JAC E-J7, sedã elétrico desenvolvido com a VW, chega e desafia Audi e BMW

Modelo tem preço de R$ 259.900 e quer encarar modelos premium como Audi e BMW movidos com motores a combustão

jac e j7 3
Sedã já está em pré-venda e começará a ser entregue em março de 2022 (Fotos: JAC Motors | Divulgação)
Por AutoPapo
09 de novembro de 2021 09:03

A JAC continua a sua ofensiva em alta-voltagem no Brasil. Após trazer o carro elétrico mais barato do Brasil, o E-JS1 – e sua variante “aventureira” -, a marca anunciou nesta segunda-feira (8) a pré-venda do sedã E-J7. O modelo é 100% elétrico, tem preço de R$ 259.900 e começará a ser entregue em março de 2022, com o lançamento oficial em janeiro.

O JAC E-J7 se destaca pelas suas dimensões: ele 4,77 metros de comprimento, 1,82 m de largura e 2,76 m de entre-eixos. O motor tem 192 cv de potência e a empresa garante uma autonomia de 402 km.

VEJA TAMBÉM:

Mais uma vez, os chineses apostam no custo-benefício para chamar atenção dos consumidores e elenca três concorrentes de peso para o JAC E-J7: Audi A5 Sportback Prestige Plus, BMW 320i GP e o recém-lançado Honda Accord Hybrid.

Confira as dimensões, potência e preço dos 4 modelos.

Modelo Dimensões (c0mp.; larg.; entre-eixos) Potência 0 a 100 km/h Preço
JAC E-J7 4,77 m; 1,82 m; 2,76 m 192 cv 6,4 s R$ 259,9 mil
Audi A5 Sportback Prestige Plus 4,76 m; 1,84 m; 2,82 m 190 cv 7,3 s. R$ 303 mil
BMW 320i GP 4,71 m; 1,83 m; 2,85 m 184 cv 7,1 s R$ 280 mil
Honda Accord Hybrid 4,90 m; 1,86 m; 2,83 m 184 cv 7,5 s R$ 311 mil

O bom desempenho do JAC E-J7, segundo a fabricante, se dá pelo baixo peso do sedã elétrico (1.650 kg) e a boa oferta de torque do motor elétrico de 34,6 kgfm. A velocidade máxima, no entanto, é limitada em 150 km/h para preservar a autonomia.

“A JAC tem sido referência mundial em eficiência energética de carros elétricos. Para rodar 402 km, o E-J7 precisa de apenas 50,1 kWh de baterias. Isso impacta no peso do carro, que é baixíssimo, praticamente o mesmo dos concorrentes a gasolina. E permite as acelerações tão vigorosas do E-J7! Outros elétricos de portes semelhantes usam quase o dobro de baterias, pesam uma tonelada a mais… só que têm a mesma autonomia de 400 km”, explica Sérgio Habib, presidente do Grupo SHC e da JAC Motors Brasil.

Parceria com a VW

Em 2020, a Volkswagen adquiriu 50% das ações da Anhui Jianghuai Automobile Group Holdings Limited, controladora da JAC Motors. O objetivo, além de fortalecer a marca naquele que é o maior mercado do mundo atualmente, é diluir os custos com o desenvolvimento de veículos elétricos.

Além disso, a marca alemã colocou seu know-how no acerto dos carros elétricos da JAC, o que dá um toque a mais de qualidade aos modelos chineses. Boris Feldman comenta o assunto:

Você sabia que o AutoPapo também está presente em suas redes sociais favoritas? Clique e confira:

TikTok YouTube Facebook Twitter

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
SOBRE
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário