Em breve no Brasil, Ford Maverick é lançada: vai peitar a Toro?

A nova Ford Maverick traz motor híbrido de série e oferece o 2.0 EcoBoost do Bronco Sport como opção; comparamos com a rival da Fiat

ford maverick lariat
Nova Ford Maverick é lançada e traz medidas e capacidades próximas às da Fiat Toro (Foto: Ford | Divulgação)
Por Eduardo Rodrigues
08 de junho de 2021 13:55

A Ford enfim revelou a Maverick, picape monobloco que vem para ficar abaixo da Ranger em sua linha: ela está mirando consumidores que nunca tiveram uma picape e oferece uma transição entre os SUV médios e as picapes tradicionais com chassi. Mesma fórmula que fez sucesso no Brasil com a Fiat Toro.

A Maverick adotou um desenho mais quadrado, no estilo da grandalhona F150. A dianteira vertical e o para-brisa pouco inclinado dão um ar mais rústico quando comparada com a Fiat Toro e seu design mais arredondado.

Nos EUA três modelos serão disponíveis: a de entrada XL, com rodas de aço estampado e voltada para o trabalho; a intermediária XLT; e a topo de linha Lariat.

linha ford maverick
A nova picape oferece três modelos diferentes nos EUA

VEJA TAMBÉM:

O carro que habita na Maverick

A plataforma da picape Maverick é a C2, a mesma usada pelo Bronco Sport, Escape e Focus. Essa arquitetura é moderna, modular e já prevê eletrificação. A picape é o maior veículo feito nessa plataforma.

A suspensão dianteira da Maverick é do tipo McPherson, e na traseira existem duas opções: um eixo de torção para as versões de tração dianteira e uma multilink para as versões com tração integral.

Para os consumidores que não querem entrar no mundo das picapes por receio do consumo de combustível a Ford oferece uma motorização híbrida. O motor a combustão é o 2.5 aspirado que funciona no ciclo Atkinson, produzindo 164 cv e 21,4 kgfm, auxiliado por um motor elétrico de 94 kW e 23,9 kgfm, totalizando 193 cv. O torque combinado não foi divulgado. a transmissão é CVT.

Já o motor para quem exige mais desempenho da Maverick é o 2.0 EcoBoost, com 253 cv e 38,2 kgfm, acoplado a transmissão automática de 8 marchas. Mesmo conjunto do Bronco Sport.

A parte picape da Maverick

Hoje nos EUA existe uma competição entre os fabricantes de quem consegue trazer mais soluções para a caçamba das picapes. A Maverick entra nessa briga trazendo algumas ideias inteligentes para ajudar tanto quem vai trabalhar com a picape quanto quem vai usá-la para o lazer.

Para o trabalho a caçamba da Maverick conta com quatro ganchos de amarração no assoalho, dois na tampa da caçamba, um trilho em cada lateral do compartimento com um gancho em cada e furos nas laterais da caçamba para prender acessórios. A caçamba vem com iluminação em LED.

A caçamba também conta com vãos na lateral da caçamba onde é possível encaixar tábuas para segmentar a caçamba. Na lateral da caçamba também existe uma tampa que esconde um porta-objetos e uma tomada de 110 volts. Para quem pretende usar a Maverick para o lazer a caçamba oferece o abridor de garrafas que vimos no Bronco Sport.

Quando equipada com o pacote FX4, disponível apenas para a Maverick com tração integral, é acrescentada uma suspensão mais alta voltada para o fora de estrada. O pacote inclui amortecedores especiais e rodas de 17 polegadas com pneus de uso misto.

Medidas: Maverick X Toro

Ao analisar a ficha técnica fica claro que a Ford mirou na Fiat Toro como concorrente, apesar da Maverick ser apresentada nos EUA. A picape da Ford é um pouco maior em comprimento e no entre-eixos, porém em largura e altura se equivale. As medidas maiores da Maverick  parecem ter ido para a caçamba, onde o volume é maior. Confira na tabela abaixo:

Medida Ford Maverick Fiat Toro
Comprimento 5,07 m 4,94 m
Entre-eixos 3,07 m 2,99 m
Largura 1,83 m 1,84 m
Altura 1,74 m 1,73 m
Ângulo de entrada 20.6˚FWD/21.6˚AWD 25,7˚
Ângulo de saída 21.9˚FWD/21.2˚AWD 28,4˚
ângulo central 16.6˚FWD/18.1˚AWD 21,7˚
Vão livre 21 cm FWD/21,8 cm AWD 25,9 cm

Capacidades: Maverick X Toro

A Ford Maverick oferece uma caçamba levemente maior que a da Toro, porém perde na capacidade de carga para a rival ítalo-mineira. Isso é reflexo do projeto feito nos EUA, onde a capacidade de carga na caçamba não é prioridade nas picapes e sim a capacidade de reboque.

Na apresentação da Maverick ,a Ford fez questão de destacar a o pacote 4K, que aumenta a capacidade de reboque de 907 kg para 1.814 kg. A Fiat divulga apenas a capacidade de reboque sem freio, que é de 400 kg.

Medida Ford Maverick Fiat Toro
Volume da caçamba 943 litros 937 litros
Capacidade de carga 680 kg 750 kg (1.3 turbo) 1.000 kg (2.0 diesel)

Interior de SUV

Por dentro, o parentesco com os carros de passeio fica mais evidente: o painel conta com a central multimídia de 8 polegadas em destaque no topo. O painel de instrumentos é analógico, mas conta com uma grande tela com informações complementares. O utilitarismo das picapes aparece em um nicho atrás dessa tela e outro ao lado dela.

