Morte anunciada: Fusion sai de linha e Ford fica sem sedãs nos EUA

Modelo deixou de ser produzido no México e fabricante dá os passos finais para dedicar-se exclusivamente a SUVs e picapes

Por AutoPapo 06/08/20 às 08h51

O Ford Fusion deixou o mercado brasileiro no último mês de maio. Na verdade, o modelo já não era importado para o país desde 2019, mas seguiu compondo a gama do fabricante enquanto ainda existiam unidades em estoque. Porém, a fabricação ainda continuou por mas algum tempo no México. Agora, o fim da linha chegou para todos os países da América: desde o dia 31 de julho, o modelo não é mais produzido na planta de Hermosillo.

VEJA TAMBÉM:

Junto com o Ford Fusion, saiu de linha também o Lincoln MKZ, que era uma derivação mais luxuosa do mesmo projeto. Inicialmente, a previsão de encerramento da produção estava marcada para 21 de julho, mas foi estendida por quase duas semanas. As informações são do site Autoblog.

Com a saída do Fusion do mercado, a Ford ficou sem sedãs de marca própria nos Estados Unidos e no Canadá. A subsidiária premium Lincoln ainda comercializa um único veículo desse tipo: o Continental. Contudo, esse modelo também está com os dias contados. A previsão é de que a fábrica de Flat Rock, em Michigan, deixe de produzi-lo até o fim deste ano.

ford fusion 2019 titanium branco frente em movimento
Sedã já não era importado para o Brasil desde 2019

Desse modo, a Ford dá os passos finais para se tornar um fabricante exclusivamente dedicado a SUVs e picapes. Esse plano foi anunciado há alguns anos, de modo que a retirada do Fusion do mercado está longe de surpreender. A partir de agosto, a fábrica mexicana de Hermosillo será dedicada à produção do Bronco Sport.

Enxugamento dos sedãs da Ford pode ir muito além do Fusion

A Ford prepara ainda um projeto para, de certo modo, substituir o modelo: será, claro, um SUV, que poderá se chamar Fusion Active. Em outros mercados, como Ásia e Europa, a multinacional ainda oferece sedãs. No Brasil, o único sobrevivente é o Ka, que tem produção nacional. Até o momento, não está claro se a empresa abandonará esse segmento também nessas regiões.

No mercado brasileiro, o Ford Fusion era comercializado desde 2006. Em 2009, o sedã teve a primazia de inaugurar o segmento de carros verdes no país, com a versão Hybrid. A segunda e última geração chegou em 2012.

Foto: Ford | Divulgação

1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Leandro 6 de agosto de 2020

    Ford do jeito que está pode desaparecer que não faz falta… Tanto carro legal e só cagaram.. Cagaram no fiesta com o power shift, tiraram de linha td os hatch e sedan… O dia que passar a moda de SUV estão na roça

Avatar
Deixe um comentário