Com carros de sucesso, Fiat é líder no Brasil e América Latina

Lançamento de nova Strada e Pulse - além da renovação de Toro, Argo e Fiorino - levaram a fabricante a superar os concorrentes em 2021

fiat strada ranch parada em fazenda frente 2
Nova Strada, que agora oferece câmbio CVT, foi o automóvel mais vendido no ano no mercado brasileiro (Foto: Fiat | Divulgação)
Por AutoPapo
30 de dezembro de 2021 12:04
CONTEÚDO PATROCINADO

Se existe uma empresa que pode afirmar que fechou 2021 com chave de ouro, é a Fiat. A fabricante de automóveis encerra o ano com dois incríveis destaques: foi líder de vendas no Brasil e na América Latina. Qual o segredo para cair no gosto do público? Bons carros!

Recentemente a Fiat lançou a nova Strada, o automóvel mais emplacado do país, e seu primeiro SUV, Pulse, que conquistou o prêmio “Carro do Ano”. Além disso, renovou alguns de seus produtos mais desejados: Argo, Toro e Fiorino.

VEJA TAMBÉM

Para oferecer automóveis de qualidade, o Polo Automotivo de Betim – a maior planta da Stellantis no mundo – esteve em permanente modernização. Novas áreas de desenvolvimento de veículos foram implantadas simultaneamente à modernização de instalações, equipamentos, processos e sistemas. Isso a partir do conceito da Indústria 4.0.

Da fábrica instalada em Minas Gerais saem modelos que estão entre os carros mais queridos do Brasil: a picape Fiat Strada, líder absoluta, o hatch Argo e o compacto Mobi. Vale destacar, ainda, que o mais recente lançamento da marca, Fiat Pulse, é o primeiro SUV desenvolvido e fabricado em Betim.

O Polo Automotivo também é o maior centro de produção de powertrain da América Latina, com capacidade para produzir 1,3 milhão de motores e transmissões por ano. São produzidas três famílias de motores na planta: Fire, Firefly e GSE Turbo.

O desenvolvimento de um automóvel é um processo que envolve sete fases:

  • Conceito;
  • Definição de estratégia de produto;
  • Definição de parâmetros;
  • Desenvolvimento técnico;
  • Desenvolvimento de ferramental;
  • Verificação de processos; e
  • Produção.

A Stellantis – que integra Fiat, Jeep, Peugeot e Citroën – conta, na América Latina, com 100% de autonomia tecnológica para cumprir todas as fases no desenvolvimento de novos veículos, isso com grande nível de qualidade.

A capacidade é consequência da excelência de estruturas como o Tech Center e do Design Center, que reúnem mais de dois mil engenheiros, designers e técnicos.

Fiat em números

De janeiro a novembro de 2021, a Fiat foi a marca mais vendida no território brasileiro, com 22,1% de participação de mercado acumulada. Também é a marca líder na América do Sul no período, com 14,1% de participação nas vendas totais.

No acumulado do ano, Fiat é a marca de quarto dos dez carros mais vendidos no Brasil. Está em primeiro e segundo lugares, com a picape Strada (mais de 100 mil unidades vendidas no ano) e o Argo (mais de 80 mil unidades). A picape Toro soma 66 mil unidades emplacadas e o Mobi completa o quarteto, com mais de 63 mil unidades.

Pulse – o SUV da Fiat

Lançado em outubro, o Fiat Pulse começa a chegar nas mãos dos primeiros clientes estreando sua sala de troféus. O novo modelo acaba de receber o Prêmio Design MCB, certificação promovida pelo Museu da Casa Brasileira, que reconhece os destaques do design nacional.

O SUV também conquistou a principal categoria do prêmio “Carro do Ano”, promovido pela revista Auto Esporte. O propulsor Turbo 200 Flex da Stellantis, que estreou justamente no Fiat Pulse e é o mais potente de sua categoria (130 cv), foi escolhido o Motor do Ano abaixo de 2.0.

fiat pulse impetus 024 large
O Pulse traz faróis e lanternas em LED de série e rodas de liga leve com desenho exclusivo nas diferentes versões

As surpresas do Pulse não param por aí. Um olhar mais atento ainda encontra “segredos escondidos” nos easter-eggs, como o mapa da Itália e da América Latina com trilhas off-road.

O SUV da Fiat entrega painel 100% digital na versão topo de gama Impetus, fazendo a dupla perfeita com a tela flutuante do sistema multimídia de 10,1 polegadas com conexão via internet 4G.

Com o fechamento do período de pré-venda do Pulse, o modelo passa a ser comercializado normalmente nas 521 concessionárias do Brasil, em todas as suas versões de acabamento: Drive 1.3 Flex Manual, Drive 1.3 Flex Automática, Drive Turbo 200 Flex Automática, Audace Turbo 200 Flex Automática e Impetus Turbo 200 Flex Automática.

Vale ressaltar que o Pulse não é o primeiro veículo da Fiat a se destacar em premiações de design. No ano passado, a nova Fiat Strada ficou com o bronze no Prêmio Brasil Design Awards. Em 2017, a Fiat Toro foi reconhecida no Red Dot Design Award, Prêmio Internacional Objeto: Brasil e iF DESIGN AWARD.

Toro agora tem mais performance e tecnologia

Responsável por transformar o mercado brasileiro de picapes ao apresentar para o consumidor o conceito de Sport Utility Pick-up (SUP) – que combina o conforto e dirigibilidade de um SUV com a força, a robustez e a praticidade de uma picape com a capacidade para cinco pessoas e uma tonelada de carga total – a Fiat Toro passou por sua mais importante evolução desde o lançamento, em 2016.

Referência em design que vai além de seu segmento, a Nova Fiat Toro traz um desenho ainda mais moderno na dianteira, que inclui o Logo Script e a Fiat Flag, novo capô, grade, rodas e bullbar integrado ao para-choque.

A picape também ganhou interior completamente renovado, com painel de instrumentos e console central inéditos.

Novos motores na Fiat Toro

A Nova Fiat Toro estreia o motor turbo flex mais moderno, potente e de maior torque produzido no Brasil. São 185 cavalos e 270 Nm de torque com etanol.

A picape traz ainda versões com motor flex aspirado e diesel, com câmbio automático de 6 ou 9 marchas. Para uso urbano ou fora de estrada, com trações 4×2 ou 4×4.

O modelo passa a oferecer carregador de smartphone sem fio, uma nova central multimídia de até 10,1” posicionada na vertical e uma plataforma completa de serviços conectados inédita no mercado brasileiro.

A Toro também ganhou itens de tecnologia: um deles é o Sistema Avançado de Assistência ao Condutor (ADAS) com frenagem autônoma de emergência, aviso de mudança de faixa e comutação automática dos faróis. Há ainda faróis Full LED, sistema de iluminação frontal 100% em LED que melhora em 30% a performance dos faróis, e Cluster Full Digital 7’’.

fiat toro freedom cinza vista de frente em pista
Fiat Toro foi a escolha de quase 300 mil clientes até o momento

Strada reinventa o segmento de picapes

Em sua segunda geração, a picape compacta Strada evoluiu por completo para manter sua liderança de duas décadas.

Um dos maiores méritos do projeto foi manter as qualidades pelas quais o veículo sempre foi reconhecido – versatilidade, qualidade, confiança, robustez e custo-benefício no uso de trabalho – para atender também o consumidor que deseja um veículo moderno, tecnológico e seguro para a família e o lazer.

fiat strada ranch em movimento rodovia simples frente
Strada é a única picape compacta cabine dupla quatro portas homologada para cinco passageiros

Com a nova Strada e a picape Toro, a Fiat conta com os dois veículos mais vendidos do Brasil no segmento de comerciais leves. Os dois modelos somados colocaram a marca com 41,4% das vendas da categoria no ano passado. O significa que, de 10 picapes vendidas no país, 4 são da fabricante.

Destaques da nova Fiat Strada

O visual da nova Strada é marcado por uma frente elevada, com destaque para os faróis de LED afilados com luzes DRL (Daytime Running Light). O conjunto ótico produz 1.700 lúmens, cerca de 20% mais luminosidade que seu principal concorrente.

Mas a renovação da nova Strada começa mesmo com a plataforma MPP. É que com 10% a mais em rigidez torcional, o modelo aumentou sua já reconhecida resistência e durabilidade estrutural.

Por meio da plataforma MPP também foi possível abrigar uma nova suspensão dianteira e traseira pensando na melhoria do conforto e da dirigibilidade do veículo. Há novas molas, amortecedores e geometria, além de novas travessa de suspensão e barra estabilizadora na dianteira, e novo eixo traseiro.

Agora a nova Strada tem maior altura do solo (de até 214 mm). Sem falar que os ângulos de entrada (de até 24º) e saída de obstáculos (até 28º) estão entre os melhores da categoria.

Além disso, o novo posicionamento da suspensão traseira permitiu maior vão de carga na caçamba entre as picapes da categoria: os 1.059 mm entre as torres no compartimento de carga. São 844 litros na cabine dupla e nada menos que 1.354 litros na Cabine Plus.

A capacidade de carga também vai além e varia de 650 kg na versão para cinco ocupantes para até 720 kg na configuração de entrada.

Tecnologia e motorização

A moderna plataforma MPP permite uma arquitetura com equipamentos sofisticados. Como itens de série em todas as versões, a nova Strada recebeu, entre outros recursos, controle de estabilidade, assistente de partida em rampa e controle de tração avançado E-Locker (TC+).

As versões Endurance são equipadas com o motor 1.4 Fire, que gera potência de 88 cv a 5.750 rpm (etanol) e 85 cv a 5.750 rpm (gasolina). Seu torque é de 12,4 kgfm com gasolina e 12,5 kgfm com etanol, ambos a 3.500 rpm.

A partir da versão Freedom, a nova Strada dispõe de direção com assistência elétrica, sensor de pressão dos pneus, volante multifuncional, retrovisores elétricos, quadro 3,5” de TFT, capota marítima e, entre outros itens, rodas de liga leve.

As opções mais completas são impulsionadas pelo moderno motor 1.3 Firefly de quatro cilindros, com 109 cv de potência a 6.250 rpm e 14,2 kgfm de torque (etanol); com gasolina, são 101 cv a 6.000 rpm e torque de 13,7 kgfm a 3.500 rpm. Trata-se do propulsor mais eficiente e econômico do segmento e com nota A de consumo pelo Inmetro.

Segurança

Além dos quatro airbags presentes de série nas versões de cabine dupla, o modelo dispõe de cintos de segurança frontais com pré-tensionadores e limitadores de carga, e bancos que protegem os ocupantes do efeito chicote (whiplash) na coluna cervical em acidentes.

A proteção para crianças conta com Isofix complementada por Top Tether, ancoragem superior que impede a rotação de cadeira infantil.

Nova Fiorino reforça economia e segurança

Referência entre os veículos comerciais leves e líder do segmento de B-Vans com mais de 90% de participação de mercado, a Fiat Fiorino sempre proporcionou uma experiência positiva a centenas de milhares de comerciantes.

Presente na vida dos brasileiros desde 1980, o modelo muda para perpetuar os bons serviços prestados com mais benefícios ao consumidor.

A linha 2022 do veículo vem carregada de novidades, começando pelo design. A Fiorino agora vem de fábrica com direção hidráulica, ar-condicionado, banco do motorista com regulagem de altura, vidros e travas elétricas, chave com telecomando, predisposição para som, protetor de cárter, alarme e faróis de neblina – essenciais em situação de baixa visibilidade.

E como nada é mais importante do que segurança, a nova Fiorino incorpora controle de tração e estabilidade (ESC) e assistente de partida em rampa (Hill Holder) de série.

fiat fiorino endurance 2022 branco traseira com portas abertas 2
O Fiat Fiorino tem 650 kg capacidade de carga, tamanho ideal para uso urbano e o baixo custo de propriedade

Fiat Fiorino teve motor reajustado

A nova Fiorino usa o motor 1.4 EVO Flex, agora ajustado para atender às novas regras de emissões e ruído do Proconve (PL7). O propulsor ficou ainda mais econômico, com uma redução de até 11,8% no consumo de gasolina (a melhora com etanol foi de 8,3%). Ele gera até 86 cv de potência e torque de 120 Nm com etanol.

Os bancos foram modificados e estão mais confortáveis, pois usam material mais resistente.

O ar-condicionado recalibrado é capaz de resfriar o interior da van em até 6º C nos primeiros 15 minutos de funcionamento, o que significa um resfriamento 18% mais rápido da cabine.

Por fim, se deu a modificação na suspensão traseira que passa a usar materiais de maior resistência.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
6 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
alecs 8 de janeiro de 2022

Aqui vai uma dica para a Fiat ! Que tal um Mobi sedan com o espaço interno da Strada ,talvez é claro, mais cara que o Mobi,com as portas de trás do próprio Strada ,entre-eixos ,de acordo …seria minha última chance de trocar de carro,pois o Argo é caro e não tem porta-malas!

Avatar
Rubens 6 de janeiro de 2022

Eu tenho um carro japonês e outro Fiat, mas a diferença entre eles é gritante, em tudo. O Honda e muito mais carro.

Avatar
Roni oliver 3 de janeiro de 2022

O sucesso da fiat si dá a sua capacidade de fazer carros regionalizados de acordo com as nossas estradas e mercado enquanto as outras principalmente francessas não fazem esse trabalho bem feito por isso o sucesso.

Avatar
Paolo 1 de janeiro de 2022

Vitória merecida, pois a Fiat sempre foi uma marca ousada, corajosa, brava mesmo. A Fiat sempre puxa a evolução. As outras marcas vêm sempre atrás. Sem falar que renovou (e salvou) a Jeep, que hoje é um sucesso total. Parabéns a cada um dos funcionários da Fiat.

Avatar
Geraldo Fernandes Baptista 1 de janeiro de 2022

Nunca gostei de Fiat mas, comprei uma weekend 2012 1.6 16 v e torq. Apesar de ser um projeto antigo me arrependo de não ter comprado antes, excelente carro. Quero comprar a nova Strada daqui uns 3 anos..usada claro.

Avatar
PREVEDELLO 31 de dezembro de 2021

NÃO ME FAÇA RIR !

Avatar
Deixe um comentário