Fraudes em bombas de combustíveis podem ser evitadas por app do Inmetro

Nova tecnologia simplificará obtenção de prova material contra postos; qualquer motorista com smartphone poderá "fiscalizar" os estabelecimentos

Por AutoPapo 19/04/21 às 14h23
Com Agência Brasil
shutterstock bomba de combustivel preta preco de combustivel impostos icms gasolina etanol
Aplicativo do Inmetro utilizara bluetooth para fiscalizar as bombas de combustíveis (Foto: Shutterstock)

Provar fraudes nas bombas de postos de combustíveis é algo que envolve equipamentos e procedimentos complexos, além de apreensões in loco e análises laboratoriais. Em breve, tudo isso poderá ser substituído por um clique de celular, dado por qualquer consumidor por meio de um aplicativo idealizado pelo Inmetro.

O projeto consiste na instalação de um hardware que faz a leitura da quantidade de combustível que é apresentada no display da bomba. A garantia de que o equipamento está correto é dada por uma assinatura digital que poderá ser checada por meio do bluetooth dos celulares. A violação dessa assinatura comprova a fraude.

LEIA MAIS

Para se ter uma ideia de como são praticadas fraudes nas bombas de combustíveis, a cada ano cerca de 20 mil casos são autuados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) – número que fica ainda mais impressionante se for levado em conta a dificuldade para se conseguir evidenciar esse tipo de prática fraudulenta.

“As bombas medidoras de combustíveis possuem eletrônica bastante complexa, com placas de circuitos e software (programa de computador) que são vulneráveis a modificações, sendo quase impossível, ao fiscal, verificá-las em campo. Em muitos casos são necessárias análises laboratoriais para produzirmos provas materiais contra os infratores”, afirmou o chefe da Divisão de Metrologia em Tecnologia da Informação e Telecomunicações do Inmetro, Rodolfo Saboia, à Agência Brasil.

Citando levantamento divulgado pela Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes (Fecombustíveis), o chefe da Divisão de Gestão Técnica do Inmetro, Bruno de Carvalho, disse que “as fraudes em bombas movimentam mais de R$ 20 bilhões a cada ano”.

Para resolver – ou, pelo menos, amenizar – esse problema, o Inmetro está adaptando e implementando uma tecnologia que já vinha sendo usada para dar segurança às transações feitas pela internet: a certificação digital.

Araújo estima que ainda no segundo semestre de 2021 tudo esteja operacionalizado para que as bombas de combustíveis comecem a ser certificadas.

Aplicativo para fiscalização das bombas de combustíveis

A fiscalização das bombas poderá ser feita por meio de um aplicativo para smartphones, a ser disponibilizado pelo Inmetro. A ideia é fazer com que eles se conectem com as bombas de combustíveis por meio de bluetooth, de forma a verificar se a assinatura digital da bomba foi violada. Caso tenha sido violada, a informação é imediatamente encaminhada ao Inmetro via internet.

Segundo o Inmetro, a ideia inicial era a de que a tecnologia servisse apenas para os fiscais. No entanto, ao identificarem como será simples o processo, optou-se por estender a ferramenta aos usuários.

“Com o aplicativo, todos serão nossos olhos nos postos de combustíveis, o que vai garantir poder ao consumidor. Basta ligar o bluetooth para captar os dados da bomba e saber se há alguma inconsistência na assinatura digital. Quanto à transmissão, ela pode ser feita automaticamente, assim que se tiver acesso à internet”, finalizou Saboia.

Testes

Segundo o Inmetro, as indústrias já estão finalizando o desenvolvimento de protótipos para que a tecnologia seja colocada em prática. Depois disso, os modelos de bomba serão enviados a laboratórios acreditados para a realização dos testes laboratoriais necessários para a aprovação de modelo dos instrumentos. “Uma vez aprovado pelo Inmetro, as indústrias já estarão autorizadas a comercializar seus instrumentos”, complementa Bruno de Carvalho.

SOBRE
32 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Agnaldo 26 de abril de 2021

Tudo é válido. Mas se fala em tanta tecnologia porque que até agora não saiu nenhum carro que eu sei com medição de volume, isso acabaria na hora com a fraude. Se o consumidor pediu 20 litros então o carro automáticamente iria fazer a leitura e pronto.

Avatar
OpalaSemCaneco 27 de abril de 2021

Real

Avatar
Aguinaldo 21 de abril de 2021

O perigo é o cara chegar bem próximo da bomba com o celular na mão e o mesmo explodir .

Avatar
OpalaSemCaneco 27 de abril de 2021

Se eu n me engano, isso acontecia com os tijolão, que “soltavam algumas faíscas”, uma coisa assim e pegavam fogo

Avatar
Jaime Fernandes Gomes 21 de abril de 2021

na verdade o certo também fora o app as mangueiras serem transparente como as do gaz de cozinha a justiça deveria obrigar por lei ser trocado pós mesmo como este app eles vão fazer de tudo pra fraldar

Avatar
leonardo ferreira santos do carmo 20 de abril de 2021

Parabéns pela iniciativa ainda ha órgão público sérios e de responsabilidade com o povo aguardar o lançamento deste dispositivo irei usar com certeza

Avatar
Diego Alves da Silva 20 de abril de 2021

Muito bom, detalhe que alguns donos de postos sempre vão conseguir burlar de alguma forma.

