De Fafá de Belém a Brad Pitt: 7 famosos viraram apelidos para carros

Por diferentes motivos, modelos nacionais já foram apelidados com nomes de políticos, cantores, atores e jogadores de futebol

Por Alexandre Carneiro 14/04/19 às 10h07

Dar apelidos para carros é uma prática comum no Brasil. Alguns nomes informais chegam a cair no gosto geral e tornam-se quase tão ilustres quanto a denominação oficial. A criatividade das pessoas faz com que praticamente qualquer coisa se transforme em pseudônimo. Até pessoas famosas já serviram de inspiração para “batizar” veículos.

São exatamente esses modelos que estão enumerados no listão do AutoPapo de hoje. Entre políticos, cantores, atores e jogadores de futebol, veja quem ganhou um “homônimo” sobre quatro rodas!

VEJA TAMBÉM:

Pessoas famosas que viraram apelidos para carros:

1. Fusca Itamar

Volkswagen Fusca

O Fusca havia saído de linha em 1986. Parecia ter sido o fim da trajetória do veículo no Brasil. Porém, nos anos 90, o então presidente Itamar Franco solicitou à Volkswagen voltasse a fabricá-lo. A ideia do governante era fortalecer o segmento de veículos populares. Então, em um caso raríssimo na indústria mundial, o modelo voltou a ser produzido quase que exatamente como era antes.

A iniciativa do chefe de Estado resultou em uma segunda safra do carrinho da Volkswagen, entre 1993 e 1996. Essa história rendeu um dos apelidos para carros mais óbvios do mercado: “Fusca Itamar”!

2. Fusca Fafá de Belém

Pessoas famosas que inspiraram apelidos para carros: Volkswagen Fusca Fafá de Belém

Devido à sua enorme popularidade e à sua longa história no país, o Fusca teve diferentes denominações. Além de Itamar Franco, a cantora Fafá de Belém também virou um dos apelidos para carros atribuídos ao modelo. Isso ocorreu em 1979, quando o veículo havia acabado de passar por mais uma das inúmeras mudanças estéticas aplicadas em seu projeto ao longo do tempo. Entre outros aperfeiçoamentos, foram adotadas novas lanternas traseiras, maiores e em formato circular.

No mesmo período, a carreira da artista paraense passava por uma ascensão meteórica, e ela tornava-se famosa em todo o Brasil e até em outros países. Não deu outra: em uma época em que a sociedade era ainda mais machista que nos dias de hoje, os consumidores não tardaram a associar as volumosas lanternas do Fusca aos fartos seios de Fafá de Belém.

3. VW 1.600 Zé do Caixão

f volkswagen 1600

Na década de 60, a Volkswagen dominava o mercado brasileiro com o popular Fusca e a utilitária Kombi. O modelo batizado simplesmente como 1.600 constituiu o primeiro passo do fabricante em direção aos segmentos superiores. Era, então, o mais moderno e sofisticado produto da gama. Entretanto, nem assim ele conseguiu agradar o consumidor brasileiro.

O público da época reprovou o design com linhas retas e dianteira alta, mas o que mais desagradou foi a carroceria de quatro portas. É que, naquele tempo, os veículos de duas portas eram preferência nacional. E foi justamente essa característica que rendeu um dos apelidos para carros mais curiosos da história: os críticos associaram as quatro maçanetas destacadas às alças de um esquife. Assim, o 1.600 acabou se tornando o Zé do Caixão, como é conhecido o ator e cineasta José Mojica Marins.

4. Corolla Brad Pitt

Pessoas famosas que inspiraram apelidos para carros: Toyota Corolla Brad Pitt

Brad Pitt provavelmente tem automóveis bem mais sofisticados que o Corolla em sua garagem. Todavia, isso não foi impedimento para que o nome do ator hollywoodiano se transformasse em um dos apelidos para carros utilizados no mercado. Por que?

A explicação é simples: Brad Pitt foi garoto propaganda do sedã, em meados da década passada. Os dois apareceram juntos em alguns comerciais veiculados em rede nacional. Até hoje, as pessoas evocam Brad Pitt para referirem-se ao Toyota Corolla de nona geração.

5. Chevette Clark Gable

Pessoas famosas que inspiraram apelidos para carros: Chevrolet Chevette Clark Gable

Outro ator estadunidense que entrou na lista de apelidos para carros é Clark Gable. O galã dos filmes em preto e branco acabou se tornando “xará” do Chevette, que por muito tempo foi o produto mais acessível da Chevrolet.

A associação entre carro e ator ocorreu na virada da década de 70 para a de 80. É que, em 1978, o Chevette havia passado pela primeira reestilização no país. A alteração mais marcante foi a adoção de uma nova grade frontal bipartida, integrada ao capô. Houve quem visse semelhança entre a dupla tomada de ar com o fino e dicotômico bigodinho com o qual, décadas antes, Clark Gable havia estrelado algumas de suas obras. Contudo, ao contrário de outros apelidos para carros, este acabou caindo no esquecimento.

6. Pick-up 3.100 Martha Rocha

chevrolet 3100

Reza a lenda que Martha Rocha, a eterna Miss Brasil, deixou de ser eleita Miss Universo em 1954 devido a 2 polegadas. Por causa dessa medida, os quadris da brasileira teriam sido considerados exagerados. Tal hipótese foi posteriormente desmentida, mas acabou dando origem a um dos apelidos de carros icônicos do país.

Explica-se: quando a Chevrolet reprojetou a picape 3.100 para a linha 1955, um dos aperfeiçoamentos foi o acréscimo de 5 cm à distância entre-eixos. Isso significa que o veículo ganhou exatamente 2 polegadas em sua seção central. Já deu para entender a relação, certo? A partir de então, a caminhonete ficou conhecida como Martha Rocha.

7. Tempra Ronaldinho

Fiat Tempra
Foto Fiat | Divulgação

Eis um dos apelidos para carros mais infames já vistos! Ele surgiu no fim dos anos 90, quando o Fiat Tempra era um dos automóveis nacionais mais sofisticados. Paralelamente, Ronaldo Nazário, o Ronaldinho, dava passos decisivos na carreira e entrava no rol dos craques. Mas, afinal, qual é a relação entre eles?

Bem, é que, em 1997, a Fiat reestilizou a linha Tempra. O resultado não foi dos mais felizes: o sedã ganhou maçanetas e para-choques arredondados, que pareciam não combinar com as linhas retas da carroceria. Mas o apelido surgiu devido ao novo formato da grade frontal, que trazia o emblema do fabricante em posição elevada. Para algumas pessoas, esse detalhe fazia parecer que o modelo estava dentuço. Essa era justamente uma das características físicas de Ronaldinho. Talvez para evitar mais bullying, o jogador fez, posteriormente, um tratamento ortodôntico.

Você se lembra de mais apelidos de carros que evocam pessoas famosas? Então compartilhe-o nos comentários! 

Fotos: Divulgação

1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Adriano 14 de abril de 2019

    Bom dia, legal essa matéria, outras matérias legais são aquelas que comparam carros aos animais.kkk

Avatar
Deixe um comentário