Saiba quais são os 10 carros turbo mais econômicos do Brasil

Confira o ranking com os modelos turbinados que consomem menos gasolina na cidade, segundo os números do Inmetro

Por Fernando Miragaya 10/05/21 às 19h45
etiqueta consumo de combustivel programa inmetro
Existem motores turbo bastante eficientes do ponto de vista energético (Foto: Shutterstock)

A indústria busca desesperadamente estratégias por carros mais eficientes, e os motores com turbo são umas das alternativas mais usadas. A tecnologia garante consumos melhores, logicamente, aliada a outros caminhos, como variação nos comandos, injeção direta, conjuntos compactos etc.

A Stellantis , que reuniu os Grupos FCA (Fiat-Chrysler Automobiles) e PSA (Peugeot Citroën) foi um dos fabricantes que recentemente apresentou uma nova opção nesse sentido: o GSE turbo, que começou com uma variante 1.3 quatro cilindros para os renovados Jeep Compass e Fiat Toro. Porém, a eficiência decepcionou. Na picape, pouco melhorou em relação ao beberrão 1.8 E.torQ, por exemplo.

VEJA TAMBÉM:

Mas tem motor turbo bem mais eficiente por aí. Seja em SUV, hatch ou sedã, são carros com consumo baixo e que podem fazer você sentir saudades do frentista no fim do mês. Relacionamos os 10 carros turbo mais econômicos.

Os 10 carros turbo mais econômicos do Brasil

Mas vamos às regras e critérios. Na lista só foram levados em consideração modelos com motores turboflex ou a gasolina, com preço inicial até R$ 200 mil e de marcas generalistas. Ou seja, ficaram de fora híbridos, veículos a diesel e de montadoras como Mercedes, BMW, Audi e Volvo. Além disso, elencamos sempre a versão turbinada mais eficiente de cada linha, independentemente do tipo de transmissão – se manual ou automática.

Para tal, usamos como parâmetro o consumo urbano com gasolina segundo a metodologia do Inmetro para o PBEV. O ciclo rodoviário com o mesmo combustível serve como critério de desempate. Obviamente, os modelos menores acabam se dando bem, mas nem sempre o hatch é mais econômico que o sedã. E tem SUV e até modelo médio que vão te surpreender.

1.  Chevrolet Onix Plus

Chevrolet Onix Plus Premier foto Alexandre Carneiro
Foto Alexandre Carneiro | AutoPapo
  • Motor: 1.0 12V de 116 cv e 16,8/16,3 kgfm a 2.000 rpm
  • Câmbio: manual de seis marchas
  • Consumo urbano: 13,7 km/l
  • Consumo rodoviário: 17 km/l

O sedã lidera entre os carros turbo mais econômicos justamente em sua versão com câmbio manual de seis marchas. Com o novo motor da família Ecotec, se mostra extremamente econômico. O Onix Plus obteve médias de quase 14 km/l na cidade e, na estrada, pode chegar a incríveis 17 km/l.

Detalhe que ele se mostra mais eficiente até que seu par hatch, tecnicamente mais leve. Verdade que as versões automáticas bebem mais, porém ainda ficariam à frente de muitos carros dessa lista, com médias respectivas de 12 km/l e 15 km/l.

2. Chevrolet Onix

chevrolet onix 2020 hatch visto a partir da dianteira
Foto: Alexandre Carneiro | AutoPapo
  • Motor: 1.0 12V de 116 cv e 16,8/16,3 kgfm a 2.000 rpm
  • Câmbio: manual de seis marchas
  • Consumo urbano: 13,5 km/l
  • Consumo rodoviário: 16 km/l

O hatch compacto tem comportamento parecido com o da variante sedã e fica pouca coisa atrás dela em consumo. Segundo o Inmetro, são 13,5 km/l na cidade, com o mesmo motor tricilíndrico turbinado e o câmbio manual de seis marchas. Na versão com transmissão automática, as médias ficam em 11,9 km/l e 15,1 km/l.

Quer saber mais sobre Onix? Assista ao vídeo da avaliação!

3. Chevrolet Tracker

chevrolet tracker premier 2021 azul dianteira
Foto: Alexandre Carneiro | AutoPapo
  • Motor: 1.0 12V de 116 cv e 16,8/16,3 kgfm a 2.000 rpm
  • Câmbio: manual de seis marchas
  • Consumo urbano: 13 km/l
  • Consumo rodoviário: 14,8 km/l

Esse motor três canecos da General Motors garante os três lugares do pódio à Chevrolet, que faz barba, cabelo e bigode entre os carros turbo mais econômicos. E aqui falamos de um SUV com quase 1.200 kg, mais pesado não só que a linha Onix, mas que boa parte dos hatches e sedãs que virão na sequência deste ranking.

O caro leitor vai falar que trata-se de uma versão manual. Sim, mas ela é vendida na concessionária e custa pouco mais de R$ 96 mil, então azar dos rivais que não têm essa opção. E, mesmo assim, o Tracker 1.0 com a caixa automática de seis velocidades registra 11,9 km/l com gasolina na cidade, enquanto as variantes com o 1.2 turbo anotam 11,2 km/l.

4. Hyundai HB20S

Hyundai HB20S Diamond Plus foto Alexandre Carneiro
Foto: Alexandre Carneiro | AutoPapo
  • Motor: 1.0 12V de 120 cv e 17,5 kgfm a 1.500 rpm
  • Câmbio: automático de seis marchas
  • Consumo urbano: 12,7 km/l
  • Consumo rodoviário: 15,7 km/l

Se essa relação fosse de carros turbo mais eficientes com câmbio automático, o sedã da marca coreana ficaria em primeiro. Só que o HB20 com o 1.0 turbinado só é vendido com a caixa automática de seis marchas. E não bebe tanto se considerarmos o conforto proporcionado pela transmissão.

São 12,7 km/l em ciclo urbano, de acordo com as medições feitas pelo Inmetro. Assim como na linha Onix, no caso do compacto da Hyundai o sedã também se mostra mais eficiente que o hatch. Só um detalhe, essa média vale para as versões com start/stop do motor – sem o dispositivo, cai para 12, km/l.

5. Volkswagen T-Cross

vw t cross 200 tsi at alexandre carneiro 8
Foto: Alexandre Carneiro | AutoPapo
  • Motor: 1.0 12V de 128/116 cv e 20,4 kgfm a 2.000 rpm
  • Câmbio: manual de seis marchas
  • Consumo urbano: 12,2 km/l
  • Consumo rodoviário: 14,5 km/l

O SUV da Volks se meteu entre os dois irmãos da Hyundai. O T-Cross com transmissão manual de seis marchas empata no consumo urbano com gasolina com o HB20, mas leva a melhor no ciclo na estrada, nosso primeiro critério de desempate.

Curioso é que apesar de mais robusto e pesado, o utilitário esportivo com câmbio manual supera modelos como Nivus e até o Polo com o mesmo motor TSI quando o assunto é eficiência. Na variante automática com câmbio de seis velocidades, o T-Cross faz média de até 11 km/l na cidade.

6 – Hyundai HB20

Hyundai HB20 Diamond Plus - foto Alexandre Carneiro
Foto: Alexandre Carneiro | AutoPapo
  • Motor: 1.0 12V de 120 cv e 17,5 kgfm a 1.500 rpm
  • Câmbio: automático de seis marchas
  • Consumo urbano: 12,2 km/l
  • Consumo rodoviário: 13,9 km/l

O hatch da Hyundai usa o mesmo conjunto do irmão sedã para ser o sexto carro turbo mais econômico do país. Com 12,2 km/l de média urbana pela metodologia do Inmetro, fica pouca coisa atrás do HB20S e oferece o conforto da caixa automática, além da boa força em baixos giros. COmo no sedã, sem o start/stop, o consumo urbano vai para 11,7 km/l.

7. Honda Civic

honda civic touring frente
Foto: Alexandre Carneiro | AutoPapo
  • Motor: 1.5 16V de 173 cv e 22,4 kgfm a 1.700 rpm
  • Câmbio: automático CVT com sete marchas virtuais
  • Consumo urbano: 11,8 km/l
  • Consumo rodoviário: 14,4 km/l

E tem sedã médio entre os carros turbo mais econômicos. E não é qualquer sedã não, mas sim o Civic, um dos carros mais queridinhos do país. A versão Touring é a mais cara e também a única a oferecer o motor L15B com injeção direta e 173 cv.

Este propulsor de quatro cilindros só bebe gasolina. O que o ajuda a atingir médias de quase 12 km/l na cidade e de quase 15 km/l, na estrada, pelas aferições do PBEV. Pena que o Civic já mudou lá fora e a atual geração feita no Brasil está com os dias contados.

8. Volkswagen Polo

volkswagen polo 2022 branco visto de frente com loja ao fundo
Foto: Volkswagen | Divulgação
  • Motor: 1.0 12V de 128/116 cv e 20,4 kgfm a 2.000 rpm
  • Câmbio: automático de seis marchas
  • Consumo urbano: 11,6 km/l
  • Consumo rodoviário: 14,1 km/l

O compacto é mais um Volks que se vale do sempre elogiado motor TSI para figurar entre os carros turbo mais econômicos. Na linha do hatch, contudo, o propulsor turbinado está sempre associado à transmissão automática de seis velocidades. Mesmo assim, o consumo fica em bons 11,6 km/l na cidade com gasolina.

Importante salientar que essa média é obtida pelas versões com rodas 15”. Com aros maiores (16”), o Polo com o mesmo motor e caixa registra 11,4 km/l no ciclo urbano.

9. Suzuki S-Cross

suzuki sx4 s cross
Foto: Suzuki | Divulgação
  • Motor: 1.4 16V de 146 cv e 23,5 kgfm a 1.700 rpm
  • Câmbio: automático de seis marchas; tração integral
  • Consumo urbano: 11,5 km/l
  • Consumo rodoviário: 13,3 km/l

O crossover da marca japonesa é o primeiro entre os carros turbo mais econômicos com tração integral. Mesmo com o sistema sob demanda, não perde tanto em eficiência e ficou bem pouca coisa atrás do Polo com rodas menores: apenas 0,1 km/l pelo programa de etiquetagem veicular.

O 1.4 só bebe gasolina e oferece bons 146 cv, além de bastante força antes mesmo das 1.800 rpm.

10. Suzuki Vitara

suzuki vitara 4sport 9
Foto: Suzuki | Divulgação
  • Motor: 1.4 16V de 146 cv e 23,5 kgfm a 1.700 rpm
  • Câmbio: automático de seis marchas; tração integral
  • Consumo urbano: 11,5 km/l
  • Consumo rodoviário: 12,9 km/l

O SUV médio da Suzuki se vale do mesmo conjunto do S-Cross nas versões turbinadas. O consumo na cidade com o 1.4 16V é exatamente o mesmo que o do crossover compacto, mas por ser mais pesado perde por pouco no ciclo rodoviário, assinalando 12,9 km/l, contra 13,3 km/l do parente mais eficiente.

116 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Gustavo 13 de maio de 2021

Com o preço absurdo da gasolina no país, sinceramente não entendo qual a relevância de um Ranking de Consumo com combustível gasolina.
Melhorem.

Avatar
Marcelo 13 de maio de 2021

Meu fusca desce a serra na banguela e passa dos 20 por 1, ultrapassando qualquer turbo desses aí… Kkkk

Avatar
Cícero Trancoso júnior 13 de maio de 2021

Boa tarde , pós na banguela vc tem que saber que o carro fica solto , e com isso vc também sua vida em risco .

Avatar
Wesley 12 de maio de 2021

Poxa e injusto cadê o Tucson nessa lista?

Avatar
VANDERLEI BENEDITO QUINTINO DA SILVA 12 de maio de 2021

Faltou listar o JETTA 1.4 turbo,faz 9.5 na cidade e chega à 20Km/litro de gasolina na estrada.

Avatar
Daniel Farias Pereira 12 de maio de 2021

Faltou o VW up tsi. É turbo e mais econômico que esses.

Avatar
Giusepp 13 de maio de 2021

Verdade. Só escreveram para cego. O UP é o melhor entre esses. Podiam até dizer que agradam a todos, mais é um ótimo veículo.

Avatar
Leonardo 12 de maio de 2021

Gente cadê o up tsi?

Avatar
Roni oliver 12 de maio de 2021

O pessoal não entende q imetro tem q seguir parâmetros técnicos iguais para ter um valores comparativos também técnicos. Na rua muitas variáveis. Vento, morro, peso do carro, qualidade do combustível, aceleração constante, trânsito etc, mas é o jeito correto, e lógico q na prática vai dar outros resultados, mas dá para ter uma boa ideia do que vc vai encontrar em cada carro. Não precisa também falar q os carros são zero pois são o q vc vai encontrar nas concessionária. E só finalizando, comprar carro turbo pra faze média a 80 km/h ou 90 km/h e melhor comprar um fusca. pois qualquer hora uma carreta turbo vai passar por cima de vc cuidado com as carretas….. kkkk

Avatar
Felipe 12 de maio de 2021

Bom dia
Gostaria de saber se o automático do Onix e Onix sedan são os mesmo dados?

Avatar
Marcelo 13 de maio de 2021

Só viu as figuras e esqueceu de ler o texto? Kkkkkkkkkkkkk

Avatar
Jean 12 de maio de 2021

Tenho uma Tracker turbo e faz 10 no máximo dentro da cidade que é onde mais rodo

Avatar
Peterson 11 de maio de 2021

Eu tenho um cruze 1.4 turbo. Posso dizer que meu é muito econômico também. Urbano faz 12km/l e estrada 16,5 km/l na média de 100 a 120 km/h .

Avatar
Valmir 12 de maio de 2021

Tenho um prisma 1.4 automatico fas na sidade 11 e estrada entre 16 e 18 mk litro e viajo muinto mas tudo entre 80 a 120 km hora

Avatar
Karlo Gomez 22 de maio de 2021

Tenho também um Chevrolet Cruze LT 2017, e também acho muito econômico, faço uma média de 12,5 a 13,0 km por litro na cidade em condução normal e com bom baixo fluxo de carros mas,se eu moderar bem as acelerações e aproveitando bem o movimento do carro, me antecipando aos sinais de trânsito quanto ao uso dos freios e estando com três ocupantes e sem bagagem, consigo fazer de 13,0 km a 14,0 km por litro na cidade, desde que o trânsito esteja bom.

Avatar
Asafttas Ardem Doem 11 de maio de 2021

Matéria interessante, porém, quem sabe o que esta por vir ( carros elétricos), jamais vai gastar 80k ou 90k sabendo que poderá adquirir um carro que faz 500km com uma carga de bateria…daí vou querer ver a cara desse pessoal que quer empurrar esses bagaços para o consumidor…

Avatar
Paulo Justino 11 de maio de 2021

É mais quantos vai custar esse aí vc vai ver vai ser pra poucos kkkkk

Avatar
Humberto 11 de maio de 2021

Meu Onix veio estragado então pq ele da 6km/l se andar na boa. Kkkk se pisar nem sei oq ele vai fazer. Vai beber até a cerveja aqui de casa.

Avatar
Otávio 13 de maio de 2021

Tenho um polo tsi é assim tb faz de 6 a 7 km por litro na cidade não sei de onde eles acham essas médias.

Avatar
Guilherme brenner 11 de maio de 2021

Tive um A3 turbo … Muito mais econômico… Chegava a fazer 21 na estrada…
Tenho um BMW 330i. Fácil de fazer 19 por litro… Único detalhe é que tem 260 cv…

Avatar
Jean 12 de maio de 2021

Verdade. O motor 1.4 Volkswagen/audi é super econômico. Tenho um jetta e faz 17km/l e 14km/l voando baixo.

Avatar
Amauri 11 de maio de 2021

Tenho opala 6 caneco alcool que faz 5 na estrada e 3 na cidade. Isso a UOL não mostra.

Avatar
Antero 11 de maio de 2021

O ponto é essa media é a que a consecionaria passa e vai variar do pé do motorista pq é aquele ditado cavalo q anda é cavalo q bebe

Avatar
Carlos 11 de maio de 2021

Faltou o Up.tsi que 19km na estrada e 14 cidade

Avatar
Luiz Souza 11 de maio de 2021

Não faltou. Matéria somente de carros vendidos ATUALMENTE

Avatar
Leonardo 12 de maio de 2021

Amigo o up até onde sei
Não saiu de linha ainda

Avatar
Eduardo 12 de maio de 2021

Saiu sim de linha meu amigo

Avatar
LUIZ SOUZA 12 de maio de 2021

LEONARDO infelizmente vc está desinformado

Avatar
SILVIO FEIGE 11 de maio de 2021

O mais rápido e mais econômico não está na relação, C4 Cactus.

Avatar
Matheus Sergipe 11 de maio de 2021

Esses novos motores turbo dão pane rápido. Se vc não fizer manutenção certinha, trocar óleo a cada 3000km , no máximo 5000 km , etc, ele não dura. Vendi o Kwid da minha esposa a preço de banana, pq ela não aguentava ficar sem carro, na oficina etc. Pegamos uma Meriva usada Easytronic, carro mto bom , marca confiável, motor forte, outra coisa.

Avatar
L 11 de maio de 2021

Kwid não é turbo infeliz. Quanta burrice

Avatar
William 11 de maio de 2021

E ainda falo q a Meriva easytronic é boa kkkkkkkk kkkkkkkk kkkkkkkk kkkkkkkk kkkkkkkk

Avatar
Gabriel_MB 11 de maio de 2021

Kwid turbo e Easytronic bom ?
Fora que, deixa claro que não faz as manutenções corretamente pelo jeito kkkk

Avatar
Felipe 11 de maio de 2021

Dica 1: Kwid não tem motor turbo
Dica 2: Meriva Easytronic talvez tenha o pior conjunto cambio/motor da GM Brasil dos anos 2000.

Mas tá bom…andar a pé é pior.

Avatar
Moratório Silvério 11 de maio de 2021

Eu tenho um Nivus 1.0 tbm, e no etanol ele faz 15km/ litro na cidade e 20km/l na estrada. Mas o vendedor vw me explicou, vc tem q pisar na maciota, dps que pega o jeito, vc percebe o consumo diminuir.

Avatar
Isaque Martins 13 de maio de 2021

15 com etanol da cidade? Kkkk
Acho que seu Nivus já é híbrido viu.

Avatar
Octávio Nepomuceno 11 de maio de 2021

São falsos turbos, via de regra turbinar carro no Brasil é proibido. O que as montadoras fazem é uma gambiarra o motor pra dar um migué nos consumidores.

Avatar
Helmer 11 de maio de 2021

Fala besteira não…

Avatar
jose mauro de oliveira oliveira 13 de maio de 2021

Faltou Corolla melhor carro do Brasil.

Avatar
Marcelo Vieira Miranda 11 de maio de 2021

Tenho um T Cross 1.0. O consumo dele na cidade com etanol é tenebroso: 5km/L. Tudo bem que a cidade tem muitos morros, mas o etanol tem rendimento péssimo na cidade. Na estrada vai um pouco melhor, mas é impressionante a velocidade que o marcador de combustível baixa com o combustível etílico.

Avatar
Fernando 11 de maio de 2021

Meu fusquinha é melhor que todos esses citados ai.

Avatar
Alexandre 11 de maio de 2021

Possuo um Civic G9 EXR 2.0 e meu consumo é melhor na estrada do que o informado na matéria, já na cidade está na média dependendo do trânsito e diferente do que ironizaram acima acerca de deixar o carro andar sem acelerar para ver o computador de bordo dar um melhor resultado, não é o caso, vou ilustrar como opero o mesmo e quem possui o carro pode comprovar o descrito a seguir:

Variantes:

a – Ar condicionado ligado – reduz de 2 a 3 Km/L na média
b – Carro cheio de passageiros – aumenta o consumo de acordo com o peso adicional
c – Carro cheio de passageiros e com bagagens – idem item b agravando a situação pelo adendo da bagagem

Do modo de direção na Estrada e Retas:

1 – Modo Cruiser sempre com marcha posição D (Drive)
2 – Travar a velocidade com um resguardo do limite da rodovia, eu sempre deixo 5 Km a menos, ou seja, onde o limite é 120 Km/H eu travo nos 115 Km/H
3 – Não ficar na faixa da esquerda evitando assim trocas bruscas (podendo ocorrer de acelerações ou frenagens desnecessárias) de faixa para dar passagem
4 – Modo ECON ligado sempre

Do modo de direção na Estrada e ao notar aclives a seguir:

1 – Pisar no freio levemente para desativar o modo Cruiser
2 – Desligar o modo ECON
3a – Se for um aclive leve ligar o modo Cruiser novamente
3b – Se for um aclive moderado ou maior mudar a marcha de D (Drive) para S (Sport)
4 – Ligar o Modo Cruiser (dessa vez sem o ECON) com o + retomando assim a última velocidade armazenada na memória
5 – Ao começar a descida retomar os passos de explicado a priori para retas (com ECON Ligado)

O ponto chave é a manutenção da velocidade constante (sem acelerações ou frenagens desnecessárias), quaisquer que seja o carro, se o motorista tiver paciência com o devido controle no pé é possível até obter melhor performance do que a entregue pelo modo Cruiser (leia modo cruiser no caso é apenas um conforto).

No caso do Civic o Modo ECON reprograma o carro de forma a ficar mais econômico diminuindo a injeção de combustível e deixando o carro mais “lento” nas respostas, nas retas com o Cruiser funciona bem, em aclives ocorre muita oscilação de velocidade (ECON querendo diminuir a injeção de combustível e Cruiser pedindo mais para manter a velocidade), assim, o que você por ventura tenha conseguido economizar nos últimos 30 min ou mais de viagem pode perder em um único aclive.

Sobre o modo Cruiser vale lembrar o alerta do manual que a montadora não se responsabiliza por multas advindas da falta de atenção do motorista, pois podem ocorrer pequenas variações de velocidade de acordo com o relevo enquanto o computador se reprograma, com a margem de rodar com 5 Km/H a menos do que o limite, dá tempo o suficiente para que faça a devida adequação se necessário aproveitando o máximo do conforto desse modo durante viagens longas.

Sobre divergências ou o pessoal que nunca conseguiu tais marcas, vale lembrar que o mercado brasileiro é o mercado do cupim de aço, como carro no país é tratado como luxo, muitos compram carros e não fazem as devidas manutenções exigidas, como por exemplo a de uso esporádico (finais de semana apenas) e uso extensivo (cidades com engarrafamentos ou ida e vinda pro trabalho diariamente). Para piorar ainda mais, quando se dão conta que não possuem condições de pagar a manutenção, ai os cupins atacam com peças paralelas comprometendo a segurança do carro e comprometendo o sistema do veículo como um todo, incluindo o aumento no consumo.

Os carros quando as montadoras enviam para o Inmetro elas tendem a fazer alterações sutis como por exemplo o uso de Pneus Green que reduz o atrito do rolamento melhorando assim a autonomia do veiculo, logo saem com pontuações que se quiser chegar perto terá que trocar o Pneu modelo básico que sai com seu carro para um modelo melhor.

Resumindo:

Devida manutenção em dia, peças de qualidade (originais ou melhor jamais paralela de qualidade inferior), e manter velocidade constante fará você economizar combustível.

Avatar
Miro Peixoto 11 de maio de 2021

Corolla e Civic 2.0 fazem 12 km/l na cidade e 15km/l na estrada com gasolina , 4 adultos e ar condicionado ligado.

Avatar
Emerson Mota 12 de maio de 2021

Você falou simplesmente tudo! Não só pro Civic mas pra qualquer carro.

Avatar
Emerson Mota 12 de maio de 2021

O HB20 1.0 turbo MECÂNICO é mais econômico do que os automáticos da mesma marca descritos na reportagem.

Avatar
Luís Araújo 12 de maio de 2021

Muito grande, nas férias eu leio.

Avatar
Belmiro s araujo 11 de maio de 2021

Porque não mencionaram o citroen c4 thp?tenho um mais econômico que muitos citados

Avatar
Silvio Feige 11 de maio de 2021

Verdade Belmiro, acabei de questionar isso também kkk. Matéria fraca

Avatar
jonas correa ramos 11 de maio de 2021

Este repórter não entende muito bem de motores e peso dos veículos. Só mostrou carros com peso dos veículos leves em comparação com a Touro que é bem pesada. Não acho que o consumo da Touro é ruim para um peso de 1.600 kg fora o peso dos ocupantes que chegaria fácil em 2.000 kg.

Avatar
Fabrício 11 de maio de 2021

Que preguiça de pensar. Quer dizer então que o repórter não sabe nada, ou seja, se alguém for comprar um carro que gaste menos combustível ele vai lá comprar a toró porque ela pesa mais? Só a título de curiosidade, vou repostar o título da matéria aqui pra você: Saiba quais são os 10 carros turbo mais econômicos do Brasil

Avatar
jonas correa ramos 11 de maio de 2021

Você tem toda a razão no título da matéria, só não entendi porque ele falou da Toro. Você como uma pessoa esclarecida e entendedora do assunto poderia explicar melhor.

Avatar
Ronnes 11 de maio de 2021

A lista é de carros turbo. O pônei maldito da FIAT é turbo? E outra coisa. Ouvi uma pessoa que tem uma Fiat Toro Freedom, ela me disse que na gasolina o carro faz 3 por 1 dentro da cidade. 3 por 1. Deus que me livre. E eu tenho um Grand Siena 1.6 2016 que bebe também igual um camelo após atravessar o deserto do Saara. Fiat me dá nojo nojo. NOJO

Avatar
Roberth Leite Rodrigues 11 de maio de 2021

Interessante, não destacar o Virtus 200TSI. Nota-se falta de critérios.

Avatar
Americo Urano 11 de maio de 2021

Concordo plenamente Roberth, o meu Virtus faz andando no limite máximo das rodovias, 12,7 com Etanol

Avatar
Fabrício 11 de maio de 2021

Não é o quanto ele faz no seu ciclo, é quanto ele faz em um ambiente controlado, com várias variáveis a ser analisadas. Tem nego aqui que fala que o carro dele faz 30 km/l, quer dizer que a montadora e o Inmetro têm que validar o como ele dirige, na estrada dele? Coloca seu Virtus em uma pista “infinita” com aceleração constante, em giro fixo que vai descobrir o quanto o motor dele faz. Só ir no YouTube e vai ver um monte de gente reclamando que os Virtus deles gastam mais do que a montadora diz.

Avatar
Luiz Souza 11 de maio de 2021

Sac@nagem da reportagem associar carro X ou X consome isso ou aquilo… e associá-lo a foto da versão top de linha.
Por exemplo: Onix Plus não vem esses cromados, muito menos rodas de liga leve

Avatar
Thiago Aigner 12 de maio de 2021

Onix Plus não vem com rodas de liga leve? Você está enganado, amigo!

Avatar
DMG 11 de maio de 2021

Tive um UP TSI e a média dele andando a 100km era de 19km/l na gasolina. Mas se for pra 120km cai para uns 17km/l.

Avatar
Luiz Souza 11 de maio de 2021

UP saiu de linha. Não tem mais pq estar nesse comparativo

Avatar
Daniel 11 de maio de 2021

Saiu de linha mas continua a venda no mercado de seminovos e usados, a matéria fala de carros turbo mais econômicos, em momento algum especifica que eles tem que ser zero km

Avatar
Carlos Roberto Souza Oliveira 11 de maio de 2021

Lendo todos esses comentários, penso que o IMMETRO deve se manifestar publicamente a respeito, dando as explicações devidas aos consumidores. Não bastará responder apenas a cada um dos comentarista, individualmente. Não basta parecer honesta; é preciso ser honesto.

Avatar
Fabrício 11 de maio de 2021

Só pensar um pouco e deixar de preguiça. Inmetroe fabricante de carros, fazem testes em ambientes controlados, usando uma aceleração constante com diversas variáveis. O uso diário você só acelera quando precisa, dependendo do trajeto que faz, 25% do tempo o carro trabalha sem aceleração, aí é ÓBVIO que vai conseguir fazer mais km/l.

Avatar
Carlos Roberto Souza Oliveira 11 de maio de 2021

Lamentável essa informação do IMMETRO. Será que a pesquisa é dele, mesmo? Até no IMMETRO haverá falta de profissionalismo?

Avatar
José Pessoa 11 de maio de 2021

Isso não é reportagem, só pode ser propaganda da GM. MELHOR E NEM IGUAL AO UP DA VW NÃO TEM NO MERCADO BRASILEIRO.

Avatar
Luiz Souza 11 de maio de 2021

Isso não é comentário, só pode ser falta de inteligência da “pessoa”. VW UP! JÁ SAIU DE LINHA, NÃO VENDE MAIS NO MERCADO BRASILEIRO

Avatar
Daniel 11 de maio de 2021

Serio???? Up saiu de linha e NÃO VENDE MAIS NO MERCADO BRASILEIRO???? E o mercado de usados e seminovos? Não tem UP tsi a venda? A matéria fala de carros turbo 1.0 mais econômicos, em momento algum fala que estes carros precisam ser zero km.

Avatar
Luiz Souza 11 de maio de 2021

Daniel precisa desenhar na matéria? Vc tá vendo se algum dos 10 citados saiu de linha?

Avatar
Francisco Evaniel 11 de maio de 2021

Eu tenho um novo cruze , é mais econômico de que todos esses 10 que postaram aí. Faço 21 km nele e urbano faço 10,8

Avatar
Fabrício 11 de maio de 2021

Soltando o pé do acelerador nas descidas, é fácil. Coloca em uma pista e aceleração constante, aí vai ver o real gasto do motor. Teste se faz em ambiente controlado de laboratório. Mesma coisa falar que minha lâmpada que gasta 10kw/h eu faço gastar menos desligando ela na hora que não uso.

Avatar
ALDO MULLER 11 de maio de 2021

Tenho um Suzuki S Cross 2018, fiz várias viagens de Bal. Piçarras, SC para Minas, Mato Grosso, Bahia e outras a 90 km/h no velocímetro faço 18 km/l reais.

Avatar
Fabrício 11 de maio de 2021

Soltando o pé do acelerador nas descidas, é fácil. Coloca em uma pista e aceleração constante, aí vai ver o real gasto do motor.

Avatar
Djalma 11 de maio de 2021

O Up TSi ganha de todos, chega a fazer mais de 20 na estrada. Além disso, com etanol, o Onix não passa de 8 na cidade.Carro não é só consumo; a linha Onix e cheia de problemas a começar pelis trancos de seu cambio AT.

Avatar
Luiz Souza 11 de maio de 2021

UP saiu de linha

Avatar
Paulo Ardito 11 de maio de 2021

Saiu de linha nem por isso deixá de ser um bom carro e economia e boa e no exterior vão continuar a produção e uma pema que a w parou

Avatar
Luiz Souza 11 de maio de 2021

Paulo Ardito a matéria é sobre carros vendidos (novos, 0km) e não de usados.
Up infelizmente já era

Avatar
Joao 11 de maio de 2021

Faltou falar do UP!

Avatar
Luiz Souza 11 de maio de 2021

Não faltou, pois o carro já não está mais entre nós (saiu de linha)

Avatar
DIEGO HUNGARO AFFONSO 11 de maio de 2021

Ué cadê os ups da vida?

Avatar
Luiz Souza 11 de maio de 2021

Não faltou, pois o carro já não está mais entre nós (saiu de linha)

Avatar
Luiz Souza 11 de maio de 2021

GENTE, PELO AMOR DE DEUS! PRESTEM ATENÇÃO!
UP! saiu de linha. Não tem pq fazer um comparativo com ele

Avatar
Dernivaldo santos Novaes 11 de maio de 2021

Diante desses número o polo ficou em oitavo, acho que nos testes fizeram fizeram de tudo pra engrandece a GM, porque eu tenho um POLO e faz 18, até 19 na gasolina na estrada e cidade 16,17 então se for ver tem alguma marmelada aí.

Avatar
Fabrício 11 de maio de 2021

Os números da VW de consumo dele também são errados, né… Motor se testa em laboratório, não no que “Você” faz, no lugar que você mora, da forma que você dirige.

Avatar
Fabrício 11 de maio de 2021

Pessoal, não é porque “você” faz 50 km/l em um carro que ele faz isso. Dirigimos na estrada aproveitando o embalo e soltamos pé do acelerador e o carro “para” de injetar gasolina em descidas. Desço a serra de Santos e meu carro marca 50 km/l de média. Inmetro e montadoras usam parâmetros “racionais” para fazerem estes testes.

Avatar
Amauri 11 de maio de 2021

Tenho um opala 4.1 à alcool que faz 3 km/l na cidade e 5 na rodovia. Isso a Globo não mostra.

Avatar
ANDERSON 11 de maio de 2021

O ARIZO 5 É 1.5 FLEX TURBO ESTÁ FAZENDO NA ESTRADA ATÉ 19KM. MUITO ECONÔMICO

Avatar
The drive 15 de maio de 2021

Temos um Honda Fit 1.4 2014 , automático, não CVT, 30.000 km rodados, todas as revisões na Honda realizadas, nas estradonas de Sampa faz o que a Honda promete 9,9 l/ km no álcool tendo a bordo 270 kg de gente e 60 kg de mala. Na cidade plana, com 180 kg de gente a Honda promete no álcool 6 l/ km, mas mas nunca fez, sempre 4,5 ou 4,7 no computador dele! Bebe bastante, nunca deu problemas, somente natural troca de bateria!

Avatar
luiz carlos gimenez 11 de maio de 2021

Tenho uma Tucson 21 1.6 turbo motor GDI, cambio de 7 velocidades. Tem feito até 17 km/L na estrada andando a 80 e na cidade 12 KM/L. Toda vez que encho o tanque faço as contas pra confirmar e até agora sempre ficou na média entre um e outro entre 12/14 KM/L. Ah outra coisa, é motor de 177 cavalos, bem diferente da maioria desses da reportagem. Desses o único que chega perto em termos de volume é o civic.

Avatar
Octávio Nepomuceno 11 de maio de 2021

Eu tive um Omega com gnv que era mais econômico que estes da lista. Basta instalar GNV queridos.

Avatar
Fernando 11 de maio de 2021

Tenho um Civic Touring, o consumo esta perto do que foi informado pela matéria… pouca coisa abaixo.
Acho engraçado alguns proprietários dizerem que o carro faz quase o dobro do informado pela própria montadora… o cara acelera o carro e depois ele deixa ir no embalo para ver se o computador de bordo melhora a media de consumo…. deixa pra lá…

Avatar
Paulo Roberto 11 de maio de 2021

Tenho um Onix Plus Premier já fiz uma média de 30 km/l, num percurso de uns 100 kms, entre Teresópolis e Niterói.

Avatar
Fernando 11 de maio de 2021

Carro sobre o guincho nao conta!

Avatar
Paulo Roberto 11 de maio de 2021

Não tenho necessidade de mentir, ainda mais que esse carro não é o carro dos meus sonhos mas eu estava dirigindo de madrugada, sozinho no carro, sem peso extra e andando a no máximo 90 km/h.

Avatar
Vera Maria 11 de maio de 2021

Já li mentiras, mais feito essas é foda, tenho um Onix igual ao do cidadão aí, faz 16 17 apulso, o dele faz 30. Só se tá andando empurrando o carro kkkkk

Avatar
Caio 11 de maio de 2021

Mano confira na bomba de gasolina não tem condições não 30km/l deve ter algo errado aí amigo sempre faça um testa na bomba de gasolina

Avatar
Paulo Roberto 11 de maio de 2021

Eu sempre tive preocupação com consumo de combustível, esse carro comprei zero km em dezembro, tirei da concessionária e levei direto para instalar kit gás, geralmente só uso no gás, tenho um cilindro de 10m3, ando na cidade em média 130 kms.
Os medidores de consumo dos carros atuais dificilmente dão muita diferença do real.
Não enchi o tanque depois dessa média de 30, mas não deve ter ficado muito longe disso.
Só tive carros econômicos
Versa 2014, fazia 23 na estrada, aferido na bomba.
Corolla 2017, 18km/l na estrada, aferido na bomba, nesse coloquei gás, fazia 230 km na estrada com cilindro de 16m3.

Avatar
Igor Lima 11 de maio de 2021

O cara com essas médias e ainda coloca gás …kkkkk sai daí tio patinhas !! Com meu carro parado faço um trilhão de km/l kkkkkkkk ou será o carro dos Flintstones?????

Avatar
João Antônio obice 11 de maio de 2021

Soltou na banguela em Teresópolis e veio na marcha lenta!!!! Kkkk

Avatar
Paulo Roberto 11 de maio de 2021

Kkkkk

Avatar
DMG 11 de maio de 2021

Esqueceu de falar que de Teresópolis a Niterói praticamente só tem descida. Agora fala qual foi o consumo na volta?

Avatar
Paulo Roberto 11 de maio de 2021

Quando eu voltar lá, te informo.

Avatar
Jose Eduardo F Nicolau 10 de maio de 2021

Tenho um HB20 turbo. Todo final de semana vou até Aracoiaba da Serra, próximo de Sorocaba. Na estrada ele faz a média de 13,0 km/litro de álcool, e 17,0 km com gasolina. Essa aferição do Inmetro não me parece correta, aliás nunca dizem em quais condições são feitos esses testes. Ótimo carro para quem quer economia.

Avatar
Horacio Rodrigues 11 de maio de 2021

A metodologia está disponível para o público. A norma aplicada para a etiquetagem de consumo de veículos é a NBR 7024 e visa tirar o fator humano além de também padronizar os resultados entre os diferentes veículos. Um caminho para saber mais é https://www.banasqualidade.com.br/noticias/2017/06/os-ensaios-da-medicao-do-consumo-de-combustivel-em-veiculos.php

Avatar
Fabrício 11 de maio de 2021

Inmetro usa testes acelerando o carro tempo todo, não soltando pé do acelerador em descidas, como dirigirmos em estradas.

Avatar
LyTRS 10 de maio de 2021

Tenho um UpTsi que faz 16 na cidade e 19,5 na estrada.

Avatar
Amarílio 10 de maio de 2021

Tenho um Tiggo 5x 2021. Motor 1.5 turbo.
Na cidade faz 11km/l e na estrada 15km/l.

Avatar
Tadeu 10 de maio de 2021

Confesso que tive algumas surpresas nesse ranking, mas se a fonte foi mesmo o PBE Veicular do Inmetro, não posso questionar.

Avatar
Ed 11 de maio de 2021

Cadê o cruze 1.4??????

Avatar
José Jair Antunes de Souza 10 de maio de 2021

Sou proprietário de um Nivus highline, que na rodovia, dentro dos limites de velocidade faz 17 Km/litro e não aparece entre os 10.

Avatar
NIXON VIEIRA FRANCO 10 de maio de 2021

kd os JEPPS???

Avatar
Richard Straumberg - Piloto de Testes 10 de maio de 2021

A reportagem é sobre carros.

Avatar
Diogo Hubert 11 de maio de 2021

Não sei qual o método. Tenho um cruze que faz 9-10 na cidade e na estrada de 14 a 22 km/l. Tudo depende de quanto pisa, característica da pista, tráfego, etc.

Avatar
Pedro Paulo 11 de maio de 2021

tenho cruze 1.4turbo e na cidade 12km na estrada já fiz uma média 22km 23km

Avatar
Igor Lima 11 de maio de 2021

Minha bike faz 100km com um pacote de cuscuz!

Avatar
Wagner 12 de maio de 2021

Jesus, ganhou de carro híbrido
Andando a 90 km por hora né?

Avatar
Fabrício 11 de maio de 2021

Justamente, Inmetro usa testes acelerando o carro tempo todo, não soltando pé do acelerador em descidas, como dirigirmos em estradas.

Avatar
Sir.Alves 11 de maio de 2021

Realmente…, O 2.0TDI da Jeep realmente é bem razoável, dizem as línguas que chega em 15Km/l no Renegade em rodovia tranquilamente…

Avatar
Deixe um comentário