Volkswagen Fox saiu de linha, diz site; Renault Sandero RS também

Fabricantes dos dois modelos não confirmam o fim da produção, pois ainda há estoques de ambos na rede de distribuição

volkswagen fox xtreme prata lateral com montanhas ao fundo
Fox permaneceu no mercado brasileiro por 19 anos: versão Xtreme é a atual top de linha (foto: Alexandre Carneiro | AutoPapo)
Por AutoPapo
28 de setembro de 2021 20:32

O ano de 2021 entrará para a história da indústria automobilística pela quantidade de automóveis que deixaram do mercado. Durante o mês de setembro, ocorreram pelo menos mais duas baixas: uma delas é a do Volkswagen Fox, que já saiu de linha, de acordo com informações do Autos Segredos. Outro cuja produção chegou ao fim é o esportivo Renault Sandero RS, segundo o site da Quatro Rodas.

VEJA TAMBÉM:

O fim da produção dos dois veículos, no entanto, não foi confirmada pelos respectivos fabricantes. A Volkswagen nega que o Fox saiu de linha e segue exibindo o modelo em seu site comercial, nas versões Connect, por R$ 61.690, e Xtreme, por R$ 67.430. Toda a gama vem com motor 1.6 de 103 cv de potência.

Por sua vez, a Renault não confirma nem desmente o encerramento da fabricação do Sandero RS, que também segue no configurador da marca, com preço de R$ 95.790.  Ambos os modelos, porém, só continuarão à venda até o fim dos estoques.

Por que o Fox saiu de linha?

As informações extraoficiais apontam que o Volkswagen Fox saiu de linha após um fornecedor de componentes estruturais encerrar as operações no Paraná. O último lote de peças, entregue no dia 17 de setembro, teria sido suficiente para produzir aproximadamente 200 unidades ao longo do mês.

O fim da produção do Fox não é surpresa: o AutoPapo já havia informado que o modelo estava em fim de carreira. Vale lembrar que se trata de um dos automóveis mais antigos do Brasil, com projeto datado de 2003. Apesar disso, o hatch da Volkswagen se manteve com vendas em alta e conseguiu emplacar 13.616 unidades entre janeiro e agosto deste ano.

Boris Feldman também advertiu sobre o fim da produção do Fox: confira!

E o Sandero RS?

Já a Renault teria produzido as derradeiras 130 unidades do Sandero RS em setembro. Desse total, 100 exemplares ficarão no Brasil, enquanto os demais serão exportados para a Argentina. No caso do hot hatch, a despedida se deve a questões ambientais: o motor 2.0 F4R é incapaz de atender à fase L7 do Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve), prevista para entrar em vigor em 2022.

Vale destacar que, ao contrário do que ocorreu com o Fox, apenas a versão RS do Sandero saiu de linha: as demais configurações seguem no mercado. Equipado com motor de 150 cv e câmbio manual de seis marchas, o esportivo era o mais acessível do gênero no país. Carro de imagem da Renault, nunca teve o objetivo de atingir grandes números de vendas, e sim de despertar atenção e de valorizar a marca.

renault sandero rs 2020 carro esportivo
Sandero RS era o esportivo mais acessível do mercado (foto: Renault | Divulgação)
4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Beto 4 de outubro de 2021

Acabou o Sandero RS, o melhor carro da Renault nesse país e eu paro de ser consumidor da Renault, vou para outra marca.

Avatar
Jose Carlos Dorante 30 de setembro de 2021

O Fox rock in rio é mosca branca, uns dos melhores carro da FOX, o 2014 em bom estado chega a quase 40 mil reais

Avatar
FELIPE 29 de setembro de 2021

É uma pena ! Era o esportivo com maior custo/benefício… Quem, como eu, tiver um, aproveite bastante e cuide com carinho, pois vai valorizar no mercado de usados !

Avatar
Hermógenes da Silva Santos 29 de setembro de 2021

Se o Sandero viesse com motor turbo e o mesmo preparo da equipe esportiva da Renault, certamente seria Boa opção de compra de um foguetinho!

Avatar
Deixe um comentário