Governo promete rádios 24h com informações sobre trânsito

Objetivo é oferecer programação com alertas sobre fluxo e condições da estrada; especialistas questionam viabilidade do projeto

dedo indicador aciona a tecla radio em painel de carro
Rádio CCR Nova Dutra opera nos moldes desejados pelo Ministério das Comunicações desde 2013 (Foto: Shutterstock)
Por AutoPapo
19 de maio de 2021 13:18
Com Agência Brasil

O Ministério das Comunicações anunciou, em parceria com o Ministério da Infraestrutura, que vai ampliar o serviço de Radiovias no Brasil. Segundo a assessoria do órgão, vai crescer o número de emissoras de rádio FM que cobrem as rodovias federais.

A ideia é seguir o exemplo da rádio CCR Nova Dutra, que está no ar desde 2013 e fica 24 horas informando motoristas sobre tempo, trânsito – referente a estrada que liga São Paulo ao Rio de Janeiro -, direção defensiva, prestação de serviços, campanhas nacionais de saúde e dicas de passeios.

VEJA TAMBÉM

“Essa é uma demanda antiga das concessionárias que administram as estradas e vai beneficiar motoristas e caminhoneiros com informação e conteúdo ao longo das viagens”, afirmou o ministério em nota.

Para a ideia de ampliação sair do papel, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e o Ministério das Comunicações vão escolher os canais da faixa FM, além de estudar o que é viável no projeto, trecho a trecho. A longo prazo, o objetivo é ter apenas um canal na faixa que vai cobrir todas as rodovias federais que ofertam o serviço.

Os custos das emissoras de rádio, diz o projeto, serão arcados apenas com publicidades institucionais.

O Ministério das Comunicações considera que esta é uma prestação de serviço importante para caminhoneiros e motoristas. De acordo com o Ministério da Infraestrutura, atualmente o Brasil conta com 22 concessões em 10.355 quilômetros de rodovias federais.

A malha rodoviária federal tem uma extensão de mais de 75 mil quilômetros.

Para Marco Aurélio Jarjour, presidente da rádio 98 FM, a iniciativa é muito boa do ponto de vista do aumento da segurança e do conforto dos usuários das rodovias. O único aspecto que não está muito claro para o especialista é como viabilizar o projeto. Isso porque a proposta original restringe muito a venda de comerciais.

“Seria necessário um subsídio, visto que há um alto custo para manter a operação de uma emissora de rádio 24 horas no ar”, comenta. Jarjour completa: “a qualidade da programação será decisiva para o bom resultado da prestação do serviço”.

Você sabia que o AutoPapo também está presente em suas redes sociais favoritas? Clique e confira:

TikTok YouTube Facebook Twitter

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
SOBRE
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Alberto Rocha 20 de maio de 2021

Isso não vai resolver as multas que levamos e acabar com a indústria da multa ninguém tem Que perde ponto em CNH porque nesse país so tem ladrão então o que fazer com os mais pobres senhor Bolsonaro cadê o emprego pro povo cade a vacina da covid cadê as casas populares pro povo nora vc anda só tem mendigo nas ruas passando fome cade a dignidade do ser humano

Avatar
Carlos Alberto Meirelles 20 de maio de 2021

Hmmm … governo promete … adivinha …

Avatar
Deixe um comentário