Marcas de carros: veja os 5 apelidos mais infames que elas receberam

O brasileiro deu apelidos memoráveis a muitos veículos do nosso mercado, para o bem e para o mal; marcas de carro também foram alvos de piadas infames

Por Andre Willis 05/04/21 às 08h44
*Estagiário sob supervisão
lesma em carro atravessando a rua
Desempenho fraco é motivo de escárnio para certos carros (Imagem: Ernani Abrahão | AutoPapo)

Alguns carros bastante conhecidos no Brasil receberam apelidos que marcaram época – para o bem e para o mal! A criatividade do brasileiro criou alcunhas que vão desde ‘Zé do Caixão’ a Fafá de Belém. As denominações emprestadas misturavam nomes de famosos e de animais também!

5 apelidos infames de marcas de carros no Brasil

Entretanto, as vítimas de apelidos criativos não foram só os veículos… As marcas de carros, ao longo dos anos, também receberam apelidos inglórios. As denominações podem até esculhambar, mas conseguem divertir.

VEJA TAMBÉM

Fiat

logotipo fiat na grade dianteira de picape strada
Atual logomarca usada pela italiana Fiat (Foto: Divulgação)

Estabelecida no Brasil desde 1976, quando a fábrica em Betim (MG) foi inaugurada, a empresa é alvo de dois apelidos bastante infames. A rigor, Fiat significa, em italiano: Fabbrica Italiana Automobili Torino; (Fábrica Italiana de Automóveis de Turim). Entretanto, aqui no Brasil ela recebeu os apelidos:

  • Furreca Italiana Atrapalhando o Trânsito
  • Fui Iludido Agora é Tarde

Marcas de carros: Peugeot tem apelido ‘maldoso’ 

grade picape peugeot landtrek
Parte dianteira da picape Landtrek, com a grade em detalhe (foto Peugeot | Divulgação)

Presente no Brasil desde 1992, a Peugeot procura de fortalecer no nosso mercado. Para isso, reformulou totalmente o 208, que tem bons atrativos. Porém, o brasileiro parece ter um pé atrás quanto aos carros franceses e suas marcas. Os ‘maliciosos’ com criatividade em mente deram um apelido à francesa:

  • ‘Pelejou’
  • Picape Hoggar virou ‘HorrorGar’

Chevrolet

gm chevrolet logo marca general motors shutterstock
Logo da Chevrolet é uma gravatinha borboleta estilizada (Foto: Shutterstock)

Poucos anos após ser fundada, nos Estados Unidos, a Chevrolet estreou no Brasil em 1925. De lá para cá, a marca produziu diversos automóveis no país: atualmente o Onix é líder de vendas no mercado nacional.

Ainda assim, a empresa não escapou de alguns infames apelidos, devido ao design controverso dos modelos Cobalt e Montana. No caso do Agile, além do visual, piada se deu por conta de o modelo usar a mesma plataforma do Corsa, lançado em 1994.

Além disso, o sedã Cobalt também não escapou da gozação. Conheça os apelidos que os carros da marca Chevrolet receberam:

  • ‘FrAgile’
  • ‘CoCobalt’
  • ‘Monstrana’

Hyundai

hyundai veloster na cor cinza com a lateral esquerda em detalhe
Veloster tem nome bastante sugestivo, mas ficava devendo em… potência! (Foto: Hyundai | Reprodução)

A Hyundai já foi alvo das brincadeiras sórdidas. Tudo começou com a chegada do Veloster ao Brasil, em 2011. A coreana anunciava que o novo modelo, com nome sugestivo, tinha potência de 140 cavalos; quase um esportivo.

Mas o problema é que o motor do Veloster ‘brasileiro’ era o mesmo 1.6 de 128 cavalos do HB20. Os 140 cavalos só moviam as versões equipadas com injeção direta, vendidas unicamente no exterior.

Com desempenho consideravelmente aquém do anunciado e prometido, o Veloster foi alvo das piadas:

  • ‘Vagaroster’
  • ‘Devagoster’
  • ‘Lentoster’

Ford

ford ecosport na cor vermelha com a dianteira em detalhe suvs brasil
Primeira geração do SUV EcoSport (Fotos Ford | Divulgação)

A Ford foi precursora ao lançar o EcoSport, em 2003: o modelo foi o primeiro SUV de sucesso a ser vendido no Brasil. Porém, como nem tudo são flores, os primeiros donos do SUV começaram a se queixar de problemas.

Eles alegavam rangidos e barulhos estranhos no painel do EcoSport da primeira geração. Os vãos entre as partes da carroceria também tinham irregularidades. Estes defeitos foram corrigidos com o tempo; em 2011, o utilitário esportivo até ganhou uma segunda geração. Mas o EcoSport não foi perdoado e recebeu as alcunhas de:

  • ‘NhecoSport’
  • ‘TrecoSport’
  • ‘Fordeco Sport’
SOBRE
13 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Denilson 11 de abril de 2021

Faltou o Jeremias Fiat 147
E o famoso camaleão Brasília

Avatar
Marco 11 de abril de 2021

FORD funilaria ordinária reparação diária

Avatar
Luiz Carlos Santos 11 de abril de 2021

E ainda tem a SPIN , que carinhosamente é chamadas pelos seus propietarios de , CAPIVARA , pois ela tem um jeitão do bicho .

Avatar
Rogério Sarczuk 8 de abril de 2021

O nosso querido fusquinha tinha por apelido “bundinha”, pois todo mundo tem.

Avatar
Rafael Bonisoni 6 de abril de 2021

FORD – fui otário recordo diariamente

Avatar
MARCUS VINICIUS BARROS DE AZEVEDO 11 de abril de 2021

Feitio Ordinário Reparo Diario

Avatar
Alexandre Neves 6 de abril de 2021

Comprei um Kwid logo que foi lançado porque achei uma graça…depois de 20 mil quilômetros devolvi na concessionária, na verdade descobri que era: Kwidsgraça

Avatar
Sir.Alves 5 de abril de 2021

Não sou hater de nenhuma marca, mas já li o pessoal chamar a Tracker de… kkk … : Trecko!

Avatar
Cristiano 5 de abril de 2021

Tem esses aqui também: Ford Ka = Ford Kaco – Ford Focus = Fora de focus, Ford Fiesta = Ford Fresta. Ai vem o carro do urologista: Xsara Picasso. E o carro que acabou de sair do forno: Kia Soul.

Avatar
Haroldo Castro Fh 5 de abril de 2021

Na minha época o GORDINI tinha o apelido de MAESTRO , pois vivia no conserto .

Avatar
Cristiano 5 de abril de 2021

Para FIAT ainda havia “Foi Impossível Aumentar o Tamanho” e para a FORD “Fabricação Ordinária Reparação Diária”

Avatar
bRENO 5 de abril de 2021

Tive ford ecosport por 14 anos. Nunca ouvi um apelido desses, seja na rua ou na internet.

Avatar
Marcos Benassi 5 de abril de 2021

Caro Andre, na minha infância ainda rodavam os gordini e dauphine. Estes últimos, éram chamados de “leite glória”, [pois, como na propaganda, “desmanchava sem bater” 😉

Avatar
Deixe um comentário