Projeto de lei prevê livre circulação para carro de PcD

Projeto de lei apresentado na Câmara dos Deputados sugere a livre circulação dos carros PcD ou que transportem pessoas com mobilidade limitada

pessoa com deficiencia pcd olhando interior de um veiculo
O projeto isenta os PcD de restrições como o rodízio de São Paulo (Foto: Shutterstock)
Por AutoPapo
25 de abril de 2022 09:39
Com Agência Câmara de Notícias

O Projeto de Lei 821/22 prevê que os veículos conduzidos ou que transportem pessoas com deficiência (PcD), com doença crônica que comprometa a mobilidade ou que estejam em tratamento continuado debilitante de doença grave serão livres para a circulação em vias terrestres, sem limitação ou restrição de horários.

O texto em análise na Câmara dos Deputados insere dispositivo no Estatuto da Pessoa com Deficiência. Essa norma já prevê que o direito ao transporte e à mobilidade da PcD ou com mobilidade reduzida será assegurado em igualdade de oportunidades com as demais.

VEJA TAMBÉM:

“O transporte público nem sempre atende as necessidades das pessoas que têm mobilidade reduzida e torna muito sofrida a utilização para quem se encontra fragilizado”, disse o autor da proposta, deputado Geninho Zuliani (União-SP).

Tramitação

O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário