De tiozão a playboy: traçamos 10 perfis do consumidor de carros

Quais tipos de modelos e carrocerias servem aos variados clientes do universo automotivo? Enumeramos alguns deles

motorista jovem de oculos escuros dirigindo carro esportivo
Veículo pode dizer muito sobre a personalidade do motorista (Foto: Shutterstock)
Por Fernando Miragaya
27 de novembro de 2021 11:42

Dizem que o automóvel tem de vestir o motorista. Só que, muitas vezes, o consumidor de carros é motivado por outros fatores – em geral, emocionais. É o tal aspiracional que o veículo tenta vender no mercado, sob diferentes carrocerias, versões e desenhos.

VEJA TAMBÉM:

10 perfis do consumidor de carros

Fizemos uma brincadeira sobre carros distintos para diferentes perfis de consumidores. Tem pacatos sedãs médios, picapes imponentes, inofensivos subcompactos e os inevitáveis SUVs. Confira a nossa lista.

1. Tiozão

toyota corolla 2020 altis hibrido 11
Corolla é rotulado como carro de “tiozão”

Você já ouviu dizer que Corolla e Civic são carros de tiozão, né? Não é para tanto, mas realmente é uma definição boa para aquele cliente mais tradicional e conservador, que encontra na dupla de sedãs médios da Toyota e da Honda um porto seguro.

É o tipo de motorista que já teve outros modelos de automóveis, tem certo poder aquisitivo, ainda não se rendeu à avalanche de SUVs e quer carros com confiabilidade mecânica para não ter problemas no pós-venda. Além disso, não abre mão do conforto ao rodar e de um estilo mais clássico de carroceria.

Não surpreende que, tanto Corolla, como Civic (que, em breve, deixará de ser produzido em definitivo no Brasil), gozam dos maiores índices de fidelização do segmento automotivo – quando um cliente fica no mesmo carro -, com algo em torno de 70% (quando a média do mercado costuma ficar abaixo dos 50%).

2. Playboy

hyundai veloster 2012 prata de frente
Chamativo, design foi o principal argumento de vendas do Veloster

O nome é vintage, mas, para este perfil de consumidor, o que vale mais é a proposta esportiva dos carros – no design e sob o capô. Aqui, não importa a idade, mas a imagem jovial que o carro tem de passar. Tanto que esse consumidor basicamente sé tem os hatches médios como sua maior representação.

Mas não é qualquer hatch. Para este tipo de motorista, o Volkswagen Golf – independentemente da geração – costuma ser o queridinho. Além de carregar um desenho com proposta mais esportiva (mesmo a geração 4,5 brasileira, apelidada de Sapão), o médio da marca alemã sempre foi desejado por quem gosta de tirar onda com o carango.

Outro que é idolatrado por playboys mais endinheirados é o Audi A3 – também de gerações atuais ou passadas. Curiosamente, o carro por décadas usou a mesma plataforma do… Golf. Contudo, o status das quatro argolas e o acabamento mais refinado o tornam objeto de desejo de muita gente.

Outro carro que fez e faz a cabeça da galera que se recusa a envelhecer dentro do carro é o Hyundai Veloster. A despeito da polêmica da potência do motor de HB20, o estilo hatch-cupê do “carro de três portas” também virou sinônimo de “carro de playboy”.

3. Racional

honda fit 2018 azul de frente em movimento
Honda Fit se despede do mercado brasileiro neste ano

Outra dupla da Toyota e da Honda que faz sucesso, só que com essa turma minoritária do mercado automotivo: aquela que compra carro de forma 90% racional. Aqui, não importa design, acabamento, status. Esse consumidor quer um carro confiável, equipado, confortável e que ande de forma competente.

Esse cliente praticamente sustenta as vendas da linha Yaris e do falecido Fit. Vamos combinar: no quê esses dois modelos empolgam? Têm desenho previsível, conjunto mecânico pacato e acabamento interno que até deixa a desejar em termos de qualidade e estilo. Ah… eles carregam aquelas duas marcas japonesas na grade.

Pois é, tanto Yaris como Fit entregam a reputação mecânica e eficiência no rodar que esse tipo de cliente procura. Trata-se de um consumidor que precisa de um automóvel para o dia-a-dia, para fazer uma viagem, e que não precisa de nenhuma firula, motor potente ou grandes acertos dinâmicos para sua rotina.

4. Racional ao extremo

121020211634065599renault kwid intense laranja de frente ms dxhbshmvff
Kwid não é luxuoso nem potente, mas tem preço acessível e leva motorista do ponto A ao ponto B

Aqui, é para aquele consumidor que busca carros que levem-no “do ponto A para o ponto B” ao custo mínimo possível. Ou ainda para jovens motoristas em busca do primeiro carro. Geralmente, é o cliente o que vai direto nos subcompactos e hatches de entrada, em especial Renault Kwid e Fiat Mobi.

Os dois pequeninos são os carros mais baratos do país à venda atualmente. São suficientes para quem necessita de um carro pequeno, fácil de achar vaga e econômico. Além disso, têm custo de manutenção baixa e acabam como boas opções também para quem usa o veículo para trabalhar.

5. Família

jeep compass serie s t270 cinza estacionado em terreno arenoso
SUVs, como o Compass, têm se mostrado os novos queridinhos das famílias

Os SUVs acabaram por ocupar o espaço de carro para família que antes era protagonizado por stations-wagons e minivans. Principalmente os crossovers médios, que oferecem espaço interno mais generoso – às vezes, com direito à configuração 7 lugares – e nível de equipamentos melhor.

Neste contexto, modelos como Jeep Compass, Toyota Corolla Cross e Volkswagen Taos acabam fisgando esse tipo de cliente, que quer um carro confortável, com amplo porta-malas e desempenho forte para levar a família – e a casa dentro.

Algumas variantes dos suvs médios ainda trazem a opção de sete lugares. Geralmente, são modelos para famílias mais abastadas, como VW Tiguan Allspace ou Mitsubishi Outlander.

6. Família endinheirada

kia carnival frontal lareral
Kia Carnival está sozinho no segmento atualmente

Quem tem (bem) mais bala na agulha prefere ter uma minivan tradicional para levar a família, recorre a modelos importados – ou seminovos. Mas falamos de um nível maior de conforto e requinte, de modelos com muitos equipamentos embarcados, cabine sofisticada e, no mínimo, sete lugares.

Para este tipo de cliente familiar que está disposto a pagar pela sofisticação e conforto, o único representante 0 km é a nova Kia Grand Carnival, que sai por quase meio milhão de reais. Mas também tem opções entre seminovos e usados, como a imponente Chrysler Town&Country, que custa entre R$ 60 mil R$ 150 mil (com bons anos de uso) no segmento de usados.

7. “Vai com os outros”

novo onix onix plus 2020
Onix foi líde de mercado durante 5 anos

Tem aquele consumidor que vai na certeza: “se o carro vende bem e é de marca conhecida, é porque é bom”. Essa premissa é uma das razões que explica o sucesso de compactos como Chevrolet Onix (líder do mercado nos últimos cinco anos), Hyundai HB20 (que vive na cola do Onix e esse ano já foi o primeirão) e Fiat Argo (outro que beliscou a liderança em 2021).

Nestes casos, vale a lógica do custo/benefício destes modelos. Não chegam a ser baratos, mas ainda se seguram abaixo dos R$ 100 mil. Além disso, oferecem uma boa variedade de versões, motores (em geral) eficientes, custo de manutenção razoável, seguro condizente e uma ampla rede de concessionárias.

8. Agroboy

vw amarok v6 2021 28
Picapes são as queridinhas dos agroboys

Você já leu que o mercado de picapes médias é muito forte em mercados do Centro-Oeste, do Nordeste e do interior paulista, em especial em áreas rurais. Isso criou um perfil de consumidor chamado de agroboy, que é o cara ligado ao universo rural, com bom poder aquisitivo, que quer uma picape que seja útil para andar na roça, mas também tenha apelo visual.

Nessa esteira, modelos como Toyota Hilux, Chevrolet S10, Nissan Frontier e Mitsubishi L200 botam banca e atraem esses clientes. Só que as marcas, atentas a este perfil, vêm criando versões ainda mais elaboradas e “picapeiras” dessas picapes, como a S10 High Country.

9. Agroboy do asfalto

ram 1500 rebel 95
RAM 1500 é a única picape com motor V8 a gasolina

Tem um pessoal aí que não tem sequer sítio, mora na cidade, mas quer tirar onda de picapeiro. E se tem a picape versátil para o homem do campo, também tem aquelas cheias de firulas para o homem urbano. É o caso de certas versões de picapes conhecidas.

A Ford Ranger estreou esse ano sua versão Storm de olho nesse público que usa mais a picape para passear no shopping. A Chevrolet foi na onda e apresentou, recentemente, a variante Z71 da S10. Mesmo a grandalhona RAM 1500 se mostra uma picapona mais voltada para trilhas urbanas, até como contraponto à RAM 2500.

Avaliamos a RAM 1500: assista ao vídeo!

10. Aventureiro urbano

caoa chery tiggo 3x na pista teste 1
Até mesmo modelos com proposta urbana, como o Tiggo 3X, se renderam ao estilo SUV

Nem precisa explicar muito que esse tipo de cliente correu com força para os SUVs. Em busca de uma suposta maior segurança no trânsito, posição elevada de dirigir e imagem de jipeiro, os consumidores não param de correr para os utilitários esportivos, em particular os do mercado de compactos.

Mas, não se iludam. Carros como Hyundai Creta, Chevrolet Tracker, Honda HR-V Nissan Kicks, VW Nivus e T-Cross, Caoa Chery Tiggo 2 e Tiggo 3X e Fiat Pulse foram feitos para transitar no asfalto da cidade, ir trabalhar, dar um passeio no shopping ou levar as crianças na escola – de vez em quando, para uma escapadinha naquela estradinha de terra até o sítio. Até porque esses SUVs não têm qualquer pretensão fora de estrada.

Todos são oriundos de automóveis de passeio, com estrutura de monobloco e sequer oferecem tração 4×4 – a exceção do Jeep Renegade nas versões turbodiesel, ou configurações específicas de Ford EcoSport e Renault Duster usados. E é justamente isso que esse perfil de consumidor procura: carro alto, com bom vão livre do solo, para encarar a buraqueira da cidade.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
LUCIANO FERREIRA LOPES 2 de dezembro de 2021

Cadê os opaleiros, dodgeiros e maverickeiros ?

Avatar
Deixe um comentário