Guerra na Ucrânia: veja as montadoras que suspenderam atividades na Rússia

A Rússia possui um grande mercado automotivo que inclui linhas de produções dos principais fabricantes do mundo, listamos como eles se posicionaram

shutterstock fabrica da lada em togliatti na russia produzindo o seda vesta
Os fabricantes interromperam a produção por motivos políticos e de logística (Foto: Shutterstock)
Por Eduardo Rodrigues
04 de março de 2022 10:31

A Rússia não recuou seus ataques contra a Ucrânia e, por isso, a comunidade internacional está se posicionado contra as atitudes do presidente Vladmir Putin. Seguindo as sanções econômicas aplicadas por diversos países, muitas montadoras suspenderam atividades na Rússia.

Muitos fabricantes possuem joint-ventures para a produção de veículos dentro da Rússia ou fábricas próprias. Os fabricantes europeus e norte-americanos foram os primeiros a se movimentar. Com isso, é esperada uma redução de pelo menos 50% do mercado automotivo russo. Segundo especialistas, a queda pode ser menor caso a China apoie o país.

VEJA TAMBÉM:

O AutoPapo compilou uma lista dos fabricantes que já se posicionaram contra Rússia.

BMW

A BMW fabrica alguns modelos de sua gama junto da empresa russa Avtotor, em Kaliningrado. O fabricante alega que a decisão foi baseada no atual momento e o retorno da produção dependerá das atitudes da Rússia. O fornecimento de peças também foi interrompido, mas a BMW está trabalhando para evitar transtornos ao seus clientes.

Ford

A Ford produz  a van Transit na Rússia em parceria com a Sollers. A decisão de suspender a produção veio da matriz. A Transit é a segunda van mais vendida do país, ficando atrás apenas da GAZ GAZelle.

Geely

A Geely, fabricate chinês dono da Volvo, já suspendeu as exportações para a Rússia. Carros que estão nas concessionárias poderão ser vendidos, porém não chegarão novas unidades nos estoques. A justificativa do fabricante são as dificuldades de logística causada pelo conflito.

Lada

Até fabricantes russos foram afetados. A AutoVaz, que fabrica os carros da Lada, suspendeu a produção do Granta na fábrica de Togliatti. O problema nesse caso foi a suspensão de componentes por fornecedores como a Bosch e também pela parceira Renault.

Honda

A Honda anunciou a suspensão das atividades na Rússia, não apenas de carros como também de motos. O fabricante japonês não fabrica modelos por lá, apenas importa.

Mazda

Outro fabricante que possui join-venture com a russa Sollers, a Mazda interrompeu a produção e o fornecimento de componentes para a fábrica de Vladivostok. Essa interrupção foi resultado das sanções aplicadas pelo Japão e também da instabilidade para o fornecimento de peças.

Chery

A chinesa Chery anunciou a suspensão das vendas de carros novos na Rússia, incluindo os que já estão nas concessionárias. Os revendedores devem esperar um anúncio com preços mais caros que os anteriores.

Volvo

A linha de produção de caminhões da Volvo na Rússia foi suspensa a pedido da matriz na Suécia. O fabricante possui uma fatia significativa do mercado local.

Daimler

A Daimler Truck, divisão de caminhões da Mercedes-Benz, possui uma joint-venture com a russa KamAZ. A produção de caminhões por essa parceria está suspensa, não apenas pelas sanções como também pelo fato da KamAZ ser fornecedora de equipamento militar para o exército russo.

General Motors

O portfólio da GM na Rússia é variado: vai desde compactos com projeto da Daewoo ao gigante Cadillac Escalade. Esses veículos estão com a produção e vendas suspensas. Não está confirmado, entretanto, a suspensão das vendas do Chevrolet Cobalt, que vem do Uzbequistão.

Scania

As vendas e as importações de caminhões da Scania estão suspensas na Rússia. O fabricante não quis declarar sobre a sanção.

Harley-Davidson

A Harley-Davidson não anunciou oficialmente o fim das exportações para a Rússia, porém a agência de notícias Bloomberg confirmou o fato. As exportações são importantes para a marca, o mercado russo junto da Europa e do oriente médio representam por 31% das vendas da marca.

Mitsubishi

A Mitsubishi interrompeu sua produção na Rússia no dia 1º de março. A decisão foi tomada seguindo as sanções aplicadas pelo governo japonês contra a guerra.

Hyundai

A Hyundai produz veículos na Rússia até com mudanças específicas para esse mercado. A linha de produção da marca foi suspensa devido a problemas de logística, não falaram em sanções. Os preços foram reajustados e o fabricante se recusou a comentar sobre.

Toyota

A Toyota é hoje o maior fabricante automotivo do mundo, sua decisão era aguardada com expectativa. A decisão foi por interromper as vendas, importações e produção de veículos Toyota e Lexus na Rússia. O motivo foi as dificuldades de logística causados pelo conflito.

Mercedes-Benz

O fabricante alemão produz carros de passeios e veículos comerciais próximo a Moscou. A produção está suspensa até segunda ordem, assim como foi feito por sua divisão de caminhões.

Suzuki

A Suzuki acompanhou os outros fabricantes japoneses com a suspensão da produção na Rússia. Sua justificativa foi a falta de semicondutores e problemas na logística. Seu estoque de carros prontos deverá durar de dois a três meses.

Volkswagen

O grupo Volkswagen anunciou em suas redes sociais que a produção em suas duas fábricas na Rússia foi suspensa, assim como a venda de veículos prontos. Essa decisão afeta todas as marcas do grupo, incluindo as que apenas exportam carros para o país.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Sir.Alves 4 de março de 2022

Cara de prato(Vladmir Putin) vai infartar desse jeito… ele ama carros!

Avatar
Deixe um comentário