recusa em submeter-se ao teste de etilômetro oferecido pelo policial ocasiona a mesma penalidade”. A nota da Polícia Rodoviária Federal destaca que, apesar do rigor da Lei Seca, não é difícil flagrar, nas rodovias federais, motoristas que bebem antes de dirigir durante uma operação rotineira de carnaval.

O CTB estabelece também que, caso o etilômetro acuse nível igual ou superior a 0,3 miligrama de álcool por litro de ar alveolar) ou se forem verificados sinais de embriaguez pelo policial, o motorista responderá por crime de trânsito. “Diante dessa situação, o motorista é imediatamente conduzido à delegacia e pode sofrer a pena de detenção (de seis meses a três anos) e até proibição de se obter a habilitação”, acrescenta a PRF.

Outros objetivos da operação da Polícia Rodoviária

Durante a Operação de Carnaval de 2022, a Polícia Rodoviária Federal fiscalizará também outras infrações de trânsito, como excesso de velocidade, desrespeito à sinalização e ultrapassagens proibidas. A PRF acrescenta que “ultrapassagens mal-realizadas são responsáveis por um terço das mortes em rodovias federais”.

Novas regras de trânsito estão valendo: para evitar multas, assista ao vídeo e entenda as principais mudanças!

Acidentes

A PRF pontua que, “por se tratar de um ano atípico, os números registrados em 2021 não são ideais para fins estatísticos de comparação com os anos anteriores, tendo em vista o cancelamento do Carnaval em 2022, por conta da pandemia do coranavírus. Por esse motivo, o número, durante o período carnavalesco, de acidentes causados por motoristas que dirigiram após o consumo de álcool reduziu para 89”, detalha o órgão.

Em 2019, foram registrados 126 acidentes envolvendo bebida e direção nos seis dias de carnaval. Em 2020, foram 141 registros. No dia 3 de março será apresentado o balanço das operações, tendo que como base de comparação os dados registrados entre 12 e 17 de fevereiro do ano passado.

Telefone da PRF

Motoristas que enfrentarem situações de emergência em rodovias federais podem entrar em contato com a PRF pelo telefone 191.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Rodolfo 22 de fevereiro de 2022

Um policial rodoviário disse um dia:
“Na dúvida não ultrapasse!”

Avatar
Deixe um comentário