O assento do banco traseiro pode ser rebatido, revelando um porta-objetos grande. Ele também inclui um novo sistema de fixação desenvolvido para a picape que permite encaixar diferentes acessórios. O fabricante irá divulgar os diagramas desse sistema de fixação para que os consumidores possam criar seus acessórios em impressora 3D.

Em equipamentos a Maverick, oferece o conjunto completo das tecnologias mais recentes da Ford: Sistema Ford Co-Pilot, que inclui sistema pré-colisão, frenagem autônoma de emergência e faróis alto automáticos. Cruise control adaptativo com Stop & Go, alerta de pontos cegos, assistente para manter na faixa de rolagem e cinco modos de condução diferentes estão disponíveis também.

E para o Brasil?

A produção da Maverick é na fábrica de Hermosillo, no México, mesmo lugar de onde vem o Bronco Sport. E assim como o SUV, a picape Maverick foi projetado com o nosso mercado em mente e não deve demorar a chegar ao Brasil.

ford f series ford ranger ford maverick
Nova Maverick junto das irmãs maiores, mostrando a semelhança com a Série F

A Ford Maverick é um pilar importante na nova fase da Ford como importadora na Brasil e tem previsão de chegar no início de 2022. A motorização 2.0 turbo fica acima dos motores 1.3 turbo e 2.0 diesel da Fiat Toro em potência e torque, mas a picape fabricada no Brasil deverá trazer vantagem no consumo com o motor diesel. Por outro lado, a Maverick híbrida traz o consumo como principal destaque.

Será que a caçamba maior e as motorizações diferentes da Ford Maverick serão capaz de ameaçar o reinado da Fiat Toro?

Fotos: Ford | Divulgação

16 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Marco Antonio do Carmo e Sá 9 de setembro de 2021

Boa tarde!
Li em uma reportagem que a Maverick nos EUA custa algo em torno de quase U$D 20 mil, o que convertido para nossa moeda, seria algo em torno de R$110 mil, porem a respectiva caminhonete possivelmente chegaria aqui custando algo acima de R$200 mil…, se isto for um fato, creio que com este preço não fará frente a toro…

Avatar
Eduardo 6 de setembro de 2021

Imagino que a Fiat pensa na Toro com o conjunto do Compass 4Xe que promete até 50km/l (o que me parece irreal) segundo algumas reportagens. Deverá colocar a Ford Maverick hybrid no bolso se vier com 1 ton de capacida de carga, já que esta versão da pickup ford promete quase 18 km/l, carregará em torno de 750kg e terá tração 4×2

Avatar
JORGE 17 de junho de 2021

O autor desse texto precisa voltar a estudar português… que pobreza, que falta de concordância…. tenha dó!!!

Avatar
Silas dias medeiros 15 de junho de 2021

Já vai começar sem condições de competir,

Avatar
Jose Adão Alves 14 de junho de 2021

Tenho uma railux 2010
Quantos vai custar esa caminhote

Avatar
Sir.Alves 18 de agosto de 2021

Essa pickup não conheço… ”Railux”? É chinesa? rsrsrs

Avatar
Manoel Roberto Pessoa Pessoa 11 de junho de 2021

Kkkkkk dificil pegar a toro ja consagrada Ford morreu no Brasil deixou órfãos

Avatar
Ricardo 11 de junho de 2021

Ford nunca vai tomar reinado fiat.motivo Ford quando chegar a maverik a fiat já lançou mais uma camionete depois Ford sempre teve falta de peças com fábrica aí img sem fábrica.

Avatar
Paulo 10 de junho de 2021

Faça uma conta. Nós EUA Bronco 26.000 dolar Maverick 20.000 dólar
Ambas fabricadas no México.
Bronco no Brasil 256.000 aí a Maverick irá custar 196.000.
E não será concorrente da Toro , e sim da Ranger Sport.

Avatar
Sir.Alves 18 de agosto de 2021

Pois é amigo, a Ford vai cometer o mesmo erro de preços altos praticados com o Ford Territory, e agora nessa Maverick… Se colar.. colou… mas pelo visto.. não vai colar nunca dona Ford…

Avatar
Tadeu DENADAI 10 de junho de 2021

O brasileiro gosta de picap a Diesel e a toro tem um motor a diesel de 170 vc , acredito será feito uma novo remapiamento que irá para 210cv diesel turbo Econômico. E como foi falado a fiat e produzido no Brasil com confeccionaria a vontade a Ford deu mais um golpe no Brasil. Tô fora da FORD
FIAT TOURO. Pô enquanto. Invencível

Avatar
Sir.Alves 9 de junho de 2021

Olha, três motivos para fracasso desta Ford Maverick no Brasil: 1)Fiat Toro tem peças a vontade em todo território nacional, 2) Tem concessionárias a perder de conta nesse brasilzão… e por ultimo, 3)Depois da Sacanagem que a Ford aprontou fechando produção nacional, muita gente vira o nariz para a marca e sou sou um deles.

Avatar
Diego 9 de junho de 2021

O Mustang “de verdade” existe e parece excelente. O nome Maverick eu iria preferir em um esportivo, mas… né. Pelo menos lançaram uma pick up de verdade, que atende a dois públicos distintos.

Avatar
Evaldo 8 de junho de 2021

Não entendi o Italo-mineira,sobre Fiat Toro. Até onde eu sei, a FIAT Toro é fabricada em Pernambuco.

Avatar
Diego 9 de junho de 2021

A referência é da matriz, que fica em Betim/MG.

Avatar
Bruno 8 de junho de 2021

Ford acabando com suas lendas, primeiro lança um SUV chamado Mustang, agora uma caminhonete chamada Maverick, saudades dos carros de verdade.

Avatar
Deixe um comentário