Toyota registra patente de sistema que mede a vontade de usar o banheiro

Sistema da Toyota irá usar sensores e câmeras para analisar se os ocupantes do veículo precisam fazer as necessidades

toyota highlander hybrid platinum awd vermelho frente parado
O SUV familiar Toyota Highlander poderá ser um dos carros a usar tal sistema (Foto: Toyota | Divulgação)
Por Eduardo Rodrigues
16 de dezembro de 2021 14:53

Viagens na estada com crianças são uma grande preocupação para os pais. Quem está ao volante precisa focar na estrada, mas os pequenos podem exigir atenção a qualquer momento. Pensando nisso, a Toyota quer ajudar os pais com uma nova patente registrada nos EUA e encontrada pelo portal CarBuzz.

O documento possui 21 páginas, seu assunto principal é um sistema que detecta a vontade dos ocupantes de ir ao banheiro. Os pontos-chave desse sistema são sensores nos bancos e câmeras de reconhecimento facial. A patente também traz descrições detalhadas sobre o funcionamento da bexiga e do trato intestinal.

VEJA TAMBÉM:

Ultrassom e sensor muscular

O carro irá mostrar na tela o nível de necessidade de ir ao banheiro de cada ocupante baseado nos dados coletados. Esse nível será baseado na interpretação de uma inteligência artificial, que analisa as informações dos sensores, câmeras e microfones espalhados pelo carro.

Nos bancos poderão ir um ecograma ou ultrassom para detectar fezes no trato intestinal dos ocupantes. Um sensor de gás poderá analisar a frequência e composição das flatulências. E também existe a proposta de um sensor muscular para medir a movimentação do esfíncter.

Nem o motorista está a salvo

Já a câmera analisa a face dos ocupantes baseado em dados que podem indicar a vontade de fazer as necessidades. A expressão facial e transpiração podem revelar essas informações. Para completar, os microfones que já vem no carro para os comandos de voz irá analisar frases ditas pelos ocupantes que podem indicar essa vontade.

O motorista também será analisado. A forma que ele freia o carro, a distância que mantém do carro a frente e o ritmo da viagem podem ser indicativos. Por exemplo: um motorista “apertado” vai ficando mais agressivo ao volante conforme a vontade aumenta.

E o que o Toyota irá fazer pelo ocupantes?

Com o carro sabendo do que se passa com os ocupantes, ele poderá ajudar e algumas formas. A primeira é indicar no navegador uma parada no local mais próximo com um banheiro. Outra é mudar a rota por outra mais suave, com menos curvas.

Uma solução mais avançada que consta na patente é usar o massageador do banco para reduzir as sensação de vontade. Segundo o texto, existe um ponto na acupuntura que faz a pessoa não sentir a vontade de ir ao banheiro. Mas como o massageador do carro irá agir nisso é um mistério.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário