Câmbio automatizado é boa alternativa ao automático?

O câmbio automatizado surgiu como uma alternativa mais barata em relação ao automático convencional, mas passou longe de fazer sucesso

Por Boris Feldman 05/05/20 às 19h00
dualogic automatizado fiat
Câmbio automatizado Dualogic (Fiat | Divulgação)

Essa história de câmbio automatizado foi uma grande gelada! Todas as fábricas, praticamente, no Brasil, resolveram colocar esse câmbio, que, na verdade, é um câmbio manual com um computador que passa as marchas.

Quer dizer, é um automático e não é: você não tem o pedal da embreagem, não tem a alavanca de mudança, mas tem um “pezinho” escondido que passa a marcha e uma “mãozinha” escondida também que aciona a alavanca.

Bom, esse esquema não deu certo. A Volkswagen chamava de I-Motion, desistiu; a Fiat chamava Dualogic, desistiu; Easytronic da Chevrolet e Easy’R da Renault já eram! Por que?

Porque ele literalmente passava as marchas aos trancos e barrancos, ainda dava problemas, dava defeito nessa parte operacional lá nos “bracinhos”. Enfim, todos eles foram abandonados. Aliás, tem um hoje da Fiat ainda, mas está acabando. A própria Fiat já colocou um automático convencional.

VEJA TAMBÉM

Posso comprar um carro automatizado?

Qual é a pergunta que vários leitores nossos têm feito? “Tem um carro usado com câmbio automatizado para vender não sei aonde, e o pessoal me diz que não tem problema, que eu posso comprá-lo. Posso?”

Eu não compraria! Compre um carro manual ou com câmbio automático convencional, porque esse câmbio automatizado, que tem esses nomes todos, cada fábrica tem um, vão acabar dando problema.

Tanto ele não presta, que as fábricas abandonaram. Todas voltaram ou passaram a equipar os carros com câmbio automático convencional. Está entendido?

câmbio automatizado GSR da Fiat em close
Câmbio automatizado GSR  (Foto Fiat | Divulgação)
SOBRE
34 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Alessandro Leandro 8 de outubro de 2020

Tenho um Grand Siena sublime essence 1.6 2014 com 134mil km nunca mim deu problema nem embreagem foi trocada tudo original de fábrica adoro meu carro

Avatar
Luciano 8 de outubro de 2020

não fala oque você não sabe pra não passar vergonha

Avatar
jose da costa freitas junior 6 de maio de 2020

Tem razão Feliciano (5 de maio de 2020) tenho um Fiesta Sedan Titanium Plus 2015 com cambio PowerShift e nunca deu problema, faz as trocas sem trancos ,suavemente , o meu fiesta é um dos modelos que era para ser comercializado nos estados unidos, então o meu tem um aviso na tele do sync que avisa se tem um erro se caso o cambio utilizado incorretamente( nunca tive tal aviso). no manual que veio com o meu fiesta ( em portugues) não tem menção de como utilizar corretamente o cambio, ja no manual da ford americana tem uma menção sobre o uso correto dele. mas a ford brasileira não mencionou tal uso nos modelos nacionais, ou, o cambio nacional é diferente americano.
Cometando sobre o que o Sr. Boris Feldman falou , de certo não se interou corretamente sobre o assunto, faltou mais estudo e pesquisa, deveria , pois esta por fora desse assunto, alguns carrosimportados tem tal cambio e nunca deram problema. Sabendo usar , não vai dar problema.
Uma falha que temos é que o brasileiro dirige mal. quantos realmente leem o manual do proprietário do seu veículo. no meu tinha até erros de português , tive que beixar o meu do site da for americana, inclusive as lãmpadas do meu são diferentes das usadas pelos fiestas brasileiros. o manual (portugues) que veio com o meu não condizia com o carro, por isso tive que baixar o manual em ingles.
P.S. o meu cambio tem garantia por 10 anos, alguém tem isso nos seus fiestas?tenho o documento sobre que comprova.

Avatar
doraci paulo 6 de maio de 2020

tenho um idea 2012 dualogic com 60000 nunca tive problemas algum com o cambio

Avatar
Igor Fazoli 6 de maio de 2020

Falta de estudo nada a ver o que foi dito eu tenho um é confortável e não dá problema é só fazer o uso correto aqui no Brasil as pessoas criam má fama das coisas eu sei o que falo e aliás meu irmão é Engenheiro Mecânico.

Avatar
Paulo franca 6 de maio de 2020

Bom dia a todo tenho um linea 2015 gosto muito do carro o câmbio ainda não deu defeito, aconselho a quem queira compra que compensa um carro muito bom.

Avatar
ALEXANDRE 6 de maio de 2020

SÓ FALOU BOBAGEM MESMO, MEU CARRO NUNCA APRESENTOU PROBLEMA E OLHA QUE JÁ FIZ UMAS 5 VIAGENS COM ELE DE CASA ATÉ A PADARIA, É UM FIAT 147 NÃO SEI QUANTOS DONOS ELE TEVE, SÓ ENGATA SEGUNDA E RÉ (COMPREI ASSIM POR 500 REAIS), COMO DÁ TRANCO AO ENGATAR A MARCHA POR NÃO TER EMBREAGEM CALCULO QUE SEJA AUTOMATIZADO…

Avatar
Carlos Eduardo 6 de maio de 2020

Kkkkk…boa

Avatar
Wilson 6 de maio de 2020

Tenho um Renault sandero easy r a cinco anos 125 mil km rodados dentro de são Paulo capital ainda com a embreagem original e zero trancos e zero manutenção. Não sei onde ele e tão ruim até o consumo dele e menor comparado aos automáticos com conversor de torque. Esse tipo de preconceito me parece estranho vindo de um jornalista. Na Europa esse tipo de câmbio e cada vez mais utilizado mas aqui no Brasil estamos com muitos especialistas de internet que nunca tiveram um e querem dar opinião. Onde está o teste que esse Sr jornalista fez em cada um desses veículos para chegar a essa conclusão? Enquanto isso sigo feliz com o meu e dando risada desses comentários sem base técnica nenhuma.

Avatar
Taxista 6 de maio de 2020

Possuo um Renault Logan easyr 2016 278.000 km rodados apenas uma troca de embreagem aos 140 mil e paguei mil e quinhentos reais pelo serviço feito em Oficina especializada. Foi uma ótima escolha de câmbio muito conforto e o consumo e muito bom. Não entendo esse preconceito o carro não e exatamente igual a um automático mas e perfeito para o trânsito pesado e em viagens as trocas manuais são precisas. O câmbio easyr e de origem Alemã extremamente durável como os automaticos mas quando esse quebrar não vai custar 10 mil reais para consertar como esses que estão na moda agora. Como vi em outro comentario basta saber quanto custam as peças e fugir dos péssimos profissionais ai Fica bem mais barato para fazer manutencao essas embreagens duram muito mais que as comuns e o meu carro pelo menos e um verdadeiro tanque de guerra que não quebra. Só a manutenção preventiva e nada mais

Avatar
Dirlon Portela 6 de maio de 2020

Eu acho que depende do motorista, motorista ruim de roda não tem carro bom não

Avatar
Ricardo 6 de maio de 2020

Falou pouco mas falou muita bobagem. Existe uma informação sobre o cambio automatizado que ou usuários negligenciam que eh se ficar parado muito tempo deve-se por no neutro pois nao há um conversor de torque entre a transmissão do motor como nos automáticos portanto a embreagem estará atuando tal qual parar engatado o tempo todo que causa o desgaste prematuro do conjunto. Tive 3 bons carros iMotion comprados de 3 trouxas que se desesperaram com orçamentos de concessionaria de 7, 8 mil reais quando o conserto na mao de um profissional honesto nem em 1500 ficava.

Avatar
Wilson Bueno 5 de maio de 2020

Tive um linea dualogic 2013. Rodei 70.000 km, o cambio nunca deu problema. Ele só era meio burro quando vc estava numa descida ou reta e começa uma subida ele demorava pra dar a resposta, ou seja, passava de 2ª para 3ª, em vez de manter a 2ª, depois, demorava pra voltar para a 2ª, precisava o carro quase parar, para fazer a redução. Fora isso nunca deu problema. Agora o que acho interessante é que e um cambio normal (de carro manual), com embreagem e platô, só que seu acionamento é feito por um robô, eletro-mecânico, que substitui a ação do motorista. Contudo sua manutenção (do conjunto do cambio) é carissimo, e desproporcional ás peças que o compõem, equiparando-se ao custo de manutenção de um cambio automático legítimo – que tem uma complexidade muito maior na engenharia e funcionamento.

Avatar
Bruno Soares 5 de maio de 2020

Matéria infeliz do Sr. Boris. Ele joga todos os câmbios automatizados na lama, sem mencionar carros que possuem esse tipo de câmbio e são ótimos. Tenho um GOLF GTI (2014 – alemão) com câmbio automatizado de dupla embreagem banhado à óleo e o carro é simplesmente formidável. Ótimo conforto. Não dá e nem nunca deu trancos. Concordo com ele somente na parte do custo de manutenção, que é mais elevada que a do câmbio manual, apesar do meu carro nunca ter tido qualquer problema. Golf GTI 2014 com 93.000km.

Avatar
Rafael 5 de maio de 2020

Esqueceu de dizer que o melhor cambio atualmente é automatizado, so que de dupla embreagem, outro mundo.

Avatar
Cesar 5 de maio de 2020

O argumento “tanto não é bom que todas as montadoras acabaram com ele” me parece um argumento bem fraco. Com base no mesmo argumento poder-se-ia alegar que câmbio manual não presta porque todas as montadoras estão passando a oferecer carros com câmbio automático; ou que carros hatch não prestam porque os SUVs é que estão bombando; ou que o Fusca não prestava porque foi substituído.

Avatar
Claudio Soares 5 de maio de 2020

Seu problema é sua dislexia, vá se tratar.

Avatar
Feliciano 5 de maio de 2020

Esta conversa é de quem não sabe o que fala. Comprei um Fiesta com PowerShift para minha filha em 2014, e estamos com ele até hoje após 212.000 km rodados, NUNCA tivemos problemas com o câmbio, tampouco com o carro. Após o recall que a Ford fez para o conjunto de embreagens, o carro ficou ainda melhor, com esta quilometragem toda está fazendo médias de 11,3 no álcool e 15,6 na gasolina. Detalhe – revisões TODAS feitas nas Revendas com carimbo no manual, pena que quando vendermos e por sermos único dono, com certeza este manual vai sumir.

Avatar
Fernando B 5 de maio de 2020

Conversa fiada. Todo Power shift dá problema, você deve estar querendo vender esse abacaxi.

Avatar
Claudio Jose 5 de maio de 2020

Boris Feldman tem 50 anos de carreira, conheço-o muito bem. Já, quem é Feliciano, que diz que ele não sabe o que fala?

Avatar
Homair Vitorino de Bovi 5 de maio de 2020

Eu já tive um fox 2013 I-motion. Que lixo de cambio. Dá tranco nas mudanças de todas as marchas. ai um conhecido me diz “Voce é que não sabe dirigir”. Ele continuou…quando voce “perceber” que o carro vai mudar de marcha é só tirar o pé do acelerador que ele não dá tranco…. DEUS QUE ME LIVRE DE TER OUTRO DESSES.

Avatar
fernando jose rocha amaro 5 de maio de 2020

Pois eu tambem tenho uma spacefox 2013 automatizada. Troquei a embreagem agora no final de 2019, com 96000 km. Tambem zero de problemas. Troquei na autorizada por 2800,00, 300,00 mais cara que numa oficina fora da css. Optei por fazer na css e zero problemas

Avatar
Francisco 5 de maio de 2020

Não creio que voce tenha utilizado um carro com o cambio automatizado para fazer esse ataque sem sentido, pois tenho uma caminhomete Strada Adventure 1.8 da Fiat 2014 com 120.000 Km. que até o momento não apresentou nenhum problema, e, com certeza eu compraria de novo um carro equipado com esse cambio.
Sem trancos nas trocas a partir do momento que você respeita o equipamento e não queira utilizar para disputas de arranque.
Eu gostaria que respondesse a uma pergunta. Os outros cambios (automaticos) não apresentam problemas?
Portanto antes de fazer uma critica como essa, voce deveria fazer um comparativo entre os automatizados e automaticos, e, deixar de ser tendencioso.

Avatar
Marcos 5 de maio de 2020

Respondendo. A sua versao do cambio veio depois de resolverem todos os problemas das versoes passadas, foram tantos problemas que o seu carro vale menos que um com cambio manual no mercado. Os veiculos com cambio automatizado são queimados no mercado e apresentaram muitos muitos muiiiiiitos problemas e o custo para resolver esses problemas era beeeeeem alto, na casa dos 4 mil reais. O reporter foi muito honesto e nem preciso nas criticas, voce é uma excessão. Voce tera otimas opcoes no mercado de usados.

Avatar
Jorge 5 de maio de 2020

Os caminhões são automáticos ou automatizados?jorge

Avatar
robert 5 de maio de 2020

Sao automatizados. A primeira caixa foi a Ishit e a xptcruise (volvo/scania) que eram monoembreagem como a da referida matéria..Hoje todas ja utilizam o sistema de dupla embreagem , algo proximo a caixa DSG Volkswagen. O sistema funciona bem, mas a questão é aguentar o torque e não ter trancos, são reguladas pra isso.. MAs realmente as primeiras automatizadas da volvo e scania não tem o conforto, mas no caminho isso não é a prioridade

Avatar
ives rocha 12 de outubro de 2020

Robert, bom dia, vc parece entender sobre câmbio automático, como eu não entendo nada de automóveis gostaria de um conselho seu ou de alguém que entenda, estou pensando em trocar de automóvel e minha opção é um Toyota com câmbio automático o que vc acha?

Avatar
Getulio 23 de novembro de 2020

E quanto aos câmbios dos caminhões da VW Delivery e Mercedes Accelo 3/4, são confiáveis? algumas pessoas estão comentado que é só problema.

Avatar
Samuel 5 de maio de 2020

Eu tive um Fox 2015 I-motion, vendi o carro com 100k rodados e nunca deu problemas. Ele só dava uns trancos leves nas trocas da 2ª para 3º. Estou com um Onix Automático 2020 que dá mais tranco na troca de marchas do que meu antigo Fox.

Avatar
José carlos de oliva 5 de maio de 2020

Concordo com Camilo Borges, tenho um Spasfox 2014 i.motio com 152.000 km rodado e nunca deu defeito não dá tranco , troca de marchas suave . Talvez o jornalista que fez essa matéria tenha que aprender dirigir.

Avatar
José Gonçalves Cruz Trevo 6 de maio de 2020

Você têm razão…

Avatar
marcos varella 5 de maio de 2020

meu tio comprou a vista um sonic sedã, ótimo carro, motor bom … andou com ele tres anos sem nenhum problema … até que o tal cambio deu problema. resumo da ópera, a gm cobrou só 7 mil reais de conserto, e ainda teve que ouvir que o vendedor deveria ter alertado ele que este cambio automatizado dá muito problema, devia ter comprado outro modelo com automatico de verdade

Avatar
Tiago 5 de maio de 2020

Mas o sonic não era câmbio AUTOMÁTICO!?

Avatar
Camilo Borges 5 de maio de 2020

Ou você está mau informado, ou você nunca teve um. Fico com a primeira, pois, mau informado, nunca deve ter tido um. Não precisa gastar seu latim explicando os problemas e defeitos apresentados por esse câmbio; mas se está escrevendo sobre ele, que tal ir à fonte? Que tal andar num? Que tal pesquisar o que a volks, a fiat e a ford fizeram? Eu tenho um fox i-motion tem quase 3 anos. ZERO PROBLEMAS. Sabe o que é zero? Fiz 4x a viagem SP-Brasília, mais de 12h de viagem e ZERO PROBLEMA. Conforto, e claro, consumo elevado, pq ele bebe mesmo, e eu não aliso. Na cidade é ótimo; no para e anda, conforto. Manutenção? Zero. Ao invés de replicar as matérias que fazem sobre o automatizado, por que vcs não andam num? Abs

Avatar
Deixe um comentário