Os insuportáveis motoristas que desrespeitam as regras de trânsito nas rodovias

"O motorista da Kombi se aborreceu e gesticulou para que o Camaro 'passasse por cima'. Ele bem que tentou..."

Por Boris Feldman 12/12/20 às 07h00
motorista nervoso
Encontrar um desses 'insuportáveis' pode te deixar muito nervoso (Foto: Shutterstock)

Pisca-alerta

É impressionante a quantidade de motoristas na estrada sem a menor, a mais remota ideia de como usar corretamente o pisca-alerta. Pois só se acionam essas quatro luzes que piscam simultaneamente no caso do automóvel parado no acostamento, em algum local de baixa visibilidade, num congestionamento de estrada ou quando está reduzindo a marcha até parar o carro na pista.

Não se deve, jamais acionar o dispositivo com o carro em movimento, infelizmente o que se vê com grande frequência quando cai uma chuva um pouco mais forte ou um nevoeiro mais espesso. É exatamente nessas duas situações que se deve ligar, não o pisca alerta, mas a luz traseira de neblina.

Em resumo, jamais se aciona o pisca-alerta com o carro em movimento, seja na chuva, neblina ou em túneis. Pois elas luzes perturbam e confundem o motorista que vem atrás, que não sabe se é uma seta direcional ou uma luz neblina.

VEJA TAMBÉM:

Faróis altos

Também incompreensível a mania de rodar à noite com faróis altos, ofuscando quem vem no sentido contrário ou pelo retrovisor.

Alguns carros ofuscam por estarem com os faróis desregulados. Outros, porque o motorista não muda para os baixos. E finalmente os que saem de férias com toda a família mais respectiva bagagem no porta-malas. Esquecem de que o peso na traseira faz levantar a dianteira e sequer imaginam que existe uma regulagem, manual ou elétrica, para evitar seus faróis cegando os demais.

Automóveis modernos (e alguns antigos também) possuem um sensor que percebe à noite, na estrada, um carro vindo em sentido contrário e muda automaticamente os faróis para os baixos. Só falta, agora, um dispositivo no nosso carro que abaixe os faróis do outro…

Ahhh… Luz de neblina!

Posicionada na traseira, é vermelha porém com maior intensidade que as lanternas, exatamente para sinalizar a posição do automóvel aos motoristas quem vêm atrás no caso de chuva rigorosa ou nevoeiro espesso.

O problema é que muitos motoristas não percebem quando ela deve ser acionada e a deixam ligada na mais enluarada das noites, ofuscando os motoristas devido à sua intensidade.

Boris comenta sobre o assunto. Confira!

Faixa da esquerda

Difícil entender o porquê dessa verdadeira teimosia do motorista em ignorar a regra da faixa da esquerda – reservada para ultrapassagens – nas rodovias de duas pistas.

Alguns insistem em rodar nela por “estar na velocidade máxima permitida”, e raciocina que “ninguém vai me ultrapassar pois estará excedendo o limite estabelecido”. Dá vontade de parar o ignorante e perguntar quem o credenciou com poder de polícia. Outros simplesmente nem fazem ideia da regrinha de somente utilizar a faixa da esquerda no caso de ultrapassagem.

carro fazendo ultrapassagem
Faixa da esquerda só deveria ser utilizada para ultrapassagem (Foto: Shutterstock)

Tem também o motorista que não arreda para a direita por pura birra, mesmo que esteja rodando bem abaixo da máxima permitida. “Não quero ser ultrapassado por este marginal que vem como um doido aí atrás”. E quando o “marginal” liga a seta ou pisca o farol pedindo passagem, toma atitude: ou reduz ainda mais a velocidade, ou gesticula para que o outro “passe por cima”.

É comum se deparar com as faixas do centro apinhadas de caminhões, kombis, vans e ônibus rodando lentamente. E automóveis um pouco menos lentos na da esquerda. A da direita? Quase sempre vazia e estimulando a transgressão…

A propósito, tenho um amigo que rodava na Via Dutra com um poderoso Chevrolet Camaro dotado de centenas de cavalos sob o capô. Eis que surge na faixa da esquerda uma Kombi rodando a cerca de 60 ou 70 por hora.

Ele se aproximou e piscou faróis. Nada! Ligou a seta da esquerda. Nada! Aí buzinou e o motorista da Kombi se aborreceu e gesticulou com o braço para que ele “passasse por cima”.

Ele não teve dúvida e fez o sugerido: encostou o para-choque na traseira da Kombi, pisou fundo no acelerador e se divertiu em vê-lo apavorado controlando a Kombi. Só reduziu depois de ter chegado próximo dos 150 km/h…

SOBRE
39 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Nathan 18 de junho de 2021

O motorista da Kombi gesticulou “passe por cima”. O motorista do Camaro até tentou.
No final os dois então errados.

Avatar
Guilherme 11 de abril de 2021

Batendo palmas para uma atitude IRRESPONSÁVEL do motorista do Camaro (tinha que ser….)
Patético, Sr. Feldman… como sempre, aliás….

Avatar
José Hamilton 6 de abril de 2021

Podiam adotar no Brasil radares de velocidade média, como há em alguns países europeus. E também faixas com velocidade mínima permitida. Assim, casos como esse da Kombi seriam menos prováveis.

Avatar
Fernando 7 de abril de 2021

Vai dormir, pé de breque

Avatar
Nilton Domingues 15 de dezembro de 2020

Se eu fosse o motorista da Kombi jamais faria isso; Porém se estivesse eu no Camaro Faria sim o mesmo ,dente por dente olho por olho

Avatar
Felipe 4 de março de 2021

Perfeito… o cara da Kombi desrespeita o outro e quer respeito ? tem que se ferrar mesmo…

Avatar
Celso 13 de dezembro de 2020

Camaro é um carro caro de se arrumar, mesmo tendo so alguns arranhões no parachoque dianteiro nao vale a pena fazer isso, mesmo sendo rico.

Avatar
Welington Caetano 13 de dezembro de 2020

Quem fez a matéria é tão errado quanto quem comete falhas no trânsito. Achar bonito um Camaro humilhar uma pessoa na Kombi. O autor da matéria deve ser tão arrogante quanto o imbecil do motorista do Camaro.

Avatar
Rodrigo 14 de dezembro de 2020

Imbecil era o motorista da Kombi, que originou a reação do outro…

Avatar
Marcello 13 de dezembro de 2020

“Outros simplesmente nem fazem ideia da regrinha de somente utilizar a faixa da esquerda no caso de ultrapassagem.”

Essa regra simplesmente não existe. CTB, art. 29 […]
IV – quando uma pista de rolamento comportar VÁRIAS FAIXAS DE CIRCULAÇÃO NO MESMO SENTIDO, são as da direita destinadas ao deslocamento dos veículos mais lentos e de maior porte, quando não houver faixa especial a eles destinada, e as da esquerda, destinadas à ULTRAPASSAGEM e ao deslocamento dos VEÍCULOS DE MAIOR VELOCIDADE;

Ou seja, a faixa da esquerda pode, sim, ser usada para se andar normalmente. Não é uma faixa exclusiva de ultrapassagem. Fica complicado falar de regras de trânsito quando até os “entendidos” no assunto não entendem nada.

Avatar
Jazon 13 de dezembro de 2020

Quem parece se fazer de desentendido é vc, cita o CTB com cara de paisagem kkk faixa da esquerda destinada a ultrapassagem e veículos de maior velocidade… Precisa desenhar pra você? Se alguém com maior velocidade chegar atras de você sai da frente com a sua carroça e vai pra faixa da direita que é o lugar de veículos mais lentos seu mocorongo…

Avatar
Felipe 4 de março de 2021

Perfeito… Eu não gosto do tipo, mas se um dia eu chegar a comprar uma caminhonete (RANGER, S10 ou similar), vou empurrar muito trouxa metido a sabichão como esse tal Marcello…

Avatar
artigas.343 12 de dezembro de 2020

Estava legal até a última parte.
Parece que o brasileiro faz questão de ser burro e ignorante.
O artigo fala “exclusiva para ultrapassagem” vocês tem ideia do que significa a palavra exclusiva?
Não é para rodar, não é para trafegar, não é para apostar corrida, não é para ser otario e andar a milhão na pista da esquerda.
E olha só com a ignorância só piora.
Em uma rodovia de mão dupla onde a faixa da direita é para caminhões, ônibus e acesso a vias locais e acostamento
Você pode sim trafegar na esquerda. Na velocidade que você quiser ou se sentir mais seguro.
Óbvio que se a faixa da direita estiver vazia você por educação e bom senso deverá ir a faixa da direita, porém em trânsito meio ou intenso, poderá trafegar sim na esquerda.
E também o texto esqueceu que tem muito asno que não liga o farol a noite.
Animais, prestem atenção, farol de neblina não substitui o Farol baixo, lanterna não substitui o Farol baixo.

Avatar
Emerson Gabriel Andrade 12 de dezembro de 2020

Se entendi tem uma kombi um camaro uma faixa da direita livre, o camaro respeitador de todas as leis de transito e que JAMAIS ultrapassaria pela direita prefere cometer um crime de tentativa de assassinato onde poderia usar o bom senso desviar da kombi pela direita e seguir a vida… SÓ NÃO ENTENDI QUANTOS BURROS TEM NESSA HOSTÓRIA.

Avatar
Carlos Gomes 17 de dezembro de 2020

Pois é… pior é enaltecer a atitude imbecil do idiota do motorista do camaro. Estrada pra mim é o caminho de ida ou volta. Quero chegar bem e voltar bem. Estrada nao e ringue ou jogo de videogame. Sao uns adultos que foram mimados e se formaram babacas perfeitos.

Avatar
Luiz Adriano Lázaro 12 de dezembro de 2020

Seu amigo e mais IDIOTA IRRESPONSÁVEL do que o cara de Kombi. queria que fizesse comigo….O final da história dele Edi Camaro dele seria bem diferente…OTARIO…. TÍPICO DO BRAILEIRO IMBECIL COM UM POICO.MAIS DE DINHEIRO.

Avatar
Felipe 4 de março de 2021

Ki machão de internet você é, hein ? Fazia nada… e ainda ia rezar para não ser jogado para fora da pista…

Avatar
Andrezera 12 de dezembro de 2020

O mecanismo que leva o motorista a atrapalhar o bom trânsito é o mesmo do autor da matéria que levou o Guinness da hipocrisia, como todo mau motorista merece, seja de kombi ou de camaro e até mesmo dando lição de moral sem a tê-la. Bem Brasil 🙂

Avatar
Welington Caetano 13 de dezembro de 2020

Quem fez a matéria é tão errado quanto quem comete falhas no trânsito. Achar bonito um Camaro humilhar uma pessoa na Kombi. O autor da matéria deve ser tão arrogante quanto o imbecil do motorista do Camaro.

Avatar
Fernando B 12 de dezembro de 2020

Faltou citar tbm aqueles com síndrome do Piu Piu pequeno. É aquele “motorista” que está andando a 50 por hora na pista de mão única. No momento em que finalmente chega a linha tracejada e vc pode ultrapassar, vc inicia a ultrapassagem e ele resolve acelerar para dificultar ou impedir vc de ultrapassar.

Avatar
Amarildo 12 de dezembro de 2020

Dispense os comentários, aqueles que têm dúvidas, leiam o código de trânsito antes de sentar-se atrás do volante, quanto ao camarote a 150 km por hora empurrando uma Kombi esta na cara que é mentira, a kombi corre muito mais.

Avatar
Andrezera 12 de dezembro de 2020

Realmente o autor tem essa visão prepotente, ignorante, tornando a si mesmo o maior exemplo do caos no trânsito brasileiro em sua própria matéria, merecedora do prêmio Guinness da hipocrisia! Poder aquisitivo não autoriza ninguém a ter prioridade no trânsito tb meu caro Boris e colegas de via.

O que falta mesmo é fiscalização competente, rígida e honesta do poder público, além de menos idiotas como do camaro e da kombi arriscando a vida de inocentes.

Avatar
Osmane Damianse 12 de dezembro de 2020

Sim concordo com a maioria das coisas, o caso do camaro com a kombi total absurdo e não tem graça!!! Por fim meu carro é 2019 e não tem luz de neblina na traseira, então se eu achar que é uma situação perigosa é claro que vou ligar o pisca alerta!!! ma enfim com o a luz de neblina eu irei ligar a de neblina. Por fim no caso do pisca alerta vejo mais o uso quando na estrada em uma lentidão do tráfego repentina o motorista ligar, ou seja, vc só pode ligar o pisca alerta parado, mas tem duas situações permitidas em movimento. Não entendi!!!

Avatar
Joás 12 de dezembro de 2020

A pessoa que escreveu esse texto, além de ser deselegante com essa irritação na escrita e na fala, conta uma história horrorosa ao final, dando a entender que aprovou a atitude do motorista do Camaro. Irresponsável. Aliás, serve para os dois, o motorista e quem escreveu o artigo.

Avatar
Welington Caetano 13 de dezembro de 2020

Concordo com você. Se perdeu no final da matéria.

Avatar
Eduardo Diniz 12 de dezembro de 2020

Peraí, o texto estava indo bem, mas o último parágrafo foi um absurdo. Embora esse cara da Kombi seja um energúmeno, o cara do Camaro fez um crime que poderia resultar num grave acidente. O Playboizão não teve seu pedido acatado e sai arrastando tudo com seu carrão? E o redator acha graça? Eu não achei.

Avatar
Luiz Adriano Lázaro 12 de dezembro de 2020

Um verdadeiro IDIOT ABASTADO……SE FIZESSE COMIGO IA CONVERSAR COM Deus mais cedo….ou com o Capeta

Avatar
Felipe 4 de março de 2021

Olha o machão de internet… fazia nada… e se dê por satisfeito se o cara não te jogasse para fora da estrada…

Avatar
Welington Caetano 13 de dezembro de 2020

Existe uns arrogantes nas estradas que pensam que são os donos do mundo. O repórter deve ser do mesmo nível inferior do motorista do Camaro.

Avatar
Guilherme 11 de abril de 2021

Esse Feldman é lamentável…

Avatar
Melo 12 de dezembro de 2020

Acredito que a lei de ultrapassar pela esquerda não seja nacional, pois no estado de Pernambuco, os motoristas não permitem ser ultrapassados pela esquerda, aqui é faixa lenta, quem quiser ultrapassar, somente pela direita. Motoqueiros na contramão na BR 101 é normal, e a polícia rodoviária não faz nada.

Avatar
Alves 12 de dezembro de 2020

Aqui em PE o limite máximo numa BR na maioria dos trechos são 50km/h, isso mesmo, isso quando não 40km/h. O que engarrafa com muita facilidade. O governo estadual meio que idiotiza o transito, só falta obrigar os motoristas de veículos de passeio a usar capacete.

Avatar
Rodolfo 12 de dezembro de 2020

Não acho ético ultrapassar o limite de velocidade e também andar devagar na faixa da esquerda.
Já vi reportagem de casos assim que acabam em morte, os um dos motoristas estava com revólver.
Tem gente que critica político por ser corrupto mas não vê que é um corrupto ao volante, pois transgredir as leis de trânsito é corrupção.

Avatar
Rodolfo 14 de dezembro de 2020

Em complemento ao informado acima por mim, já fui do tipo de correr muito, mas nas rodovias nunca passava mais de 10 km/h a mais do limite da rodovia, por exemplo se a rodovia era 120 km/h eu não passava de 130 km/h.
Porém acordei pra vida, o meu professor de filosofia no 2a grau me disse não era ético correr assim, na época não ligava, mas hoje acordei. E o espírita Edivaldo Franco disse que devemos obedecer as leis de trânsito, foi então nesse hora que abri meu olhos e me vi no espelho. Então não quis mais ser corrupto ao volante.

Avatar
alexandre 12 de dezembro de 2020

E é uma festa nas cidades também. Vias expressas com veículos rodando na faixa da esquerda e quem quiser que ultrapasse pela direita. Veículos rodando à noite com faróis desregulados são quase todos. E geralmente são os faróis do lado esquerdo, aqueles que atingem diretamente os motoristas que estão no sentido contrário. É um absurdo…

Avatar
William Gonçalves 12 de dezembro de 2020

Bom dia.
Não entendo mais a atuação da Polícia Rodoviária de São Paulo.
Antigamente, a impressão que eles eram mias atuantes, presencial. Hoje parece que só levantam a bunda quando tem ocorrência grave.
O que passa de veículos nós Postos a noite por exemplo, com faróis e lâmpadas apagadas.
Só desabafo.
Obrigado

Avatar
VF 12 de dezembro de 2020

Correta a sua afirmação. Rodovia dos Bandeirantes, Anhanguera e várias outras, o que você NAO vê a noite, é moto com a luz traseira
Funcionando. Parece que é obrigatório moto em rodovia a luz traseira estar queimada. Não se vê absolutamente nada até que você chega em cima da moto. Só que você está a 120, e a moto, 90 ou 100 no máximo. Depois atropela um cara desses aí ele vai ocultar que a lâmpada estava irregular, e você, ficará anos e anos pagando terapia, cesta básica e outros. Parece que fazem de proposito, sinceramente não entendo…..

Avatar
Andrezera 12 de dezembro de 2020

A produtividade efetiva de nossos policiais é muito baixa, especialmente nas rodovias. Na capital, existe algum mínimo respeito em rodízio e velocidade em determinadas vias, por exemplo, pois os radares multam automaticamente.
Rodovia virou terra sem lei e lotada de motoristas irresponsáveis… A situação está no pico da calamidade dos últimos 15 anos!
A lei deve valer para todxs independente de ser camaro ou kombi, para termos respeito e segurança como nos países mais educados e desenvolvidos.

Avatar
Guilherme 11 de abril de 2021

TODOS! “todxs” não existe….

Avatar
Deixe um comentário