Volkswagen SP2: carro mais belo da marca completa 50 anos

A Volkswagen está comemorando os 50 anos do SP2, esportivo de projeto nacional que chamou a atenção de todo o planeta por sua beleza

volkswagen sp2 frente em museu
Essa unidade está exposta no museu da Volkswagen na Alemanha (Foto: Volkswagen | Divulgação)
Por Eduardo Rodrigues
28 de junho de 2022 09:03

As filiais brasileiras dos grandes fabricantes automotivos vivem sob uma rígida supervisão da matriz. Existe a liberdade para criar modelos específicos para agradar ao público local, porém dentro das normas globais. Com o fim de pegar carona no sucesso do Puma há 50 anos, a Volkswagen do Brasil acabou criando o carro mais belo da marca: o SP2.

No final dos anos 60 os carros esportivos estavam na moda. O Brasil tinha modelos derivados de carros comuns, como o Chrysler Esplanada GTX. Mas o “frisson” era o Puma, um esportivo de fato, que de início usava mecânica DKW e depois passou a usar motorização refrigerada a ar da Volkswagen.

volkswagen sp2 frente parado foto de epoca
O esportivo foi criado para combater o Puma

VEJA TAMBÉM:

O fabricante alemão fornecia sua mecânica para esse carro artesanal e viu nisso uma oportunidade de fazer seu próprio esportivo. Assim nasceu o Projeto X, comandado por Márcio Piancastelli. O plano da Volkswagen brasileira era usa o chassi da Variant para fazer um esportivo.

A primeira aparição desse esportivo foi em 1971 durante uma feira, onde chamou atenção dos brasileiro e também de europeus. No ano seguinte ele foi finalmente lançado, levando o nome SP2 para a versão mais forte e SP1 para a versão de entrada.

O desenho marcante do SP2

O desenho feito pela equipe brasileira superou todas as expectativas. A carroceria tinha o formato clássico de um esportivo, com capô longo e traseira curta. Em comparação com o Porsche 911, que também tem motor traseiro, o SP2 traz dianteira mais longa, dando até a impressão de ter um motor lá.

A forma de identificar o SP2 como um Volkswagen é pela identidade visual da dianteira. As molduras de faróis trapezoidais estrearam no TL em 1970 e mais tarde seria adotado por outros carros da marca. No campo das inovações existia a faixa refletiva na lateral, solução que nunca foi copiada na indústria.

Por dentro ele trazia um painel envolvente com instrumentos voltados para o motorista. As manoplas do câmbio e do freio de mão traziam acabamento em madeira, já a seção central do painel era na cor marrom. O pequeno volante era no estilo dos carros de corrida da época e forrado em couro.

O coração não dava o desempenho que o estilo pedia

O Volkswagen SP1 trazia o mesmo motor 1.600 refrigerado a ar que era usado na Variant, rendendo 54 cv. Essa versão durou pouco e saiu de linha em 1974.

O SP2 era o destaque da linha e também o modelo mais vendido. Seu motor era uma variação exclusiva do quatro cilindros boxer, com 1.678 cm³ de deslocamento e 67 cv. Esse 1.7 exigia gasolina “azul” de alta octanagem e nunca foi usado por outro VW.

O desempenho não era dos melhores, a mecânica a ar da Volks fez fama pela robustez mas nunca pelo desempenho. Isso rendeu o jocoso apelido de “Sem Potência” e favoreceu o Puma com sua leve carroceria de fibra de vidro. A aceleração de zero a 100 km/h era feita em 17,4 segundos e atingia 153 km/h de máxima.

O SP2 ganhou reconhecimento mundial

Após quatro anos em produção, a Volkswagen optou por tirar o SP2 de linha. A chegada do Passat TS, que custava menos e andava mais, complicou a vida do cupê nacional. Foi considerada a produção de um SP3, com motor dianteiro do Passat.

No total foram feitas 10.205, sendo 670 delas exportadas. 155 foram para a Nigéria, país que também importou a Brasília com o nome Igala.

Hoje o SP2 é bastante procurado por fãs de Volkswagen com motor refrigerado a ar em todo o planeta. Duas unidades já foram leiloadas no site estadunidense Bring a Trailer, sendo um arrematado por US$ 21 mil (cerca de R$ 110 mil).

Hoje existe duas unidade exportas em museus da Volkswagen na Alemanha, uma branca e uma amarela. O SP2 é até hoje considerado o carro mais belo já feito pela marca alemã e ainda não foi superado nesses 50 anos.

Fotos: Volkswagen | Divulgação

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
6 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
norton vincenzi 5 de julho de 2022

Carrinho de brinquedo kk. acho que só quem foi proprietário de um pode garantir, um belo design, com um motor fraco. Um excelente acabamento, com painel injetado o único até então e instrumentação maravilhosa. Quanto a ser perigoso e inseguro, bem usa chassi da VW, esperar o que ? Desconforatável, só se vc tiver mais de 70 anos…Enfim, curtir com meu SP2,meu melhores anos de adolescente.

Avatar
Gustavo André Silva Sales 28 de junho de 2022

Pena que o projeto nunca mais foi pra frente.
Mais seria legal ter um SP3 com motor AP.

Avatar
Gustavo André Silva Sales 28 de junho de 2022

Ele parece q foi feito pela Mercedes Benz pôr que parece que na traseira parece um AMG GT

Avatar
Jose Jehovah Santos Netto 28 de junho de 2022

Curioso, eh saber que a fechadura externa da porta, (maçaneta), eh a mesma do DKW Fissore.

Avatar
Juan Dierckx 1 de julho de 2022

Boa tarde, José,
As maçanetas são realmente similares às do Fissore. Elas foram desenvolvidas pelo estúdio Fissore nos anos ’60 e foram amplamente utilizadas na Europa e no Brasil, onde até a Puma equipou seus carros com essas maçanetas até 1970.
Abordo este assunto em meu livro “VW SP, a história de um ícone”.

Avatar
Morio Eduardo Sakuno 28 de junho de 2022

SP2..talvez seja bonito como carrinho de brinquedo ou até que seja bonito; mas na prática para quem dirige totalmente desconfortável, ..perigoso e inseguro; mas como é carro do passado, ..podemos fazer o passado bom e expor no Museu; muitos créditos inveridicos..rs

Avatar
Deixe um comentário