Motorista profissional poderá ter mais pontos na CNH

Pontuação máxima necessária para que os profissionais percam a CNH varia de 25 a 40 pontos, dependendo da gravidade das infrações cometidas

Por AutoPapo 22/06/18 às 17h15
Com Agência Câmara
motoris profissional

As regras para a suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) dos motoristas profissionais podem mudar. A Câmara dos Deputados aprovou, no dia 20, o marco regulatório do transporte de cargas no Brasil, que aumenta os pontos necessários para a cassação da CNH dos motoristas profissionais.

Em vez de 20 pontos ao longo de 12 meses, as carteiras dos motoristas profissionais só serão suspensos se atingirem 25 pontos com um máximo de duas infrações gravíssimas; 30 pontos e apenas uma infração gravíssima; 35 pontos sem infração gravíssima; e 40 pontos sem erros graves ou gravíssimos.

VEJA TAMBÉM:

O texto, agora, segue para o Senado.

A alteração faz parte do Projeto de Lei 4860/2016 e inclui todos os motoristas profuissionais que exerçam atividade remunerada em veículos no exercício, não apenas os profissionais com habilitação C, D e E.

Taxistas, motorista de aplicativos e de transporte escolar também contarão com a vantagem.

No caso de penalidade por velocidade 50% superior à máxima da via, a nova regra prevê a suspensão imediata do direito de dirigir dos motoristas profissionais; e apreensão da habilitação quando a velocidade da via for superior a 60 km/h.

Pontos de paradas

Outras mudanças chegaram com a lei, nem todas elas positivas. Até que as estradas nacionais tenham pontos de parada adequados, o condutor profissional não pode ser multado por descumprir os intervalos de descanso – seja no transporte de carga ou ou de passageiros.

Para os casos de o motorista profissional  fugir da fiscalização ou ser constatado excesso de peso, o auto de infração deverá contar com prova fotográfica, sob pena de arquivamento. Após o auto de infração, o órgão que aplicar a penalidade terá 30 dias para notificar o infrator, também sob pena de extinção do documento.

As multas de natureza leve ou média poderão ser substituídas por advertência se não houver reincidência em 12 meses. As multas emitidas pela Agência Nacional de Transporte Terrestre até a data de publicação da futura lei, relativas a essa fuga da fiscalização, serão convertidas em advertência.

motorista profissional pode ter mais pontos na CNH
SOBRE
25 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
wagner raia 27 de junho de 2019

* sou motorista categoria e e minha cnh vai a suspencao com 26 pontos , * e esta esta cambada de vagabundo nao conseguiu resolver ate agora o que foi resolvido na greve ? quem vai bancar 6 meses de roca ? o coxinha do boneco que prometeu resover aquele monte de radar de 50 por hora da ricardo jafet ja e governador e ate agora so palhacada ? querem outra greve ? querem ver a viola em caco ? ou simplesmente querem provar que sao estupidos o suficiente ?

*EDITADO

Avatar
João Pedro da Silva Van Doornetrm comentários aí de pessoas que 24 de junho de 2018

Tem comentários aqui quem nem te relevância. Comparar um motorista com uma médico que na maioria das vezes trabalha com uma equipe .santa ignorância.

Avatar
João Pedro da Silva Van Doorne 24 de junho de 2018

Sim um motorista independente der ou não um caminhão ou um carro normal passa muito horas atrás do volante que um motorista normal que corro menos riscos de cometer uma infraçães.que um taxista que dirige até 12 horas num trânsito pesado da cidade as vezes até
Para evitar um acidente num semáforo por exemplo.

Avatar
João Pedro Van Doorne 24 de junho de 2018

Acho sim que motorista profissional independente de ser ou não um caminhão ou um carro estão mais expostos para cometer uma infração que um motorista usa o carro para que usa o carro para rodar uma ou duas vezes por dia…..

