Motoristas autônomos podem conseguir suspensão do pagamento de veículos

Medida em análise na Câmara vale para taxistas, caminhoneiros, motoristas de ônibus, transporte escolar e turismo, além de mototaxistas e motoboys

homens negociam carro por assinauta em sala de reuniao do flua foto fca
Objetivo do PL é garantir renda e redução dos custos para os motoristas profissionais (Foto: FCA | Divulgação)
Por Laurie Andrade
23 de abril de 2021 17:08
Com Agência Câmara de Notícias

O Projeto de Lei 1189/20 quer suspender o pagamento de parcelas de empréstimos bancários para financiamento de carros e motos durante o período de isolamento social decorrente da emergência sanitária do novo coronavírus. A proposta beneficia taxistas, motoristas autônomos, caminhoneiros, motoristas de ônibus, de transporte escolar e de turismo autônomos, além de mototaxistas e motoboys.

LEIA MAIS

Os profissionais deverão desempenhar suas atividades legalmente, com registro ativo. O texto reconhece como beneficiários aqueles profissionais que sejam optantes pelo Simples Nacional.

Autor da proposta, o deputado Helder Salomão (PT-ES) destaca que a média nacional de trabalhadores informais é de 41,1%. Segundo ele, a situação destes trabalhadores será agravada com a retração acentuada do comércio. “A proposta tem por objetivo garantir a renda e a redução dos custos da atividade laboral dos motoristas autônomos”, afirma.

O projeto tramita em conjunto com outras 15 propostas sobre o mesmo assunto.

Para virar lei, a proposta que será analisada em caráter conclusivo deve ser aprovada pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.​

0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário