VW Nivus 2022 perde a central multimídia de série

Apenas o Volkswagen Nivus Comfortline foi afetado pelo corte, além de perder a central multimídia de série o SUV trocou a tela do painel por uma menor

Por Eduardo Rodrigues 27/08/21 às 16h13
volkswagen nivus comfortline 2022 azul biscay lateral
Apesar dos cortes, o Volkswagen Nivus ganhou a bela cor Azul Biscay como opção (Foto: Volkswagen | Divulgação)

A Volkswagen continua em sua empreitada de remover a central multimídia de seus carros para não ter que parar a produção devido a crise dos semicondutores. Depois de Gol, Voyage e Fox perderem o equipamento, é a vez do SUV Nivus no modelo de entrada Comfortline.

A bola foi levantada pelos nossos colegas da revista Quatro Rodas. O Volkswagen Nivus entrou na linha 2022 e ganhou a opção de cor Azul Biscay, do Polo e Virtus GTS. A central deixou de ser item de série e foi parar em um pacote chamado Pacote Play & Tech, por R$ 4.580.

vw nivus comfortline 2022 interior sem central multimidia
O tampão no painel é algo que estava ficando raro até em populares de entrada (Foto: Volkswagen | Divulgação)

VEJA TAMBÉM:

Na linha 2022 o Nivus de entrada parte de R$ 104.060. Itens relacionados com o sistema de som como os seis alto-falantes e a antena continuam de série. O painel digital do modelo Comfortline deixou de ser o com tela de 10 polegadas e adotou a tela de 8 polegadas do Taos de entrada.

Tampão no painel no lugar da central é comum no Japão

Esses cortes no Volkswagen Nivus nos lembrou de uma peculiaridade do mercado automotivo japonês. Até hoje é comum carros serem vendidos sem rádio ou central multimídia de fábrica, mesmo em versões topo de linha.

O motivo não é corte de custos ou a falta de matéria prima. O mercado de acessórios é bastante forte no Japão e muitos consumidores preferem instalar um sistema de som ou central multimídia de seu agrado. Outro hábito comum é o de reaproveitar um som comprado anteriormente quando trocar de carro.

Um caso curioso é o da perua Subaru Levorg, que vem de fábrica com uma grande tela vertical no painel englobando a central multimídia e os comandos do ar-condicionado. Caso o consumidor prefira instalar o próprio sistema de som, a Subaru vende o carro com uma tela menor comandando o ar-condicionado e um espaço para o rádio de preferência do cliente.

4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Ferreira Junior 28 de agosto de 2021

Pagar mais de 100 k num carro pelado + 5 k pro cliente comprar a central multimídia é chamar o cliente de trouxa, e a matéria vem fazer comparação com o Japão ? Lá centrais multimídias Top não devem passar de 2.000,00

Avatar
Ney Verdandi 27 de agosto de 2021

Desculpa esfarrapada, se conseguissem vender 8 mil unidades do modelo com esse pacote pega trouxa, atenderiam a demanda.
Agora nem perfumaria sequer, mas em breve o Fiat Pulse estará chegando com excelente acabamento e todos os opcionais informados para dominar o segmento.

Avatar
Marconni Cabalero 27 de agosto de 2021

Que merd* essa VW hein. Qualquer coisa vira desculpa para caparem o carro e enfiar a faca no consumidor..

Avatar
Giuseppe Camolli 27 de agosto de 2021

Na prática, a VW está aumentando o preço do carro em 5k (valor da Central como opcional) e colocando um carro mais pelado pelo mesmo preço antigo. Eu quero a falência de todas essas marcas gananciosas. E pensar que o trouxa do brasileiro não compra carro Chery porque “desvaloriza”, enquanto é tratado como lixo pela VW, com seus painéis de plástico.

Avatar
Deixe um comentário