Avatar
Daniel Mello 20 de abril de 2021

Para evitar erros de quantidade sempre encho o tanque até a bomba desarmar, encher o tanque sempre resultará no total de capacidade do mesmo, meu carro tem um tanque de 44 litros se aparecer lá 55 litros na bomba é certo que está adulterada, aí muitos vão dizer que é caro encher o tanque, se for olhar da na mesma que colocar de 50 em 50, prefiro encher pois nunca vão colocar mais de 44 litros no meu carro, sempre ouvi dizer em dispositivos eletrônicos acionados por frentistas ao abastecer menor quantidade, mas ao encher o tanque o dispositivo não pode ser acionado que vai dar na cara que tá colocando combustível de menos

Avatar
Elvis 20 de abril de 2021

E quando esse aplicativo estará a disposição para nós,de certa é uma boa isso pra nós não sermos passado pra trás

Avatar
Sebastião Batista Fonseca 20 de abril de 2021

O melhor aplicativo para evitar que os posto de combustível passa a gente para traz

Avatar
José Roberto Soares 20 de abril de 2021

Infelizmente muitos postos e redes estão na mão de pessoas inescrupulosas e até perigosas, se não puderem lesar na quantidade, vão fazer na qualidade, o que já acontece em muitos pontos de venda

Avatar
Manoel 20 de abril de 2021

Ótimo este plano do Inmetro, estender fiscalização aos usuários na hora de abastecer seu carro.

Avatar
Tolentino Santana 20 de abril de 2021

agora vamos ter certeza coloquei a quantidade certa de gasolina…

Avatar
Janete 20 de abril de 2021

Muito bom.Qual o app para baixar

Avatar
OpalaSemCaneco 27 de abril de 2021

Talvez não tenha lançado ainda

Avatar
Eduardo 20 de abril de 2021

Postos de combustíveis de Belford roxo, principalmente Lote 15, estão deitando e rolando na quantidade e qualidade . Liguei e denunciei várias vezes mas até hoje sem fiscalização.

Avatar
Marcelo Aparecido da Silva 20 de abril de 2021

Como se chama o app para baixar?

Avatar
luislack 20 de abril de 2021

o apk mostra o quanto de água vai ter no etanol , e quanto dr etanol vai ter na gasolina?

Avatar
Samarone 20 de abril de 2021

Noticia boa, pena que enquanto isso os “amigos do alheio” também devem estar desenvolvendo maneiras de burlar, Brasil sendo Brasil.

Avatar
Gilberto Lopes da Silva 20 de abril de 2021

Qual o nome do app

Avatar
Mister Gasosa 20 de abril de 2021

Muito boa essa ideia!
Agora com relação a adulteração do combustível um aliado é o computador de bordo ou quem não tem fazer as contas do km/litro na raça. E fica a dica:
“Combustível barato é sinal de batismo na certa!”

Avatar
Cêlio aparecido dos santos 20 de abril de 2021

Bom dia

Avatar
Thiago Filikoski Barski 20 de abril de 2021

Painel digital com mililitros no carro e mangueira transparente da bomba para o carro.

Avatar
wagner souza 20 de abril de 2021

Boa esta ideia tb ja pensei e se nos consumidores formarmos uma emenda parlamentar com um votacao popular consigueremos tal exeto nesta causa . pois alem do mas os carros poderiam ter a area transparente onde olhariamos o combustivel subindo igual aos marcadores em uma jara.

Avatar
Jaci 24 de abril de 2021

O problema é que a corrupção está em todos os lugares e inclusive nos órgãos fiscalizadores mesmo com esse aplicativo os donos de postos vão sempre dar um jeito de fraudar o sistema pois a fiscalização também é corrompida sistematicamente pelo auto poder econômico que tem os donos de postos.

Avatar
Carlos 20 de abril de 2021

Agora intendi por que em cada 5 shell e Ipiranga 3 não funciona o app já reclamei no app várias vezes mas eles não estão nem aí lamentável sempre tem um geito de pilastra o consumidor.

Avatar
Cristiano Felix Muniz 19 de abril de 2021

Seria interessante as montadoras de veículos colocar painéis digitais que indiquem em ML/ L quanto tem em combustível no seu tanque. Simples assim.

Avatar
Luís Carlos 20 de abril de 2021

Boa ideia assim resolve tudo.

Avatar
Juler 19 de abril de 2021

Legal. Mas e como fica o papo de não poder usar celular em postos de gasolina?

Avatar
Anderson Santos 22 de abril de 2021

Excelente observação!

Avatar
Sir.Alves 19 de abril de 2021

Ja pagamos tao caro nos combustiveis e ainda mais essa… Sinceramente, por estas que sou a favor dos veiculos eletricos, carregamento em casa, e eletricidade gerada por paineis solares. Sem mais.

Avatar
David 20 de abril de 2021

Meu amigo boa tarde, mas vc não acha q eles já não estão desenvolvendo um jeito de burla esse sistema de carro elétricos, isso aqui e Brasil mano o mesmo q vende a ideia do carro elétrico é o mesmo q vendo a forma de burla e violar o sistema é assim q funciona infelizmente.

Avatar
Deixe um comentário