Moto usada: cinco itens para trocar ao adquirir uma seminova

Na incerteza de que o antigo proprietário lembrou de revisar alguns itens que fazem muita diferença na sua recém chegada, procure um mecânico

Moto usada - manutenção moto
É muito importante ter revisados o óleo do motor, os fluidos, filtros e a relação (Foto: Shutterstock)
Por Lucas Silvério
Publicado em 03/10/2022 às 18h10

Adquirir uma moto usada requer algumas atenções especiais. Por se tratarem de veículos que já tiveram desgastes em seus componentes, as seminovas, dependendo do antigo dono e da quilometragem, precisam sofrer algumas manutenções.

Essas trocas são muito bem-vindas mesmo antes do prazo, pois confiar que a última manutenção foi realizada no tempo certo é um risco que pode custar muito mais caro.

VEJA TAMBÉM:

Itens que devem ser substituídos na moto usada

Para evitar transtornos e ter que gastar mais em uma moto que acabou de chegar, aqui vão cinco dicas de itens muito baratos para trocar em uma moto usada recém adquirida.

Importante lembrar que cada moto tem suas particularidades e prazos de substituição. Para conhecê-los, consulte o manual do seu modelo.

Óleo do motor

O óleo é um dos primeiros itens a ser verificado após a aquisição de uma moto usada. É muito importante que ele esteja em dia, pois é ele que lubrifica os componentes internos do motor e da embreagem, fazendo com que o veículo funcione de forma correta.

Se o lubrificante não estiver em dia, fora do nível indicado ou adulterado, pode causar uma lubrificação inadequada e até levar resíduos (sujeira) para dentro do motor. Nesta situação, as peças do propulsor podem entrar em atrito, se desgastar e até quebrar.

Então é importante trocar o óleo do motor o mais rápido possível, até mesmo antes de ligar a moto para rodar pela primeira vez, mesmo que o antigo dono garanta que a manutenção está em dia. Vale ressaltar, também, que é difícil perceber alterações no óleo.

Fluido de freio

Um dos equipamentos fundamentais da motocicleta é o freio, por este motivo ele deve estar sempre em perfeito funcionamento. Quando o fluído de freio está fora do indicado, é comum que bolhas se formem.

Essas bolhas de ar fazem com que o fluido não chegue da forma devida para pressionar as pastilhas contra o disco e efetuar a frenagem. E com o sistema de freios comprometido, um acidente é quase certo.

Óleo moto carro
A troca de óleo do motor é uma manutenção crítica (Foto: Shutterstock)

Fluido do garfo de suspensão

O fluido do garfo da suspensão dianteira é outro agente que lubrifica certo equipamento da moto. Entretanto, a sua função está atrelada principalmente a fazer com que o sistema de amortecimento corretamente.

Caso ele não esteja na validade ou nas medidas indicadas (mais ou menos quantidade), pode gerar desgaste do cilindro interno, ocasionando uma troca do item.

A estabilidade da moto e a qualidade do amortecimento também podem ser afetadas, comprometendo assim a saúde do motociclista com possíveis quedas.

Filtros de combustível, de óleo e de ar

Os filtros que compõem a moto são itens que nem sempre recebem a devida importância pelos pilotos, mas são componentes muito baratos que podem gerar problemas graves.

Como o próprio nome sugere,  os equipamentos servem para filtrar impurezas. O filtro de combustível impede que impurezas presentes na gasolina ou no etanol (principalmente se adulterados) passem para o motor. Se ele não estiver em dia, os resíduos podem danificar o sistema de injeção e trazer um gasto ainda maior para sua moto usada.

O filtro de óleo impede que as impurezas presentes no derivado do petróleo fiquem circulando junto do lubrificante, colaborando para evitar o desgaste precoce dos componentes do motor, como pistões e camisas.

Por fim, o filtro de ar influencia diretamente no consumo da motocicleta. Quando ele passa da hora da troca, a sujeira atrapalha a passagem de ar que resfria o motor. Se o motor não recebe o resfriamento da forma adequada, a temperatura do propulsor muda, gerando problemas na moto, principalmente numa usada.

É importante dizer que a limpeza manual desses itens pode atrapalhar e danificar mais os componentes. A única manutenção indicada é a troca no tempo indicado pela montadora.

Relação

A relação da motocicleta é um item mais fácil de ser avaliado. Por meio do desgaste dos dentes da coroa e do pinhão é possível conferir se a troca é necessária.

Entretanto, analisar as correntes não é tão simples. Elas podem ter tido seus elos removidos para compensar a folga causada pelo desgaste do equipamento.

A retirada de elos de correntes usadas é contraindicada e pode contribuir com a quebra do componente. Caso a corrente arrebente ou se solte enquanto a moto está em movimento, uma queda pode acontecer.

Você viu? Boris comentou as vantagens do frio ABS:

Acompanhe o canal do AutoPapo no YouTube e ouça as Dicas do Boris no Spotify ou em outras plataformas de streaming.

Newsletter
Receba semanalmente notícias, dicas e conteúdos exclusivos que foram destaque no AutoPapo.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook X X Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário