Ferrari 296 GTB é novo modelo híbrido da marca italiana

Modelo que homenageia passado laureado da escuderia italiana, chega para brigar diretamente com a McLaren Artura.

Por Bernardo Castro 25/06/21 às 12h14
A 296 GTB chega para substituir a Ferrari F8 Tributo
A 296 GTB chega para substituir a Ferrari F8 Tributo (Foto: Ferrari | Divulgação)

A Ferrari revelou um novo carro híbrido plug-in nesta quinta-feira. A 296 GTB chega depois da SF90 Stradale – primeiro híbrido de produção em série da montadora – e aumenta a gama de veículos mais limpos e ecologicamente corretos.

O novo modelo – que tem alguns traços da Ferrari 250 LM, marcada por vencer as 24H de Le Mans de 1965 – conta com um motor V6 2.9 biturbo que proporciona 663cv, unido a uma unidade elétrica de 167cv. Como resultado, um total de 830cv de potência e 75,5kgfm.

VEJA TAMBÉM:

Potência essa que permite o superesportivo fazer de 0 a 100 km/h em 2,9 segundos e ir de 0 a 200 km/h em 7,3 segundos. Com uma velocidade máxima que ultrapassa os 330 km/h. Com câmbio automático de dupla embreagem e 8 marchas, o modelo estabeleceu um novo recorde de potência específica para um carro de produção, com 221cv/l.

Além disso, em homenagem aos tempos laureados da escuderia italiana em Le Mans na década de 60, a 296 GTB receberá uma versão especial. A opção tem uma pintura inspirada na vitória da corrida de longa duração e conta com o pacote Assetto Fiorano (com fibras de carbono no interior do veículo e um conjunto de pneus Michelin Sport Cup 2 R).

Modos de condução da Ferrari 296 GTB

O modelo italiano ainda conta com quatro modelos diferentes disponíveis para condução, são eles: eDrive, Hybrid, Performance e Qualify.

eDrive

Impulsiona os 1477kg do superesportivo utilizando apenas o motor elétrico. Contudo, obviamente, o rendimento do carro é bem menor e, nesse modo, oferece uma velocidade máxima de 135 km/h e uma pequena autonomia: apenas 25km.

Hybrid

É o modo considerado padrão, conta com o funcionamento dos dois motores ao mesmo tempo. Além disso, apresenta um melhor gerenciamento na entrega de potência e de torque, variando de acordo com a exigência do condutor.

Performance

Entrega uma direção mais esportiva, com o motor a combustão em funcionamento durante todo o tempo. Assim, ele melhora o desempenho e fornece energia para a bateria.

Qualify

É o modo que coloca a 296 GTB em seu limite, oferecendo o máximo de seus componentes. Modo comumente utilizado em pistas de corrida durante os Track Days.

Vendas e lançamento do novo modelo da Ferrari

Ainda não foi divulgado o preço, e nem a data de início das vendas do novo superesportivo. Porém, as primeiras entregas da Ferrari 296 GTB, na Europa, estão estimadas para o primeiro trimestre de 2022.

Conheça em detalhes a outra híbrida da marca.

4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
alecs 25 de junho de 2021

Sozinha, a Ferrari não vai salvar o mundo ;o que são 10 mil carros por ano ,perto de um universo de 60 milhões por ano das demais fábricas…não faz cóssegas ás grandes montadoras! Não entendi essa pressa por eletrificação!!!

Avatar
Eduardo 25 de junho de 2021

Inovação, e mais importante, performance. Quem não se “eletrificar” vai comer poeira. E eles sabem disso.

Avatar
Mister Gasosa 25 de junho de 2021

“O potente motor de 2992 cc é combinado com um motor elétrico de 167 cv de potência e 315 Nm de binário, também posicionado no eixo traseiro”.
663 cv / 2,992 = 221,59. Assim este motor é um 3,0 L e não 2,9 L.
Fonte:
Ferrari apresenta o novo 296 GTB com motor V6 híbrido
Site: Autogear
Data: 25/06/2021

Avatar
Mister Gasosa 25 de junho de 2021

663 cv / 2,9 L = 228,62 cv/L

Avatar
Deixe um comentário