Renault acaba com modelos R.S.; divisão esportiva será Alpine

Montadora francesa está se reorganizando e migrou seus modelos esportivos para a submarca Alpine, que irá focar em carros elétricos

renault sandero rs 2020 carro esportivo
Sandero R.S, é único modelo da divisão esportiva no Brasil (Foto: Renault | Divulgação)
Por AutoPapo
11 de maio de 2021 13:00

A Renault anunciou o fim da sua divisão “Renault Sport”; agora, os modelos de alta performance da marca francesa serão responsabilidade da Alpine.

A Alpine tem como objetivo ser uma marca esportiva premium na vanguarda da inovação e tecnologia. A Alpine Cars, com sua expertise e experiência em veículos esportivos, é um elemento-mestre para alcançar nossos objetivos”, disse o CEO da Alpine, Laurent Rossi.

VEJA TAMBÉM:

A Renault Sport – ou R.S. – foi responsável por modelos icônicos como R5 Turbo, o Clio V6, o Mégane RS Trophy e o novo Alpine A110. No Brasil, o único carro que recebe o emblema da divisão esportiva é o Sandero R.S. Resta saber qual será o destino do “hot hatch”, principalmente com a nova geração do modelo prevista para o ano que vem.

Além disso, para dificultar ainda mais a sobrevida do Sandero R.S., a Alpine focará em esportivos elétricos.

7 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Luiz 13 de julho de 2021

O carro é legal, mas não vende. Não é culpa da marca se as pessoas querem ter Renegades.

Avatar
Rogério 14 de maio de 2021

Tenho o Sandero RS 21/22 o carro é fanastico, principalmente no acerto de suspensão, freios e cambio. Indico para quem gosta de esportividade abaixo dos $ 80 mil.

Avatar
Eduardo 12 de maio de 2021

Reclamam, reclamam, reclamam mas na hora de comprar o brasileiro vem com mil desculpas…vão de suvs ou ainda pegam os famosos gols GTI e gastam uma fortuna reformando os mesmo.. eu mando um muito obrigado pela Renault Sport em ter proporcionado o Sandero RS!!!tenho um e não vendo, agora vai ficar mais exclusivo ainda…quem sabe receba o devido valor que não teve qdo estava em linha ….

Avatar
Tadeu 12 de maio de 2021

Tanto se falou da nova geração do Dacia Sandero, do motor 1.3T da Renault, Taliant, 1 Bi de investimento no Brasil, reestruturação da empresa e blá, blá, blá, etc. que fiquei esperançoso de ver o novo Sandero RS turbo por aqui. Há alguns meses já percebi que foi tudo balela e vão investir esse dinheiro em SUVs de baixo custo de produção e acabamento pobre com preço de sedan médio. Estava aguardando esse lançamento para trocar de carro no final do ano, decepção…

Avatar
Genilson Silva 12 de maio de 2021

Concordo e é uma pena, porque mexem no que está bom e fazem propaganda com tecnologias bobas com preços fora da realidade de qualquer brasileiro, ou seja só favorecem quem possui salário de 10.000 por mês, o Sandero RS era carro de macho sem frescura, ignorante, rígido de acabamento simples mas bem feito e com motor que parece um leão! Estragaram o que estava ótimo

Avatar
VANDERLEI GRANDE 11 de maio de 2021

Sandero R.S. Simplesmente o melhor modelo da marca comercializado no país.

Avatar
Beto 15 de maio de 2021

Concordo. Na hora que acabarem com o Sandero RS, mudo de marca no ato.

Avatar
Deixe um comentário