APP permite validar CNH em 9 países da América do Sul

Aplicativo Vio, que verifica autenticidade de documentos, está disponível para as autoridades de fiscalização de nove países do continente

Por AutoPapo 17/06/20 às 09h30

O aplicativo brasileiro Vio, capaz de ler o QR Code da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) – em suas versões impressas ou digitais – agora está disponível nos países da América do Sul, com exceção das Guianas e do Suriname. Por meio do software, autoridades estrangeiras poderão checar informações de motoristas e veículos do Brasil.

A iniciativa é fruto de uma parceria firmada entre o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), o Serpro e o Grupo do Mercado Comum (GMC), órgão executivo responsável por fixar os programas de trabalho e de negociar acordos em nome do Mercosul.

LEIA MAIS 

O principal benefício dessa novidade é que, a partir deste mês de junho, os órgãos de fiscalização de Argentina; Bolívia; Chile; Colômbia; Equador; Paraguai; Peru; Uruguai; Venezuela passam a ter condições tecnológicas de comprovar a autenticidade dos documentos de trânsito dos brasileiros.

Importante lembrar que o Vio pode ser utilizado para, além de verificar CNH e CRLV, checar a validade das Placas de Identificação Veicular (PIV) ou placas Mercosul.

“Uma solução única no mercado público de encriptação de textos e imagens”, garante o gestor responsável pelo aplicativo de validação no Serpro, Lary Fernandes.

Na prática, qualquer pessoa do continente pode baixar o Vio na App Store ou na Google Play de seu país, fazer a leitura dos QR Codes e verificar sua autenticidade.

cnh digital mapa america latina

O Vio analisa tanto os documentos impressos quanto os digitais por meio da leitura do código criptografado capaz de compactar textos e imagens. A lógica é a mesma para as placas Mercosul, que possuem o QR Code estampado.

Imagem André Almeida | AutoPapo

0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário