Projeto libera transporte de água e gás de cozinha com motocicletas

Proposta de Lei altera o Código de Trânsito Brasileiro, que exige sidecar em motos para transportar galões e botijões

moto transportando botijao de gas
Atualmente, transporte de botijão na garupa de motos é proibido (Foto: Shutterstock)
Por AutoPapo
17 de novembro de 2021 15:35
De Agência Câmara de Notícias

O Projeto de Lei 2467/21 permite o transporte de até dois botijões de gás de cozinha com 13 kg ou de galões com 20 litros de água mineral por meio de motocicleta ou motoneta sem o auxílio de sidecar, desde os produtos sejam instalados em dispositivos específicos para o transporte desse tipo de carga.

A proposta em análise na Câmara dos Deputados altera o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Atualmente, essa norma permite o transporte desses cargas apenas com auxílio de sidecar – dispositivo de única roda acoplado ao lado da moto –, conforme regulamentação do Conselho Nacional de Trânsito.

VEJA TAMBÉM:

“Os limites atuais praticamente inviabilizam a motocicleta para o transporte de água e gás de cozinha, especialmente nos locais de acesso difícil”, disse o autor da proposta, deputado Franco Cartafina (PP-MG). “Em morros ou em vielas estreitas, os veículos com sidecar não têm condições de trafegar”, explicou.

O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Viação e Transportes; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Quem matou o motociclista de Uberaba? Confira opinião de Boris Feldman!

Você sabia que o AutoPapo também está presente em suas redes sociais favoritas? Clique e confira:

TikTok YouTube Facebook Twitter

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário