Volkswagen T-Cross para PcD deve chegar em novembro

Informação foi confirmada por concessionários da marca; segundo a Auto Esporte, modelo perde equipamentos para chegar ao teto de R$ 70 mil

Por AutoPapo 29/10/19 às 14h46
frente volkswagen t cross

Concessionários Volkswagen deixaram escapar que a versão do T-cross para pessoas com deficiência (PcD), chamada pela marca de “Sense”, será lançada na segunda quinzena de novembro. Para se adequar ao teto das isenções – R$ 70 mil – configuração perde itens de série, como rodas de liga leve e faróis de neblina.

A informação foi apurada pela Quatro Rodas, que ainda indicou o preço do T-Cross para PcD: R$ 57.690.

Custando R$ 27 mil a menos do que a versão de entrada 200 TSI, a versão para PcD será próxima à Sense do Polo. Deixam de fazer parte do SUV:

  • Comandos de som no volante;
  • Faróis de neblina;
  • Rodas de liga-leve de 16 polegadas.

A oferta de cores também será simplificada, o T-Cross para PcD só estará disponível em branco e ou preto.

Motorização do T-Cross para PcD

O motor da opção será o 1.0 turbo de 128 cv, combinado com um câmbio automático de seis velocidades.

frente volkswagen t cross
Foto ilustrativa

Equipamentos do T-Cross para PcD

O SUV da Volkswagen para PcD terá:

  • Ar-condicionado;
  • Direção elétrica;
  • Controle de tração e estabilidade;
  • Vidros elétricos nas quatro portas com função one-touch;
  • Travas elétricas;
  • Computador de bordo;
  • Chave do tipo canivete;
  • Banco do motorista com regulagem de altura;
  • Retrovisores elétricos;
  • Rodas de aço de 15 polegadas;
  • Assistente de partida em rampa;
  • Sensor de estacionamento traseiro;
  • Central multimídia Composition Touch (com tela de 6,5 polegadas, CarPlay e Android Auto).

O T-Cross para PcD não conta com opcionais, já que tem o valor total – sem as isenções de IPI, ICMS, IPVA e IOF – próximo ao teto estabelecido por lei.

Apesar de ser lançado em novembro, modelo só deve estar disponível nas concessionárias a partir de dezembro de 2019.

O AutoPapo entrou em contato com a Volkswagen, que preferiu não confirmar as informações.

Foto Volkswagen | Divulgação

22 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Guilherme Martins 10 de novembro de 2019

Errou! Cores.. terá o prata.
Terá comandos no volante, e one touch só pros vidros da frente…

Avatar
ELIVAN GOMES DE ALMEIDA 5 de novembro de 2019

Boa noite muito legal o tcros sair para pcd, gostaria de saber se ele também vai sair para taxista com as isenções de IPI e ICMS

Avatar
Iury 5 de novembro de 2019

Galera, eu tenho uma duvida seria, como que carros que estão na mesma categoria e custam o mesmo valor pode ter valor de isenção diferente ? Ex: Renegade 69.990,00. com isenções 53990,00. Creta 69.990,00. Com isenções 53990,00. T-Cross PCD 69.990,00 Com isenções 57.690,00. como isso é possível ???

Avatar
Ande 9 de novembro de 2019

Quanto maior a potência do motor maior desconto, Renegade 1.8, Creta 1.6, T-cross é 1.0 turbo entendeu?

Avatar
RONALDO 31 de outubro de 2019

Sera que o JEEP RENEGADE para PCD vira no proximo lançamento com um motor mais economico.

Avatar
José 5 de novembro de 2019

Motor 1.3 do Argo

Avatar
Eduardo 31 de outubro de 2019

Interessante. Nem o Virtus usa o motor turbo na versão PCD, porque o T-Cross usaria, dado o fato que já o equipam com esse motor pra exportação pra outros mercados na América Latina?

Avatar
Eduardo 29 de outubro de 2019

Tiro no pé da VW.
Fazer essa versões exclusivas para PCD é péssimo para o veículo. Veja Kicks e Creta…..hoje são sinônimos de carro PCD.

Avatar
Mayhias 30 de outubro de 2019

Hoje kicks, Creta e Renegade são lideres graças a esse tipo de venda.

Avatar
Nelson B costa 29 de outubro de 2019

O t Cross terá isenção de IPVA

Avatar
Ande 9 de novembro de 2019

Não, estado do RJ vai ter que pagar IPVA, ficou acima de R$55.000 com às isenções tem que pagar IPVA.

Avatar
Ande 9 de novembro de 2019

Renegade vai continuar vendendo mais doque os outros SUVs, acabamento melhor mais barato e não precisa pagar IPVA (cliente PCD), T-cross ficou acima de R$55.000 vai ter que pagar IPVA no estado do RJ não sei outros estados, cada estado tem suas leis.

Avatar
luciano 18 de novembro de 2019

Bom, eu estou pra cancelar minha compra por causa desse motivo, saberia dizer a resolução ou lei que delimita esse valor de 55K pra ser obrigado a pagar aqui no RJ?

Avatar
Ande 9 de novembro de 2019

Não, vai ter que pagar IPVA no RJ

Avatar
Carlos 9 de novembro de 2019

Ande, sabe dizer se apos um ano de uso, na condicao de usado, ainda nao terå isençāo de Ipva?

Avatar
Iury 29 de outubro de 2019

A questão é o carro já é econômico e anda muito bem. nenhum outro SUV PCD oferece central de multimídia de fabrica, retrovisor elétrico. Porem… eu vou esperar pela versão PCD do novo Chevrolet Tracker certeza que terá um acabamento melhor.

Avatar
Mathias 30 de outubro de 2019

Melhor esquecer. Se nem a atual versão do tracker tem PCD, imagina essa nova que vem mais cara.

Avatar
Rodrigo 29 de outubro de 2019

Sem piloto automático o renegade continuará sobrando, R$3000 mais barato,rodas de liga 16, banco de couro cortesia e acabamento top.

Avatar
leandro 29 de outubro de 2019

O problema é só aguentar o consumo do renegade!

Avatar
Rodrigo 29 de outubro de 2019

Pelo que verifiquei não muda muita coisa em relação ao consumo, sem dúvida o motor do t-cross é mais agil mas o custo x benefício ainda deixa a desejar pelo que foi informado até a agora. Um carro desse porte nessa faixa de preço sem piloto automático é difícil de entender. Vms esperar a ficha técnica oficial.

Avatar
JULIO 30 de outubro de 2019

IURY. QUAL CONCESSIONARIA ESTÁ DANDO A CORTESIA DO BANCO DE COURO?

Avatar
Rodrigo 30 de outubro de 2019

grupo jeep dahruj

Avatar
Deixe um comentário