Avatar
Oliveira 24 de junho de 2018

As leis municipais quê provocam multas como por exemplo horário de carga e descarga fora dos horários comerciais es passo suficiente quê não tem e mais sem contar com os agente de trânsito quê cobram propinas só sabe quem realmente já trabalhou no transporte de cargas

Avatar
Oliveira 24 de junho de 2018

As leis municipais quê provocam multas como por exemplo horário de carga e descarga fora dos horários comerciais es passo suficiente quê não tem e úteros mais sem contar com os agente de trânsito quê cobram propinas só sabe quem realmente já trabalhou no transporte de cargas

Avatar
Everson da rocha fatturi 23 de junho de 2018

Nos profissionais fizemos exames mais complexos mais tempo de carteira para poder ser um profissional e e penalizado como um amafor que não sabe o que é dirigir um caminhão carregado no trânsito e ficam atrapalhando os profissionais

Avatar
Motoreista profissional 23 de junho de 2018

Motorista profissional requer mais horas de direcao 2 anos de experiencias exames complementares portanto deve ser vitalícia não pode ser comparada com um amador que normalmente não sabe o – ue passa um camioneiro

Avatar
Jose Alves de Lima 23 de junho de 2018

Eu quero que a CNH seja vitalícia para os profissionais com mais de 20 anos na profissão.

Avatar
Rogério Tavares 23 de junho de 2018

Eu acho válido, porque​ somos motorista profissional e não merecemos ser multado por causa de leis que eles mesmos inventam, como algumas cidades são proibidos caminhões e temos que descarregar e somos multados,só nos sabemos como é entrar em cidades pequenas pra descarregar,e quem não concorda simplesmente não tem oq falar e vem falar besteira ou não entende do assunto ou não tem nem habilitação.

Avatar
Vitor evandro 23 de junho de 2018

Realmente, a lei tem que ser igual para todos exame toxicológico,para toda categoria, de habilitação.

Avatar
roberto 23 de junho de 2018

vai pro inferno… vocês passageiros querem que o motorista se f… vem trabalhar aqui em sp que vai ver como as multas correm solta…

Avatar
Evandro vitor 23 de junho de 2018

Realmente, a lei tem que ser igual para todos exame toxicológico, para letra A eB

Avatar
Giovani 23 de junho de 2018

Muito bom deve ser aprovada mesmo.. Quem não quer isso ou acha ruim é esses que pegam carro uma vez por mês para sair passear. Quem anda no dia dia sabe que tudo é passível de multas e mais multas.

Avatar
Antonio 23 de junho de 2018

A lei tem que ser igual para todos

Avatar
Diego 23 de junho de 2018

Discordo sou motorista de aplicativo a 1 ano e não levei 1 multa se quer trabalhando,da tranquilamente pra seguir as regras de trânsito e trabalhar.

Avatar
Nino 23 de junho de 2018

Existe uma gritante diferença entre conduzir pelas cidades um veículo de passeio, cujas dimensões são reduzidas e o peso tbm, o qusl possui agilidade e conduzir veículod pesados. Em ruas apertadas com veículos em excesso. É como querer comparar um sujeito que toca triângulo na praça da Sé e um pianista de uma filarmônica.

Avatar
João Pedro da Silva Van Doorne 24 de junho de 2018

Sim um motorista independente der ou não um caminhão ou um carro normal passa muito horas atrás do volante que um motorista normal que corro menos riscos de cometer uma infraçães.que um taxista que dirige até 12 horas num trânsito pesado da cidade as vezes até
Para evitar um acidente num semáforo por exemplo.

Avatar
João Pedro Van Doorne 24 de junho de 2018

Motorista de aplicativos não são profissionais como Táxistas que tem até 30 anos de trabalho . começou ontem e acham os melhores

Avatar
Franc 23 de junho de 2018

Discordo Jordana, se é profissional tem que zelar por sua conduta diante de seu ofício.

Avatar
Mathet 23 de junho de 2018

Acho que deveria na realidade ser o oposto. Ele não é profissional? Então deveria errar menos. Você prefere se consultar com um médico que erre mais ou menos? Claro que é com o que erre menos. Ah mas o médico cuida de vidas. O motorista não é responsável por vidas no trânsito?

Avatar
João 23 de junho de 2018

Médico? Quem está falando de medico aqui? O assunto é CNH e trânsito. As pessoas tem mania de fazer comparações com coisas que não tem nada haver, e ainda acham que estão certas e que essas comparações são válidas. Não fuja do assunto.

Avatar
Nino 23 de junho de 2018

A questão muitas vezes é que a infração cometida pelo profissional foi provocada pelo amador .

Avatar
João Pedro da Silva Van Doorne 24 de junho de 2018

É um isanedade comparação com um médico com motorista . refletir melhor .nada a ver uma coisa coisa com outra!

Avatar
jossana ferr 22 de junho de 2018

Acho justo pois esse profício na isso vivem na estrada. Então elestou estão mais passivo de multas .

Avatar
Deixe um comentário