ANP treina funcionários do Procon para fiscalização de postos

Parceria com Ministérios Públicos dos Estados e do Distrito Federal e com as Secretarias de Estado da Fazenda continua

Posto de combustível preço nova gasolina etanol mangueira abastecimento
Por AutoPapo
07 de setembro de 2018 09:24

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) é, de acordo com a Lei nº 9.478/1999, o órgão responsável por fazer a fiscalização de postos de combustíveis. Para conseguir analisar os derivados da cana e do petróleo em todo território nacional, a Agência firmou parceria com algumas instituições. Nesta semana, dois treinamentos com profissionais de Procons com os quais a Agência mantém convênio foram realizados.

Os primeiros Estados a participarem do curso para fiscalização de postos foram São Paulo e Rio de Janeiro. A partir do convênio e da capacitação, os agentes dos Procons ficam aptos a fiscalizar os postos e o mercado de abastecimento em nome da ANP, inclusive lavrar autos de infração. O treinamento consiste em noções teóricas para a fiscalização de revendedores, demonstração prática dos testes de qualidade dos combustíveis e aula prática de fiscalização em campo, com foco na lavratura de termo de coleta de amostras pelos profissionais.

O objetivo da ação é fortalecer a fiscalização do mercado de combustíveis. Segundo a assessoria da ANP, o treinamento será contínuo. Por isso não há como estipular a quantidade de agentes aptos a fiscalizar.

Ainda de acordo com a ANP, tais acordos contribuem para o fortalecimento da ação regulatória e ampliam a capilaridade da fiscalização. Além de vistorias em agentes regulados, as parcerias incluem intercâmbio de informações e possibilitam maior controle das atividades reguladas.

Em 2017, a ANP fez 20.102 ações de fiscalização de postos de combustíveis. As três principais motivações de autuações feitas pelos fiscais da ANP nos postos revendedores foram o não cumprimento de notificação da ANP, com 24%; equipamento ausente ou em desacordo com a legislação, com 16%; e não prestar informação ao consumidor, com 14%.

A principal irregularidade encontrada nas amostras de gasolina foi o percentual de etanol, que correspondeu a 50% do total. No óleo diesel, foi o percentual de biodiesel, com 44%, e, no etanol, a presença de metanol acima do permitido, com 37%.

Para aumentar a fiscalização de postos de combustíveis, ANP treina funcionários do Procon de alguns Estados. Agência faz perceria com mais órgãos públicos.
Foto Shutterstock | Reprodução

Parcerias entre a ANP e órgãos públicos para fins de fiscalização de postos

Estado  Conveniado Término do contrato
Amapá  Procon do Estado do Amapá 07/12/2020
Ceará  Secretaria de Estado da Fazenda 10/08/2021
Espírito Santo  Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor 23/11/2019
Goiás  Secretaria de Estado da Fazenda   13/07/2021
Goiás  Procon do Estado de Goiás 27/05/2020
Goiás  Procon Municipal de Rio Verde 01/12/2019
Maranhão  Secretaria de Estado da Fazenda   31/08/2019
Maranhão Instituto Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor  24/03/2020
Pará  Procon do Estado do Pará 04/05/2021
Pará  Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos 04/05/2021
Pará  Secretaria de Estado da Fazenda Indeterminado
Paraíba  Secretaria de Estado da Receita 01/03/2021
Pernambuco  Secretaria de Estado da Fazenda  22/03/2020
Rio de Janeiro  Secretaria de Estado da Fazenda 30/09/2019
São Paulo  Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor de São Paulo 25/04/2022
Tocantins  Procon do Estado de Tocantins 02/05/2022
Nacional  Ministérios Públicos dos Estados e do Distrito Federal Indeterminado

Depois de ler sobre a fiscalização de postos, saiba quais são as possíveis causas para um consumo elevado de combustível.

SOBRE
4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Doniro Hungaro Jr. 9 de agosto de 2021

Bom dia, tenho por habito abastecer de álcool o meu carro Virtus da VW no posto Flora da Av. Washington Luis e o meu carro apresentou problemas na injeção levei o carro na concessionaria e acusou má qualidade de combustível por favor enviar uma equipe para fiscalização.

Avatar
Wendson 11 de junho de 2021

Av. Waldemar tietz 734,13b
wendson42@hotmail.com

Foi ao posto ipiranga que fica Av. Prof. Edgar Santos
E enchi o tanque com alcool no dia 25/12/20 p carro começou a dar problema levei o carro para oficina e o mecanico me informou que era alcool batizado.Entrei em contato com o dono e qual.foi a resposta; vai procurar o seu direito. Ou seja o carro esta problemar maior por causa do alcool aduterado ou seja o prejuizo ficou com migo.

Avatar
Nice 1 de abril de 2021

Quanto a possível adulteração dos combustíveis deva existir , porém também tem o fato de donos destes postos usarem mulheres como chamariz de homens , como se fossem umas prostitutas, ou casa de prostituiçoes, promiscuidade, onde mulheres se expõem com roupas diferenciadas de homens , creio se assim não fosse os homens usassem colans , roupas apertadas de laycra mostrando sua parte genital , seios no caso tórax , igual é proposto por mulheres , que se sentem as gostosas ou são então obrigadas a utilizar estas vestimentas diferentes dos homens ? Isto não pode acontecer . O que falta no país é estes homens todos criarem vergonha na cara e serem homens de verdade e valores , caso contrário só homens querendo ter vantagens em tudo , se aproveitando de tudo e todos e o país cada vez afundando para muitos. Abaixo as prostituiçoes nos postos em todo sentido , desde crianças , adolescentes e trabalhadoras .

Avatar
Adryell Pereira mendes 26 de março de 2021

Não serve pra nada…. Os postos de combustível faz oque querem da cara de vocês.da até a intender que todo mundo da ANP são comprados.

Avatar
Deixe um comentário