Carros antigos no Salão de São Paulo: 5 modelos imperdíveis

Na mostra, que tem foco na tecnologia automotiva e no futuro da indústria, também há espaço para carros antigos

Por Alexandre Carneiro 08/11/18 às 15h30
porsche 356 coupe 1957 salao de sao paulo

Quem compareceu ao São Paulo Expo em outubro de 2016, deve se lembrar que houve exposição de alguns carros antigos no Salão do Automóvel daquele ano. Havia espaços reservados a nacionais icônicos, onde o visitante podia ver modelos como Dodge Charger, Chevrolet Opala e Volkswagen Fusca. Naquele ano, Mercedes, Mitsubishi e Suzuki também exibiram veículos históricos: a primeira trouxe um 170d 1951, a segunda mostrou uma unidade do PX33 1937 e a terceira referenciou a própria história com um Jimny LJ20 1975 (exemplar da primeira geração do jipinho).

Em 2018, não há espaços multimarcas destinados a carros antigos no Salão, mas é possível ver alguns deles isoladamente. É que determinados fabricantes exibem modelos históricos em seus estandes. Na lista, há nacionais e importados, de diferentes décadas. O AutoPapo listou 5 deles; confira!

1. Fiat 500 1969

Carros antigos no Salão do Automóvel de São Paulo 2018: 500 1969 em exibição no estande da Fiat

O Fiat 500 é um veículo de extrema importância para a Fiat. Sua segunda geração, a mais popular, foi lançada em 1957, quando a Itália ainda se recuperava da destruição causada pela Segunda Guerra Mundial. O carrinho remotorizou a população do país e se tornou ícone da época. Quem visita o estande da marca pode admirar um exemplar dessa safra raiz, do ano de 1969.

2. Jeep Willys 1964

Carros antigos no Salão do Automóvel de São Paulo 2018: Willys 1964 em exibição no estande da Jeep

A origem da Jeep remonta à Segunda Guerra Mundial, quando o governo dos EUA solicitou um veículo militar off-road para a indústria local. Após o conflito, o modelo continuou em produção, para uso civil. Fez tanto sucesso que a Jeep virou marca. O projeto foi fabricado no Brasil pela Willys e posteriormente pela Ford, entre 1957 e 1983. No estande da Jeep, é possível ver um desses carros antigos no Salão: o exemplar em exposição é de 1964.

3. Toyota Bandeirante 2001

Carros antigos no Salão do Automóvel de São Paulo 2018: Bandeirante 2001 em exibição no estande da Jeep

É verdade que, por ter sido fabricado em 2001, o Bandeirante exposto no estande da Toyota ainda não é, do ponto de vista legal, um carro antigo. Mas o utilitário tem grande importância histórica: foi o último exemplar produzido no Brasil. Nacionalizado em 1962, o modelo foi o primeiro da marca japonesa a ganhar as estradas do país. Até hoje, é possível ver unidades sendo usadas em atividades off-road.

4. Porsche 356 Coupé 1957

Carros antigos no Salão do Automóvel de São Paulo 2018: 356 Coupé 1957 em exibição no estande da Porsche

Toda a história de esportividade da Porsche começou com o 356, em 1948. Com formas arredondadas e motor traseiro, o modelo até hoje influencia o design da marca alemã. Um exemplar dessa primeira série, de 1957, é um dos carros antigos no Salão de São Paulo 2018. Com motor 1.6 refrigerado a ar de aproximadamente 60 cv não o torna menos impressionante que os modelos mais recentes exibidos no estande da empresa .

5. Chevrolet Opala Stock Car 1979

Carros antigos no Salão do Automóvel de São Paulo 2018: Chevrolet Opala Stock Car 1979 em exibição no estande da revista Racing

Opala e Stock Car andam juntos desde os anos 70. E é justamente dessa década, mais precisamente de 1979, um exemplar de competição em exposição no estande da revista Racing. O veículo foi pilotado pelo ex-campeão Paulo Gomes. Lançado em 1968, o modelo da Chevrolet seguiu na ativa nas pistas inclusive depois de sair de linha, em 1992.

Fotos Felipe Boutros | AutoPapo

0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário