Rimac Nevera: o hipercarro elétrico croata de 1.914 cv

Após três anos de espera, Rimac tira Nevera do papel e anuncia o novo hipercarro elétrico de mais de €2 milhões

Por Bernardo Castro 08/06/21 às 17h48
Rimac Nevera hipercarro elétrico com 1.914 cv de potência
Rimac Nevera hipercarro elétrico com 1.914 cv de potência (Foto: Rimac | Divulgação)

A Rimac, fabricante de veículos da Croácia, revelou a forma definitiva do protótipo elétrico C_Two, nomeado Nevera. O nome do hipercarro elétrico é em homenagem a uma poderosa tempestade croata.

Assim como a tempestade, os números do carro também são incríveis. Com 1.914cv de potência, Nevera atinge 100km/h em incríveis 1,85 segundo. Além disso, sua bateria tem aproximadamente 500 km de autonomia e recarga de 0 a 80% em 19 minutos.

VEJA TAMBÉM:

Se você pensa em adquirir uma das 150 unidades que serão construídas, é melhor preparar o bolso: o valor do Rimac Nevera é estimado em 2 milhões de euros (R$12,3 milhões na cotação atual).

O alto desempenho do do hipercarro elétrico se da graças ao trem de força elétrico de quatro motores, que fornece a potência com a emergia vinda de uma bateria – esta em forma de H – de 120 kWh. A bateria contém 6.960 células individuais e também é um membro estrutural do chassi, que proporciona 37% da rigidez da fibra de carbono do carro.

Os motores que movem o Rimac Nevera possuem incríveis 97% de eficiência. Por isso, quase toda a energia do pacote é utilizada para mover o veículo. Para exemplificar o quanto esse motor é eficiente, tome como exemplo as unidades de potência da Fórmula 1: que com toda aquela tecnologia atingem ‘apenas’ 50% de eficiência.

A eficiência dos propulsores se justificam quando se vê o peso do hipercarro: 2.150kg. Para compensar ao máximo possível o peso da bateria o Rimac Nevera tem uma estrutura em fibra de carbono que consiste em 2.200 lonas individuais e 222 pastilhas de alumínio.

Rimac Nevera conta com sistema “Driver Coach”

Previsto para ser lançado em 2022 através de uma atualização, o sistema utiliza a inteligência artificial para treinar o condutor com orientações sonoras e visuais em pistas de corrida. Com isso, o dispositivo aconselha se o motorista deve frear mais cedo, acelerar com mais intensidade, e também a encontrar o melhor traçado para se fazer.

A tecnologia funciona com a ajuda de 13 câmeras separadas que estão instaladas no veículo, além de 12 sensores ultrassônicos e seis radares.

Além disso, o motorista pode optar por diferentes modos de direção. Dentre eles, pré-definidos pela empresa estão: Esporte, Drift, Conforto, Alcance e Pista. Além de dois que podem ser personalizados a seu gosto.

Cada Nevera entregue ao comprador será assinado pessoalmente por Mate Rimac, fundador da empresa. Ademais, o cliente ainda pode escolher entre uma série de acabamentos e especificações para garantir que o seu veículo será único. As entregas estão programadas para começar ainda em 2021.

Fotos: Rimac| Divulgação

1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Wellington 8 de junho de 2021

Existe uma informação equivocada, o motor da formula 1 é extremamente eficiente, 50% se deve ao fato de ser um motor a combustão que normal tem 30% de eficiência acoplado a uma unidade de força elétrica com algo em torno de 95%, comparar um motor puramente elétrico com um “hibrido” é incorreto, a comparação deve ser feita com os motores de carros elétricos, como o Tesla Model 3 que é mais eficiente que o do Tesla Model S e foi considerado um dos motores mais eficientes do mundo.

Avatar
Deixe um comentário