Emissão do CRLV agora depende do atendimento a recall

Documento do veículo ficará indisponível para condutores que não atenderem o chamamento em até um ano após a comunicação da fabricante

tela de veiculos do aplicativo carteira digital de transito com aviso de recall
Aprenda a regularizar o CRLVe com aviso de recall (Foto: AutoPapo)
Por AutoPapo
13 de maio de 2021 16:05

Proprietários de veículos que não atenderem ao chamado de recall das montadoras em até um ano não poderão emitir o Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV). Essa é uma das modificações trazidas pela Lei 14.071/2020, que altera vários artigos do Código de Trânsito Brasileiro e passou a vigorar a partir de abril deste ano.

VEJA TAMBÉM

Conforme o art.131 da Lei, as informações referentes às campanhas de chamamento de consumidores para substituição ou reparo de veículos não atendidas no prazo de um ano, contado da data de sua comunicação, deverão estar no CRLV, disponível no aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT).

A tecnologia criada pelo Serpro em parceria com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) já está em funcionamento e tem o objetivo de garantir mais segurança e transparência ao cidadão.

A gerente da Divisão de Digitalização de Serviços de Trânsito do Serpro, Lucélia Matsumoto, alerta para a necessidade do usuário da CDT ficar atento aos avisos de recall:

Implementaremos funcionalidades para quando o veículo tiver o indicador de recall, aparecer uma tarja ‘recall não atendido’ em cima do módulo de veículos. Além disso, quando o cidadão entrar no módulo de veículos, também, terá a sinalização para qual veículo existe aviso de recall.

Caso a pessoa não regularize a situação do veículo em até um ano após a notificação de recall, no próximo evento de licenciamento (como alteração de endereço, mudança de exercício, transferência do veículo para outra pessoa) será incluído a observação “Recall não atendido” no documento CRLV-e.

Caso o cidadão não realize o Recall até o licenciamento do próximo exercício (após a inclusão da observação), este será bloqueado ao cidadão.

Desde 2020, os avisos de recall são enviados eletronicamente pela CDT. Mais de 30 montadoras de veículos de todo o país já disponibilizam o serviço para o cidadão. O recall comunica que algum defeito no veículo foi identificado pela montadora e precisa ser reparado. Muitas vezes, esse problema a ser reparado, se não for consertado, pode acarretar acidentes fatais para os ocupantes do veículo. O reparo é totalmente gratuito e garantido por lei.

Como regularizar a situação do recall no CRLVe

Para retirar a notificação de recall e conseguir gerar o Licenciamento Digital, o cidadão precisa entrar em contato com a concessionária, agendar a regularização do recall e, então, levar o veículo para realizar o reparo ou troca de peça.

“Quando o cidadão regularizar a situação e a montadora der baixa no procedimento, automaticamente, a observação de recall é retirada do CRLV-e e o proprietário poderá ter acesso ao CRLV tranquilamente pela CDT”, garante Lucélia.

Boris comenta as demais mudanças na Lei de Trânsito, veja:

Carteira Digital de Trânsito

A CDT é o aplicativo que reúne a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) em formato digital. Além do recebimento de notificações de recall, o aplicativo avisa sobre o vencimento da CNH, permite a visualização de infrações cometidas e o pagamento de multas emitidas em parte do Distrito Federal e mais dezenas de órgãos autuadores do país.

“A CDT traz ao cidadão inúmeros benefícios, tais como controle e gerenciamento das infrações de trânsito e a possibilidade de pagamento de multas com até 40% de desconto, compartilhamento do CRLV com outros usuários e indicação do condutor principal do veículo”, destaca o analista do departamento de Soluções Digitais para o Trânsito do Serpro, Isidro Monteiro.

SOBRE
6 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Sylvia 14 de maio de 2021

Olá. A quem compete atualizar o sistem@ nacional quando já foi feito o recall, há um ano, e não conta mais na base estadual? Emissão do CRLV consta recall pendente.
Obrigada.
Sylvia.

Avatar
Marcos 18 de junho de 2021

Olá Silvia também estou com esse problema vc já resolveu ?
Fiz um recall de uma Ford ranger desde 23/4/21 e até agora não deram baixa
A concessionária joga pra fábrica que por sua vez joga pro denatran que volta para a concessionária. Já não sei mais o que faço !!!!! Um abraço

Avatar
Matheus Costa Brandão 5 de agosto de 2021

Bom dia fui na fiat faz o recall ai da baixa e depois o proprietário vai no detran

Avatar
Kiyoaki Kawakami 13 de maio de 2021

Executei um recall da Subaru, Caoa em Nov 2020. Não deram baixa e continua constando no meu RENAVAM…
A lei se aplica às montadoras também?

Avatar
Luiz Carlos Alves dos Santos 13 de maio de 2021

Tenho uma Ford ranger ano 2010 3.0 com aviso de recal substituição dos arbag dianteiros só que a montadora nunca tem a Peça,como resolver o problema?.

Avatar
Deodete jose dos Santos 13 de maio de 2021

Já fiz o recall a mais de 2 anos até hj Detran ainda envia carta pra mim, vou ter reclamar na concessionária

Avatar
Deixe um comentário