Tudo o que já sabemos da Ford Maverick, picape ‘anti-Toro’ da Ford

Montadora está desenvolvendo uma picape do porte da Fiat Toro que deve chegar ao mercado no ano que vem; confira nossa projeção exclusiva

Por AutoPapo 27/07/20 às 13h41

Não é novidade que a Ford está trabalhando em uma nova picape para entrar no segmento das médias-compactas, isto é, uma concorrente direta para a Fiat Toro. Notícias recentes já dão conta de que o nome dela será Maverick. Depois do lançamento do SUV Bronco, foi possível desvendar mais detalhes, já que a picape Ford Maverick será derivada dele.

Confira a nossa projeção feita pelo designer João Kléber Amaral.

prpjeção da nova picape ford maverick
Nossa aposta para o visual da nova picape da Ford, a Maverick: ela será derivada do Bronco (Projeção João Kleber Amaral | AutoPapo)

VEJA TAMBÉM

Bronco Maverick?

Fotos e projeções vazadas praticamente confirmam o nome Maverick para a nova picape da Ford. Mas especula-se que ela será derivada da linha Bronco. Como a própria montadora anunciou no lançamento do novo SUV, a ideia é fazer com que Bronco seja uma submarca.

Informações do site Jalopnik apontam que os planos da Ford vão além e incluem, até 2024, o lançamento de duas picapes para a gama Bronco. Uma delas, de maior porte, terá concepção tradicional – montada sobre chassi. A outra, menor, será a Maverick, feita em monobloco.

A nova picape da Ford, irá competir nos Estados Unidos com a Honda Ridgline, que se segue o mesmo conceito. No Brasil, a Maverick irá bater de frente com a Fiat Toro. O modelo maior, montador sobre chassi, irá encarara a picape Jeep Gladiator, utilitário derivado do Jeep Wrangler.

Plataforma e motorização

Quanto a plataforma e motorização para a nova picape da Ford, existem duas possibilidades. A primeira é de que a Maverick utiliza o conjunto mecânico do Bronco Sport (que será vendido no Brasil): o SUV é montado sobre a plataforma C2 que, entre outros modelos, é utilizada no SUV Escape – que também virá para o nosso mercado – e a atual geração do Focus (descartado para o Brasil).

Neste caso, ela poderá ter duas opções de motorização: as versões de entrada são equipadas com uma unidade 1.5 turbo, capaz de gerar 184 cv de potência e 26,3 kgfm de torque. As opções top de linha trazem um 2.0 de quatro cilindros turbo, com 248 cv e 38 kgfm. Em ambos, o câmbio é automático de oito velocidades.

Alternativa mais simples

Em um fórum que discute o novo modelo, uma suposta pessoa ligada ao projeto garante que o modelo ostentará sim a marca Ford, já que Bronco será uma submarca premium.

Neste caso, ela utilizaria a plataforma da Transit  Connect, van vendida pela Ford na Europa. O motor seria o 2.0 de aspiração natural que já foi utilizado aqui no Focus e é vendido nas versões top de linha do EcoSport.

Seria uma aposta arriscada para a marca norte-americana, pois a expectativa é que até a chegada da nova picape da Ford, a Toro já tenha recebido nas versões flex o moderno motor 1.3 Firefly turbo.

Quando será lançada

Em apresentação da Ford para investidores, um slide apontava a chegada de um novo modelo em 2021: a expectativa é de que Ford Maverick seja feita no México, na mesma planta de onde sai o Bronco Sport.

VEJA TAMBÉM:

Ford se esqueceu do Troller? Boris Feldman explica.

7 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Silvana 5 de agosto de 2020

    HIPOCRITA ridículo taxar grandes empresarios não taxa! Agora excluir outros pcds excluem! Canalhas segregadores! Não é só cadeirante que precisa! Sao todos os pcds ah mas é mais fácil tirar de quem precisa não é? Deficiência não se compara se respeita

  • Avatar
    Edson Erb de Aquino 3 de agosto de 2020

    Bom dia! Boris, gostaria de sua opinião sobre o popular FOX extreme, automático. (Imotion)

  • Avatar
    chicolelis 30 de julho de 2020

    Por que usar o nome de um carro, que não foi um modelo de sucesso, se Bronco é um nome tão forte?

  • Avatar
    jose jorge de sousa 30 de julho de 2020

    gostei

  • Avatar
    Milton 29 de julho de 2020

    Na verdade essa pick-up Ford pode ser muito boa de mecânica olha só a planta forma que ela vai ser construída segundo a matéria do Ford bronco mas o que não ajuda é o design para competir com a Fiat Toro

  • Avatar
    ANDRE GUTTLER 27 de julho de 2020

    Essa mania de chamar concorrente de anti isso, anti aquilo. Não é antídoto!

  • Avatar
    Jose 27 de julho de 2020

    Não gostei

Avatar
Deixe um comentário