Motor Volkswagen 1.6 16V MSI também será aposentado

Unidade que atualmente equipa versões de Polo e Virtus, além da picape Saveiro, será substituído por um 1.0 turbo

Atualmente, motor 1.6 MSI equipa Polo, Virtus e Saveiro (Foto: Alexandre Carneiro | AutoPapo)
Por Douglas Mendonça
24 de fevereiro de 2022 16:46

A motorização de Polo e Virtus vai mudar na próxima linha 2023, junto com a reestilização de meia-vida da dupla, que deverá estrear no segundo semestre de 2022. Assim, o motor Volkswagen 1.6 16V MSI, da família EA-211, dará lugar ao igualmente tecnológico 1.0 180 TSI para as versões de entrada do sedan e intermediárias do hatch. Porém, a produção desse propulsor mantida para abastecer os mercados de exportação.

Esse novo motor Volkswagen é, na realidade, o mesmo 1.0 200 TSI das versões mais caras de Polo e Virtus, mas configurado para ter números de potência e torque semelhantes ao do 1.6 MSI.

VEJA TAMBÉM:

Modernidades presentes nesse 180 TSI são boas conhecidas: concepção com três cilindros, que reduz o atrito interno do motor, melhorando a performance; injeção direta, permitindo a dosagem justa e correta do combustível; duplo comando de válvulas variável com comando eletrônico; superalimentação com turbocompressor, que aproveita a energia dos gases queimados do escapamento, transformando-a em melhor performance.

Além do mais, há a concepção inteira em alumínio, deixando o conjunto mais leve e melhorando o equilíbrio do veículo. Será um propulsor superior em praticamente tudo quando comparado com o 1.6 MSI.

Novo motor terá mais torque

Como exclusividades, o motor Volkswagen 180 TSI recebe um novo mapeamento de injeção, ignição e pressão do turbo, fazendo com que ele apresente uma potência de aproximadamente 115 cv (85 kW) e torque máximo de 18,3 kgfm (180 Nm).

Para efeito de comparação, o atual 1.6 16V, que sairá de cena, desenvolve praticamente a mesma potência (117 cv), mas perde bastante em torque para a novidade 180 TSI (16,5 kgfm, quase 2 kgfm a menos).

Outro detalhe importante é que a curva de torque do novo motor turbo da Volkswagen permite muito mais força em baixas rotações: enquanto o 1.6 16V entrega todo seu torque a altos 4.000 rpm, o 180 TSI deverá fazer o mesmo ao redor dos 2.000 rpm.

Esqueça os motores 1.0 dos antigos populares: Boris Feldman fala sobre novas tecnologias em vídeo!

Seguindo a concorrência e os gostos do público consumidor, o Virtus trará apenas a opção do câmbio automático de 6 velocidades, mas o Polo deverá manter a atual caixa manual de 5 marchas nas versões mais baratas, com motor 1.0 aspirado.

Ainda segundo fontes de dentro da Volkswagen, a fabricante alemã está muito mais interessada em oferecer tecnologia e segurança do que grandes volumes de vendas. Ou seja, preferem vender carros refinados e modernos em menor escala do que oferecer modelos de menor qualidade, com preços mais convidativos e enormes números de produção.

Ao que tudo indica, essa é uma política do Grupo Volkswagen para o mundo todo, não se aplicando somente no Brasil. A subsidiária brasileira estaria apenas se adequando às normas alemãs.

Onde o motor 1.6 16V da Volkswagen continua?

Apesar desse propulsor deixar de ser utilizado nos veículos de passeio, ele continuará sendo produzido em São Carlos (SP) para o mercado de exportação (principalmente os latino-americanos, que ainda preferem motores de aspiração natural). Além disso, ele vai equipar a Saveiro até seu fim definitivo, o que deve ocorrer no segundo semestre de 2024 ou início de 2025.

O motor 1.6 16V atualmente já é item de série na picape do Volkswagen Gol (o 1.6 8V EA-111 teve sua produção encerrada por não se adequar ao Proconve L7).

Para a adaptação da nova versão 180 TSI do motor de três cilindros, turbo, e com 115 cv, seria necessário um bom investimento de engenharia, seja para a colocação física dessa unidade na antiga estrutura da Volkswagen Saveiro, ou para o desenvolvimento de novos sistemas de arrefecimento, ar-condicionado, assistência de direção e coxinização exclusivos da picapinha.

Além disso, informantes afirmaram que seria necessário um alto investimento para homologar uma inédita Volkswagen Saveiro com motor TSI, principalmente no que diz respeito às quantidades de emissões de poluentes.

Se considerarmos os custos de engenharia e homologação de todo o processo, financeiramente não compensaria para a Volkswagen. Afinal a picape já é antiga e não deverá durar muito tempo. E hoje, seu volume de vendas já não é dos maiores, principalmente quando comparados com a concorrência (em especial a Fiat Strada).

Por isso, mesmo que saia de cena na família Gol e Voyage – que, vale lembrar, também vai sair de linha – e Polo e Virtus, o motor 1.6 16V MSI será mantido na Saveiro.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
SOBRE
11 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Marcos Real 27 de abril de 2022

Tenho um Saveiro como 16 v, consome muito óleo!!! Pra mim não é um bom motor.

Avatar
Carlos Becerene 8 de abril de 2022

Motores turbo e uma tendencia mundial, Brasil e suas montadoras apenas acompanham a evolução, motores turbo entrega muito mais que o aspirado, mas em contra partida a manutenção e bem mais salgada e problemática, prova maior são os motores THP que após certo KM apresentam defeitos, VW não sera diferente, por enquanto fico nos motores aspirado.

Avatar
Bagual da Velocidade 3 de março de 2022

Vão tirar um baita motor pra colocar essa porcaria descartável com turbina c*-de-pinto. Saudades da velha VW e do APzão.

Avatar
Paulo Di Eschiavonizzio 28 de fevereiro de 2022

EA 211 1.6 16V é um excelente motor, a VW deveria deixar no Polo e Virtus, visto que ainda será continuado na Saveiro.

A Fiat por exemplo, continuará com o Firefly 1.3 aspirado,no Argo ,Cronos e no recente Pulse, ao meu ver se posicionará melhor que a VW ao longo do tempo, ,

sabendo que grande parte destes veículos atende o mercado de locadora que é um dos maiores consumidores dos veículos de entrada.

Avatar
F.Oliveira 27 de fevereiro de 2022

Volkswagen deixando a desejar, não atoa leva pau da GM

Avatar
Jorge Motor 27 de fevereiro de 2022

São motores com melhor desempenho e economia. Isso é fato, não há o que discutir.
Ruim é o custo da manutenção pós garantia.
O EA211 1.6 é um execelente motor, já tive um. Mantê-lo no mercado entendo ser uma boa opção. Mas é o progresso, tem o seu preço.

Avatar
Henrique 25 de fevereiro de 2022

Parece que ninguém tá vendo essa palhaçada que está acontecendo, tiram motores bons e duraveis pra colocar essas porcarias descartáveis, e o povo batendo palminhas…

Avatar
Adalton gomes da silva 25 de fevereiro de 2022

Acabei de compar o New peugeot 208 1.6 16v antes que mudem o motor…

Avatar
Jo 24 de fevereiro de 2022

Manutenção e seguro mais em conta no 1.6 16v. Não achei muito vantajosa a proposta da vw. Claro que pra dirigir, o turbo tem mais desempenho.

Avatar
José Cícero 26 de fevereiro de 2022

Infelizmente, de hoje em diante só se vê mais mudanças na tecnologia pra pior
Daqui uns dias, vai se tornar um Brasil dos descartáveis
Inclusive essas mecânica que se diz renovada
Não se enganem,caros Amigos
E tenham uma boa sorte

Avatar
José Cícero 26 de fevereiro de 2022

Infelizmente daqui pra frente, vamos ter um Brasil dos descartáveis, principalmente nessas renovação de motores, com a tecnologia que vimos
É como uma cadeira Alimentar
Um dependendo do enfraquecimento do outro pra poder se alimentar
Então se o pensamento é esse, é lógico que tem que fabricar motores de baixa qualidade pra antecipar a nova revenda
No fim das contas, quem pagas somos nós entenderam,caros amigos.

Avatar
Deixe um comentário