Esses 10 carros serão lançados 2022: confira quais são

Entre SUVs, picapes e hatches, confira os modelos que causam mais expectativa entre os consumidores para o ano que se aproxima

honda hr v e hev traseira
Nova geração do Honda HR-V: um dos mais aguardados (Fotos: Divulgação)
Por AutoPapo
02 de janeiro de 2022 09:03

O ano novo chega com muitos lançamentos de carros na agenda. Mas, entre os  muitos modelos que devem estrear em 2022, existem sempre aqueles que reúnem mais expectativas. São veículos que podem roubar a cena em suas categorias ou mesmo dentro do mercado geral.

Entre os mais de 50 lançamentos previstos, separamos 10 carros que são promessas para 2022. Confira os SUVs, hatches e picapes cujas chegadas geram bastante expectativa.

VEJA TAMBÉM:

Honda HR-V

honda hr v e hev

A segunda geração do HR-V será lançada entre julho e agosto do ano que vem com seu leque de atuação ainda mais ampliado. Se o atual SUV compacto da Honda já tenta beliscar a base da categoria de médios, o novo modelo ficará um pouco maior e muito mais equipado para desempenhar tal função.

Dentro desta estratégia, o HR-V terá versões de entrada com o mesmo motor 1.5 aspirado com injeção direta do novo City, para medir forças com opções intermediárias e topos de linha de VW T-Cross, Hyundai Creta e Chevrolet Tracker. Já a variante mais completa, com itens de condução semi-autônoma e 1.5 turbo vai tentar um lugar ao sol em meio a Jeep Compass, Toyota Corolla Cross e VW Taos.

Fiat Fastback

A Fiat tem seguido passos semelhantes aos da Volkswagen
Linhas finais terão diferenças marcantes em relação ao conceito de 2018: frente será a do Pulse

Chamado nas internas de Projeto 376, o esperado SUV-cupê da marca italiana será lançado em meados do ano. Baseado no Cronos, o modelo terá pouco mais de 4,30 m de comprimento e será baseado no carro-conceito mostrado no Salão de São Paulo de 2018.

Na linha Fiat, o Fastback ficará posicionado acima do Pulse no segmento de crossovers, com uma estratégia bem parecida com a do novo HR-V: ser uma opção entre compactos e médios. Para tal, se valerá do motor 1.3 turboflex de 185/180 cv que equipa Jeep Compass e Fiat Toro.

Citroën C3

Novo C3 chega ao mercado brasileiro em 2022

Entre fevereiro e março a Citroën finalmente ganhará um outro modelo de passeio para suas concessionárias que não seja o C4 Cactus. A nova geração do C3 é um daqueles carros que são promessas para 2022, porém, cercada de grande expectativa.

Fruto de um projeto indiano e feito sobre uma versão simplificada da arquitetura modular CMP – mesma do 208 argentino -, este novo C3 é um hatch altinho que tem chances de estrear já com o motor 1.0 Firefly 6V de 77/72 cv de origem FCA. O 1.6 16V da PSA equipará as variantes mais caras em um primeiro momento, até ser substituído pelo 1.0 turbo do Pulse.

Jeep Renegade

Renegade chega em 2022 com novo motor 1.3 FireFly turbo flex
Modelo teve prévia sob camuflagem (Foto: Léo Fontes | Jeep | Divulgação)

Por falar em turbo, o Renegade com novo motor turboflex é um dos carros que são promessas fortes para o ano que vem. O SUV compacto vai passar por uma pequena reestilização para, enfim, se livrar do velho 1.8 E.torQ e adotar o moderno 1.3 16V de 185/180 cv que estreou nas linhas Fiat Toro e Jeep Compass e Commander.

Este propulsor vai trabalhar com a mesma atual transmissão Aisin de seis marchas nas opções 4×2. Já os modelos do Renegade com tração 4×4 serão negociados com o câmbio automático ZF de nove velocidades que era usado nas variantes turbodiesel – estas deixarão de ser produzidas.

  • Já andamos no novo Regade 1.3 turbo 4×4. Veja as nossas impressões:

Peugeot Landtrek

picape peugeot landtrek dianteira 45 verde nova

A picape da Peugeot que quer medir forças com a Toyota Hilux será lançada no segundo trimestre de 2022 cercada de expectativas. Com 5,33 metros de comprimento, 1,96 m de largura, 1,82 m de altura e 3,18 m de entre-eixos, promete carga útil de mais de uma tonelada e itens de auxílio ao motorista para fazer frente à concorrência mais tradicional.

O motor será um 2.0 turbodiesel com potência na casa dos 180 cv. No conjunto mecânico, câmbio automático da Aisin com seis marchas e tração 4×4. A Landtrek será montada no Uruguai, de onde virá para o Brasil.

Renault Kwid

frente renault kwid 2020 indiano
Foto Renault | Divulgação

O automóvel mais barato do país é um dos 10 carros que são promessas em 2022. O subcompacto quer manter as boas vendas no mercado com mais equipamentos – dizem que vai receber até controles de estabilidade e tração, que (agora) só serão obrigatórios em 2024 – e motor 1.0 recalibrado.

O três-cilindros SCe deve ganhar comando variável de válvulas, assim como acontece com os propulsores que equipam Sandero e Logan. No desenho, mudanças concentradas na dianteira: faróis principais finos e os auxiliares mais abaixo e maiores em uma solução já vista em modelos como Citroën C4 Cactus e Fiat Toro. A apresentação oficial está agendada para 20 de janeiro.

Honda City hatch

city hatch 8

A nova geração do City trará a reboque a inédita (para o Brasil) derivação hatch. Se o sedã estreou com a difícil tarefa de ocupar o vazio deixado pelo Civic, esta chegará em março com a árdua missão de substituir o Fit, que também já saiu de linha.

Para tal, o modelo apostará no sistema de modularidade de bancos herdado do monovolume, o Magic Seat. No conjunto mecânico, o mesmo do sedã, com motor 1.5 aspirado de injeção direta e caixa CVT com sete marchas virtuais e sistema que detecta que o carro está em uma descida e faz um um freio-motor de forma automática.

Ford Maverick

ford maverick primeiro desembarque porto azul

Em janeiro a Ford apresenta oficialmente a sua picape que, teoricamente, seria para brigar com a Fiat Toro. Contudo, a Maverick chegará importada do México no início de fevereiro inicialmente em versão topo de linha Lariat FX4 e, pelo visto, dificilmente custará muito abaixo dos R$ 250 mil.

Produzida sobre a plataforma C2, a mesma do Bronco do Sport (e do velho Focus), a picape é um pouco maior que a Toro e menor que a Ranger. Usará o mesmo conjunto mecânico do SUV médio, o 2.0 turbo EcoBoost de 240 cv com câmbio automático de oito marchas e tração 4×4.

Great Wall Poer

great wall poer

A Great Wall vai iniciar, finalmente, suas operações no Brasil de forma oficial em meados de 2022 e a marca chinesa é uma promessa por si só. A montadora começará com uma linha de SUVs compactos e médios e também com a gama de picapes médias Poer, de olho no segmento dominado por Toyota Hilux e Chevrolet S10.

O custo/benefício típico dos chineses estará presente no ano que vem. As picapes Poer deverão chegar com equipamentos de auxílio ao motorista e capacidade de carga de até uma tonelada. Serão dois motores 2.0 turbinados, um a gasolina e outro diesel, sempre com câmbio automático de oito marchas e tração 4×4.

Toyota Raize/Daihatsu Rocky

toyota raize

A aguardada estreia da marca japonesa no segmento de SUVs compactos é uma das grandes expectativas para 2022. Há chances de o crossover baseado no Daihatsu Rocky ser apresentado no apagar das luzes do ano que vem, mas com vendas só para 2023.

Vendido em outros mercados como Toyota Raize, o SUV tem porte do falecido Ford EcoSport. São 3,99 metros de comprimento, 1,69 m de largura, 1,62 m de altura e 2,52 m de entre-eixos. Com menos de uma tonelada de peso, vai começar com o mesmo motor 1.5 16V de até 110 cv e câmbio automático CVT com sete marchas virtuais da linha Yaris.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
43 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Jorge 27 de junho de 2022

E eu PCD que tinham isenções para carros populares. E agora nem isso. Infelismente este governo tirou nossos sonhos de trocar de carro.
Tinha um Honda Fit 1.5 cvt fui obrigado a vendê-lo. Agora não consigo comprar outro . Necessito de um carro adaptado , porém só fico no sonho.

Avatar
Eduardo 25 de janeiro de 2022

Mas o raize e o rocky ja foram lançados em 2021

Avatar
Paula Tejando 29 de janeiro de 2022

Amigo, o Rocky foi lançado no Brasil em 1977. Fez tanto sucesso que diversas continuações foram lançadas!

Avatar
Henrique Dornelles Amarante 29 de janeiro de 2022

Mitou!

Avatar
Roberto do Valle 24 de janeiro de 2022

Sabe o porquê de carro no Brasil não ser lá aquelas coisas e custar tão caro?
Impostos? Em parte. O problema são os próprios brasileiros que adoram mostrar para parentes e vizinhos que ele tem poder aquisitivo. Só não tem inteligência. Mas aí é outra história.

Avatar
Cuca Beludo 11 de janeiro de 2022

Exploração das montadoras, dos garagistas e do Estado. Ter carro possante tornou-se um sonho impossível ao cidadão comum, uma vez que o preço exorbitante das unidades, do combustível, os impostos cobrados e as péssimas estradas se tornam barreira intransponível. Sobram os carros de entrada que já custam mais que um rim! Só falta ter de voltar a andar de bicicleta ou cavalo, como foi outrora.

Avatar
Marco 15 de fevereiro de 2022

Os de entrada já custam 1 rim e meio. O FUTURO é bem esse mesmo, a pé, de bike ou a cavalo !!😅😅

Avatar
Suziane Damásio 10 de janeiro de 2022

Vontade que dá é vender o que tenho antes de sair de linha e desvalorizar, porque é isso que acontece ano após ano ultimamente, colocam um cílio postiço no carro muda de nome sobe o preço e diz ser lançamento, tirando modelos recém lançados de linha.

Avatar
Polvo 7 de janeiro de 2022

Fico imaginando o quão ruim não deve ser a vida dos engenheiros de motores das montadoras na atualidade. Eles tem que desenvolver motores que andem bem e gastem pouco, mas que serão usados em carros com carrocerias altas, pesadas, com aerodinâmica ruim, pneus grandes e largos…deve ser um Deus nos acuda.

Avatar
MARCIO COL 5 de janeiro de 2022

Teria q comerciar do zero.
IPVA:
Zero km – Isento
1 ano de uso – 10%
2 anos de uso -20%
3 anos de uso – 30% e assim sucessivamente .
Estimularia a troca sempre por carros novos e atualizados em segurança.
Estimularia a reciclagem.
O Usado entraria como pagamento na troca do novo para as fábricas reciclagem.
Acabaria com o mercado paralelo de peças roubadas.

Avatar
WENDEL CERUTTI DA SILVA 9 de janeiro de 2022

E o estado ia perder arrecadação deixando de taxar o zero km ? Sem chance .

Avatar
Dangelo 4 de janeiro de 2022

Carro vc assina como tv usa e abusa qdo precisar ou locação Brasil
Porque ter um carro na garagem ?
Dinheiro empatado

Avatar
Marco 15 de fevereiro de 2022

É, da pra ver q essa estratégia funciona mesmo né ?!? Até hoje não vingou E NEM VAI VINGAR. Os preços q cobram em 1 ano, vc paga o valor de 1 novo…quem vai entrar numa ROUBADA destas ?!?!

Avatar
Waslon 25 de fevereiro de 2022

Na hora de devolver o carro, qualquer risquinho vão cobrar uma fortuna!

Avatar
Ricardo Ribeiro 3 de janeiro de 2022

Não sei o que está acontecendo com a indústria automobilística… Todos estes carros tem um design pouco atrativo para o meu gosto…

Avatar
Waslon 4 de janeiro de 2022

Concordo totalmente. Na minha opinão, as frentes atuais são muito grandes.

Avatar
Sam 3 de janeiro de 2022

Com atual governo que jamais iremos ver o “bum” de vendas de carros como tínhamos antes tudo pq esse atual governo e mais ideologico de qualquer coisa que tristeza !

Avatar
JGD 3 de janeiro de 2022

Já entendi é culpa do Bolsonaro…kkk

Avatar
Fabrício Martins Fonseca 4 de janeiro de 2022

Oq tem a ver governo com a diminuição na venda de carros? Cada coisa

Avatar
Sam 4 de janeiro de 2022

Já ouvii falar em incentivos de um governo ???

Avatar
Roberto do Valle 24 de janeiro de 2022

Já viu a quantidade de carros devolvidos por falta de pagamento no governo que deu incentivo à aquisição de carro novo? Quem tem dinheiro compra, quem não tem, que compre usado. Qual é o problema em ter carro usado? Ou você acha que em países com renda per capta melhor que o Brasil todos andam de carro zero?

Avatar
Octavio 9 de maio de 2022

E meu amigo acho que todos que entra no governo só entra pra fuderrr os pobres vc ja viu um pobre ser eleito deputado só quem é dono de empresa que é deputado e ai vc me fala dono de empresa vai contra a si próprio então e só fixe e mais o pobre

Avatar
Leandro B. 3 de janeiro de 2022

Só SUV e caminhonetes.. Quem tem sedan e hatch que cuide com carinho!

Avatar
Helton Lobo 4 de janeiro de 2022

As realidades de ruas e estradas e por segurança nas grandes cidades, as pessoas estão indo para os suvs, infelizmente

Avatar
Santiago 5 de janeiro de 2022

O que aqui no nosso país passou a se denominar como “SUV”, na verdade são hatches ligeiramente inflados, e vendidos a preços super inflados.
Se aparecesse um americano querendo comprar SUV aqui no Brasil, certamente ele teria um ataque de riso com as “opções” oferecidas, seguido de perplexidade e indignação com os preços cobrados.

Avatar
Leandro B. 6 de janeiro de 2022

Disse td Santiago. Sempre gostei de ver séries e filmes americanos e o que vendem aqui são Hatchs maquiados, com a suspensão um pouco mais alta. Se vc pegar um Fiat Uno antigo e subir uns 5cm ele vc tem um Renegade (com uma mecânica mais confiável e mais econômico).

Avatar
Fábio Prado 3 de janeiro de 2022

Com o poder de compra que tem nosso dinheiro hj em dia …. Trocar de carro é tarefa impossível, ainda mais por um zero (lançamento) !!!! Bora manter meu usado em bom estado

Avatar
Gustavo Lima 3 de janeiro de 2022

Nada como os anos 90 onde um Gol GTI 16V 0km custava 27 mil reais ! Nossa moeda era forte e a economia estava estável ! Plano Real foi o sonho do brasileiro de ser como o americano ! Hoje em dia nosso dinheiro não vale mais nada ! Tudo está disparando de preço ! Inflação sinistra ! Se continuar assim vamos pagar 100 mil reais em um Fiat Mobi daqui a uns meses !

Avatar
Gilmar Fernandes 3 de janeiro de 2022

A mais pura verdade, se continuar assim “e tudo indica que sim”, daqui a pouco os preços dos carros serão em MILHÕES… como era antes do plano real, combustíveis subindo duas vezes por semana, etc. etc…e o Lula e o Bolsonaro ainda tem DEFENSORES, temos que mudar, esses dois salafrários já provaram sua incompetencia, desonestidade.

Avatar
Marco 15 de fevereiro de 2022

Disse TUDO. Mas o tal do bicho brasileiro é BICHO BURRO, vão eleger 1 dos 2 LIXOS, então tamos PHU… mesmo !!!

Avatar
Ricardo 3 de janeiro de 2022

Uma Grande e saudosa Verdade

Avatar
Marcelo 7 de março de 2022

E todo mundo comprava gol gti 0km em 1990? Só quem era muito rico. Se atualizar esse valor pela inflação da mais de 200 mil reais, você compra um jetta gli. Sugiro um livro básico de economia 😁

Avatar
Santiago 2 de janeiro de 2022

Quando os veículos 0 km eram acessíveis ao cidadão comum, além de diversificados, a cada virada de ano ficávamos na expectativa para sabermos das novidades e até fazíamos planos para a próxima troca.
Agora…com isso que está aí….pouquissimas opções, e a preços exorbitantes… O que é que podemos chamar de “novidade”???
Não tem graça nenhuma.

Avatar
JOSE HERCULANO DA SILVA SOBRINHO 3 de janeiro de 2022

Concordo 100%.

Avatar
Damaris 2 de janeiro de 2022

Concordo também… que tédio!

Avatar
Almeida 2 de janeiro de 2022

E nada de motores economicos por aqui, com o IPVA nas alturas, se não for por um mais econômico eu não tenho opções, então bora fazer manutenção por alguns anos.

Avatar
Sandro Silva 4 de janeiro de 2022

Vcs não estão vendo q fazem carro novo só pra rico comprar ?

Avatar
alecs 2 de janeiro de 2022

É uma falta de imaginação no setor que parece sem fim !!!

Avatar
Damaris 2 de janeiro de 2022

Concordo!

Avatar
JOSE HERCULANO DA SILVA SOBRINHO 3 de janeiro de 2022

Concordo 100%.

Avatar
Marco Romanelli 2 de janeiro de 2022

Mais jipinhos e caminhonetes, que tédio…

Avatar
JOSE HERCULANO DA SILVA SOBRINHO 3 de janeiro de 2022

Concordo tbém com vc, como com todos os outros que se manifestaram.
O brasileiro “precisa estudar” para aprender a comprar carro.

Avatar
Cris 3 de janeiro de 2022

E fato setor sem novidades empolgantes,vou continuar com meu X6 2020 por mais um ano e esperar pra ver se melhora. Vida que segue

Avatar
Deixe um comentário