Só amor cego para explicar tanto sucesso…

A paixão pelos SUVs é tão grande que o Corolla Cross chegou ao mercado com atributos inferiores à versão sedan e ainda assim é sucesso

Os utilitários esportivos têm feito cada vez mais sucesso no mercado automobilístico
Os utilitários esportivos têm feito cada vez mais sucesso no mercado automobilístico (Foto: Toyota | Divulgação)
Por Boris Feldman
09 de novembro de 2021 07:32

A Toyota foi super inteligente ao lançar o SUV Corolla Cross com o mínimo possível de investimentos: apesar de sua mediocridade, é um enorme sucesso de vendas só explicado pela cega paixão do brasileiro.

Primeiro pela fama da marca japonesa. Segundo pelo nome Corolla. E terceiro, por essa inexplicável e profunda paixão pelos utilitários esportivos.

Do sedan Corolla, que eu jamais trocaria por este SUV, ela substituiu a sofisticada suspensão traseira multilink (multi-braços) por um mequetrefe eixo torcional traseiro.

Aumentou em apenas treze milímetros a altura do solo só para se classificar como SUV. O acabamento é simplório. E ainda cobra cerca de R$ 20 mil mais em relação ao sedan.

VEJA TAMBÉM:

Mas, uma das economias que fez no Corolla Cross (eliminou o comando elétrico do freio) afastou clientes com deficiência na perna esquerda, necessária para pressionar o ridículo e obsoleto pedal do freio de estacionamento.

Mas, paixão é paixão…

Você sabia que o AutoPapo também está presente em suas redes sociais favoritas? Clique e confira:

TikTok YouTube Facebook Twitter

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
39 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Bernardo 22 de novembro de 2021

Que comentários azedos!! Carros, em geral e nesta faixa de preço, tem muito apelo visual e paixão! Nenhum carro resiste uma análise racional. Deveríamos todos usar transportes públicos: só para ir e vir!(e se, claro, os transportes existissem e estivessem disponíveis para todos!)

Avatar
Leonardo Travassos 16 de novembro de 2021

Concordo em gênero, número e grau. Fiz o teste drive nos dois e minha escolha por permanecer no sedan foi indiscutível. Isso pq não foi comentado o fato do Cross ser 7cm menor no entre eixos.

Avatar
Jiraya 16 de novembro de 2021

Prefiro meu Fiat Uno Mille Eletronic 1.0

Avatar
IRINEU CIOL 16 de novembro de 2021

Esqueceu-se de mencionar também o enorme tambor do escapamento totalmente a mostra na traseira do carro comprometendo a estética do carro. Ridículo.

Avatar
Fernando de Campos 15 de novembro de 2021

Na verdade não entendo isso como paixão, mas sim um modismo. Logo logo será outro e por aí vai.

O que não me agrada aliás, mas infelizmente é algo que afetou as peruas serem extintas em nosso mercado, assim como até modelos sedan e Hatch também serem descontinuados com a desculpa de sempre de fabricantes de que não podem conviver – mas isso em nosso país que as filiais sofrem com pouca independência, já que em outros países a oferta continua mais rica e até peruas ainda existem.

Enfim, pelo menos olho para isso com esperança que ainda que demorado, o “público” se toque de que está pagando mais por menos.

Avatar
FELIPE NOVELLO 15 de novembro de 2021

Faz algum sentido os suv’s terem ganhado força no mercado.
Por mais que usem tecnologia muitas vezes piores que seus respectivos irmãos Hatch.
Afinal os preços estão aumentando de forma absurda, para montadora esses carros ‘maiores’ mais simples são igual ou pouca coisa mais cara para fabricar, porém são maiores! Ou seja tudo bem pagar mais porque o carro é maior, ou parece maior.

Avatar
Zé Ricardo 12 de novembro de 2021

Que sucesso mesmo ? Um carro que vem com freio de mão de Pampa 86 kkkk, uma supenção de sedan e um motor beberrão kkkkkkkkk compra quem não conhece de suv e não ente de de carro ou seja sou 1000 vezes os carros da Caoa do que um berração desta kkkkkkkk

Avatar
Matou o português. 15 de novembro de 2021

Suspensão!

Avatar
VITOR 12 de novembro de 2021

Entao o corolla cross não possui nenhum atributo?
Sobre a motorização hibrida e/ou aspirado 2.0 não fala nada, né Boris?
Estranho! MUITO ESTRANHO!
Saiba que o ódio cega muito mais.
Abraço fraterno e democrático.

Avatar
Zeniti Nakano 12 de novembro de 2021

Se tivesse que escolher entre o sedan e o modelo SUV, ficaria com o primeiro, além da beleza do design, fica nítido a diferença na qualidade entre eles, além disso, o custo de manutenção do Cross é maior com relação ao sedan principalmente na questão dos pneus.

Avatar
LUIS CARLOS NUNES MORENO 12 de novembro de 2021

Vejo nada de absurdo no sucesso do corola cross, afinal a Honda surfou tb no sucesso do HRV q usa plataforma de carro inferior ao Civic

Avatar
Washington oliveira 12 de novembro de 2021

Eu respeito aopinião de todos , mais as palavras do Sr. Boris foram de uma falta de respeito a marca e aos consumidores desta.

Avatar
João 12 de novembro de 2021

Estávamos para trocar a Tiguan Allspace antes tínhamos um 3008 Griffe Pack fomos olhar a nova Compass mas seria mais do mesmo pois tivemos a Compass em 2017 no seu lançamento e o carro deu tanto problema que ficamos com o pé atrás em pegar outra. Estávamos em um shopping conversando sobre a troca da tiguan e quebrando a cabeça qual carro pegariamos quando estava lá em exposição um Corolla Cross XRE branco . Minha esposa na hora achou o carro bonito decidimos no dia seguinte ir fazer o teste drive e conhecer melhor o carro e na minha cabeça já fui pensando ( nem a pau esse corolla freio no pé lembra a sportahe que tivemos 2013 ). Andei na versão XRE e na hybrid XRX eis que me encantou o silêncio e o conforto da XRX fechamos negócio isso em agosto desse ano agora 3 meses depois o carro está com 4 mil km fazendo média de 20 km/l na cidade na gasolina a tiguna fazia 6 e na estrada descida de serra pro litoral catarinense já fiz na bomba média de 28 km/l pois a serra toda ele desce em modo elétrico sem gastar uma gota de gasolina e nas retas da 101 se souber usar ele liga pouco o motor a combustão. Lógico que meu sonho era ter uma linda perua A4 mas para quem precisa usar o carro pra carregar pessoas com dificuldades de locomoção ( sogra ) sabe bem o quão importante é ter um “suv” urbano . Antes de falarem bem ou mal do corolla cross façam um teste drive como eu fiz cheio de preconceitos e mudei de opinião depois.

Avatar
Walmes Jr 19 de novembro de 2021

Também possuo um XRX e penso o mesmo que você! Um carro muito bem construído, silencioso e super econômico! Excelente dirigibilidade. Quanto ao freio de mão depende apenas de costume. Já possui um Lexus CT 250h que tinha um freio assim e não denegriu em nada o carro! Coloquei uma ponteira no escapamento e deu o maior charme! Como você disse, o pessoal tem que fazer o test drive pra poder acabar com o preconceito!

Avatar
Thiago cabral 12 de novembro de 2021

Acho que críticas são válidas , mas para um especialista em veiculos e formador de opiniões , talvez pudesse melhorar os adjetivos , pois bem talvez para comentar devesse ultilizar, o produto Toyota. Para quem não conhece trabalha com a melhoria contínua ( Kaizen ) obtendo durabilidade e qualidade , por isso o produto garante entre qualquer outro SUV o melhor valor de mercado mesmo sendo inferior a alguns intend de perfumaria .

Avatar
G. Hs 16 de novembro de 2021

“Item de”

Avatar
yuri 11 de novembro de 2021

Talvez sr. Boris, se fosse permitido importar algumas RAV 4, Highlanders ou CH-Rs seminovas dos EUA, isso não aconteceria.

Avatar
Jonas Marcelino 11 de novembro de 2021

E o novo versa ele e bom ou ruido manutención vale o que se paga

Avatar
João 10 de novembro de 2021

Não gosto de SUV, nem trato carro como se fosse investimento. Brasileiro consome Toyota porque “é cheque”.
Mas, recentemente, precisei mudar meu hatch médio por um porta-malas maior, porque nasceu meu segundo filho. Não pensei 2 vezes. Por 10k, saí de um i30 2011 para uma Santa Fé 2012, que está me atendendo plenamente.
É isso, se te faz feliz, compre o carro cheque ou até o que todos temem. Tô adorando minha Santa Fé que bebe horrores.

Avatar
Polvo 9 de novembro de 2021

Carroceria pesada, aerodinâmica ruim, porta-malas menor que o de sedans ou peruas, consumo elevado, preço de compra altíssimo…realmente é difícil entender como esses SUVs fazem tanto sucesso. A única “vantagem” desse tipo de carroceria é dirigir em posição elevada, e só.

Avatar
José Carlos Viana 15 de novembro de 2021

Adoram porque dirigem numa posição elevada , ficando mais fácil de enxergar os milhates de buracos nas estradas.

Avatar
alecs 9 de novembro de 2021

Gostei do comentário do Everson ,pra mim ele disse tudo que tb acho!!!

Avatar
Alexandre 9 de novembro de 2021

Além das polêmicas de freio, suspensão, multimídia ultrapassada, traseira weekend 2009 alguns gênios estão suspendendo o cano de escapamento que trabalha em alta temperatura e tem mobilidade, sem qualquer respaldo do fabricante.
Fala-se em confiabilidade Toyota? Estamos em 2021, leite com manga não mata e até chineses estão fazendo carros melhores e sem airbag takata.
5 anos de garantia é um excelente negócio para as concessionárias.
Só compra esse CCROSS quem gosta da marca, mas quem entende um pouco de carros compra o excelente sedan.

Avatar
Carlos 10 de novembro de 2021

Eu carrego pessoas idosas no carro, uma delas praticamente sem mobilidade. A altura maior do carro facilita MUITO a missão de colocar e retirar a pessoa do veículo.
Mas está certo, quem ‘entende’ de carro compra o sedan.
Dane-se a necessidade dos outros, né?

Avatar
Alexandre 10 de novembro de 2021

Amigo, acho que você precisa de mais ajuda que as pessoas que você leva. Fica em paz.

Avatar
EVERSON BUZZI 9 de novembro de 2021

Chamam Corolla Cross de SUV, Mc Donalds de Hambúrguer, Brahma de cerveja, Sertanejo de música…mas, o que importa é que quem compra se sinta bem. Que bom que nem todos pensam como eu, senão o mundo seria um pé no saco. Se todo mundo pensasse como eu, eu iria reclamar de quem?

Avatar
Diego 10 de novembro de 2021

Concordo com a sua demanda, é legítima. Mas no caso desse Corolla não… não é tanta diferença assim.

Avatar
José Carlos Viana 15 de novembro de 2021

Eu compro o carro que eu posso e que eu gosto…Carro não é investimento…
Não me importo se o carro foi descontinuado ou não…
Ainda bem que cada um tem uma maneira de pensar……

Avatar
Samir Muhamid 16 de novembro de 2021

Isso aí.

Avatar
IVAN VASCONCELLOS 9 de novembro de 2021

O brasileiro, salvo honrosas exceções, não liga pra qualidade dos carros que compra, o importante é impressionar o vizinho com a “novidade” da Toyota. O sonho de consumo da classe média…

Avatar
Z_H 9 de novembro de 2021

…parece que quem se impressiona com o carro do vizinho é vc…. se preocupe só com a sua própria vida que já tá de bom tamanho…

Avatar
Diego 10 de novembro de 2021

Pra que tanta grosseria?

Avatar
IVAN VASCONCELLOS 10 de novembro de 2021

Parece que eu acertei sua canela, desculpe foi sem querer…
Essa é apenas a minha opinião sobre o assunto do texto. Extremamente deselegante você tecer comentários sobre uma pessoa a qual você nem conhece. Porque você não experimenta exprimir sua opinião sobre o assunto do texto e deixa em paz quem não tem nada a ver com ele.

Avatar
Diego 9 de novembro de 2021

Sabe o que é Boris? O brasileiro pechincha ao contrário. Quanto mais caro o carro melhor, porque o importante não é buscar conforto, é demonstrar poder de compra. E acabam por aparecem essas aberrações. Se fosse melhor que o original… mas não. E não é, mesmo! Isso quando não aparece um fanboy da marca que não quer enxergar o óbvio ululante (saudoso Nelson Rodrigues) à sua frente. Paixões são coisas inexplicáveis, mas essa passa dos limites.

Avatar
Strady 10 de novembro de 2021

Você disse tudo Diego. Nosso povinho gosta de pagar caro para mostrar que tem dindim.
Para muitos, quanto mais caro, melhor.

Avatar
Nanael Soubaim 9 de novembro de 2021

mais lento, mais beberrão, mais instável, mais apertado e MUITO mais feio!!!!! Parabéns, millenials, vocês conseguiram se tornar mais trouxas do que meus avô, que era um caipira do século 19!

Avatar
Diego 10 de novembro de 2021

Millenials? Aqui na minha cidade eu só vejo vovôs e vovós nos corollas Cross

Avatar
Leandro B. 9 de novembro de 2021

Nunca gostei de SUV, sou mais sedan. É uma pena que estão em extinção.
Mas o meu problema com SUV não é com a categoria do veículo e sim com o que fazem para vender para o brasileiro. Grande parte dos que são vendidos aqui nem SUV são. Olha esse Renault Kwid, C4 Cactus. A Renegade pra mim nada mais é do que um Uno Encorpado, que devido ao peso tem menos desempenho do que o próprio Uno… SUV mesmo são os americanos, mas aqui no Brasil nem rodariam.. Enfim, o importante é seguir a modinha e não ter opinião própria, pras fabricantes/montadoras é uma maravilha, afinal vão precisar focar em apenas um nicho do mercado de agora em diante.

Avatar
Adan 9 de novembro de 2021

Falou tudo

Avatar
Deixe um comentário