Hyundai encerra o desenvolvimento de motores à combustão

O grupo Hyundai fechou o centro de desenvolvimento de motores à combustão, inaugurado em 1983, para focar no futuro elétrico

hyundai ioniq 5 bege dianteira em movimento
O elétrico Ioniq 5 é o guia para o futuro da marca (Foto: Hyundai | Divulgação)
Por Eduardo Rodrigues
30 de dezembro de 2021 13:21

Você gosta do motor 1.0 turbo do Hyundai HB20? Já experimentou o potente V6 biturbo do Kia Stinger? E a suavidade dos V6 aspirados usados no Azera e Santa Fé? Se aprecia esses motores, é bom aproveitá-los, pois nessa quarta (29) foi confirmado o fim definitivo do desenvolvimentos de motores à combustão do grupo Hyundai.

Essa informação foi levantada por duas fontes sul-coreanas: o Business Korea e o The Korea Economic Daily. Segundo as publicações, o centro de desenvolvimento de powertrain à combustão interna foi encerrado, direcionando a equipe para trabalhar com propulsão elétrica.

kia ev6 cinza em movimento cidade
No lado Kia do grupo Hyundai, o EV6 é o elétrico que mostra o futuro da marca (Foto: Kia | Divulgação)

VEJA TAMBÉM:

Hyundai vai investir em elétricos e semicondutores

Essa foi uma grande reorganização das pesquisas de pesquisa e desenvolvimento, o Business Korea diz que o ato foi realizado no dia 17 de dezembro. O foco da Hyundai será os elétricos à bateria, não foram citadas fontes alternativas como células de combustível — tecnologia usada em uma versão do SUV Nexo.

A mudança de foco não serviu apenas para aumentar as pesquisas em elétricos, o The Korea Economic Daily diz que parte dos funcionários foram para a área de semicondutores. Devido a atual crise, o grupo Hyundai decidiu por investir em produzir seus próprios semicondutores e não depender mais de fornecedores externos.

Fechado após 30 anos do primeiro motor da marca

hyundai accent 3 door cofre do motor
O motor Alpha foi o primeiro desenvolvido pela marca (Foto: Hyundai | Divulgação)

O centro de desenvolvimento de motores foi estabelecido em 1983 para tornar a Hyundai mais independente. Na época ela usava motores da Mitsubishi, algo que continuou em alguns modelos até o início dos anos 2000.

O primeiro motor de projeto próprio da Hyundai foi o Alpha, apresentado em 1991 e feito até 2011. Esse quatro cilindros foi feito com deslocamento entre 1,3 e 1,6 litros, em versões de comando simples com três válvulas por cilindro ou comando duplo com quatro válvulas por cilindro.

Carros vendidos no Brasil como o Hyundai Accent, Scoupe, Elantra e a primeira geração do Kia Cerato foram equipados com esse propulsor. Esse foi apenas o começo, até então o centro de desenvolvimento de motores da Hyundai fez de tudo: desde pequenos três cilindros à diesel a um grande V8 à gasolina. Passando até por motores de caminhão.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário