Nissan Kicks 1.6 Exclusive 2022: plástica eficiente, mas desempenho…

Versão top de linha ganhou equipamentos, com destaque para os voltados à segurança, mas motor e câmbio não mudaram

Por Paulo Eduardo 10/04/21 às 11h04
nissan kicks exclusive 2021 azul de frente do alto foto alexandre carneiro autopapo 4921
Reestilização caiu bem no Kicks (foto: Alexandre Carneiro | AutoPapo)

Se carro vende mais pelo visual, a Nissan acertou com a reestilização da dianteira do crossover Kicks 2022. Lançado em 2016, o modelo ficou bem mais imponente com a grade enorme e apliques de cromados sem exageros na dianteira, maçanetas e em outros detalhes da carroceria.

Para-choques aparentam mais volume. Nem sempre as reestilizações acertam tanto quanto essa do Kicks. Faróis em LED ficaram mais afilados do que os anteriores. São também em LED as luzes dos sinalizadores de direção (seta) e dos faróis auxiliares. É boa a iluminação deles, com bom alcance do facho baixo e há regulagem elétrica de altura do facho.

VEJA TAMBÉM:

A Nissan alterou os pontos de fixação do eixo traseiro e da caixa de direção do Kicks para a linha 2022. A dirigibilidade evoluiu com melhor área de contato e firmeza da suspensão, resultando em melhor estabilidade e menor movimentação na traseira em curva.

A direção está mais direta e bem calibrada tanto em baixa quanto em velocidade mais alta. Há mais suavidade ao mudar de faixa ou desviar de obstáculos. Diâmetro de giro pequeno (10,2 metros) facilita na manobra. Retrovisores têm bom campo de visão.

Volante bem dimensionado e revestido corretamente com material que evita deslize acidental agrupa comandos de som, computador de bordo, fone e controle de velocidade. Não são muitos, mas requer tirar os olhos da rua ou estrada para acioná-los, e contraria a ergonomia. Limpadores e lavador do para-brisa são eficientes.

Nissan Kicks 2022 ganhou equipamentos de segurança

A versão topo de linha traz opcionais de segurança: alerta de saída de faixa, com vibração discreta no volante, e sinalização visual; alerta de ponto cego; alerta de tráfego cruzado na traseira; frenagem automática de emergência; farol alto automático, que muda para o facho baixo para não ofuscar motorista de carro em sentido contrário ou à frente.

O controle dinâmico de chassi é de série. Sensores atuam nos freios e na rotação do motor para evitar saída de frente (subesterço) na curva quando as rodas dianteiras perdem aderência antes. Evita também movimentação da carroceria com atuação nos freios e na aceleração.

nissan kicks exclusive 2021 azul lateral foto alexandre carneiro autopapo 4926
Apesar da grande altura (20 cm), estabilidade é boa

O resultado é um veículo com reações previsíveis, apesar da grande altura (20 centímetros) do solo. O Nissan Kicks 2022 contorna curva sem susto e com movimentação quase imperceptível da carroceria. Esse crossover tem mais aptidão para rodar em caminho ruim do que muitos SUVs, também pelos bons ângulos de ataque e de saída.

O rodar é suave sobre piso irregular, com pouca transferência das imperfeições para os ocupantes. Freios eficientes param o carro em espaço curto. Pneus com maior coeficiente de atrito contribuem na aderência e na frenagem de emergência.

Espaço interno é bom

Interior é amplo, com bom espaço na frente e para dois adultos no banco traseiro. Destaque para os bancos dianteiros com sistema chamado de Gravidade Zero. Bem anatômicos reduzem fadiga em percurso longo, com apoio contínuo da pélvis ao tórax e distribuição de deformação diminuem as cargas musculares e na coluna vertebral. Incomoda a forração dos bancos em material sintético, que não transpira.

Tratamento acústico no para-brisa torna a cabine mais silenciosa. Quadro de instrumentos é configurável com tela de sete polegadas e funções diversas. Sistema multimídia com tela tátil de oito polegadas compatível com sistemas Android e Apple com assistência de voz para mensagens e aplicativos de streaming de áudio.

Som Bose inclui oito alto-falantes, sendo dois deles dentro do apoio de cabeça do motorista e um amplificador digital. Há duas entradas USB, sendo uma delas USB-C com cabos mais resistentes e maior velocidade de transmissão de dados.

Ar-condicionado é digital e automático. Entrada e partida sem chave. Painel central e forração de portas com plástico duro. Montagem e encaixes são benfeitos. Destoa no acabamento o prime no compartimento do motor e sob a forração do porta-malas. Economia dispensável.

A versão Exclusive do Nissan Kicks 2022 está equipada com sistema de quatro câmeras de 360 graus, com visão total. São duas nos retrovisores externos, uma na dianteira e outra na traseira.

Porta-malas bem dimensionado tem tampa pesada e local de fechamento somente no lado direito, dificultando para canhoto. Outro deslize em ergonomia é abaixar para entrar no banco traseiro.

Desempenho é ponto fraco

O que destoa no Kicks é o desempenho, principalmente na ultrapassagem. Há lentidão na reação. Apesar da relação razoável de peso/potência (9,9 kg/cv), o desempenho destoa do conjunto. O torque de 15,5 kgfm (e/g) é modesto.

O câmbio CVT não tem a opção de troca manual, mas as teclas Sport e Low elevam as rotações do motor para atuar como freio-motor na descida quanto para melhorar o desempenho em aclives. Motor de alumínio usa corrente de distribuição, que não requer manutenção como a correia.

nissan kicks exclusive 2021 motor foto alexandre carneiro autopapo 4977
Motor 1.6 rende 114 cv de potência e 15,5 kgfm de torque

São itens de série os seis airbags, controles de tração e de estabilidade, assistente de partida em rampa, entrada e a partida do motor sem chave, retrovisor interno eletrocrômico, vidros um toque na subida e descida, faróis auxiliares, entre muitos outros.

O preço sugerido do Nissan Kicks Exclusive 2022 é de R$ 116.390. O pacote Tech (farol alto automático, frenagem automática frontal de emergência, alertas de ponto cego e de saída de faixa, e de tráfego cruzado traseiro) custa R$ 3.500. Pela pintura em dois tons pagam-se R$ 2.850 e mais R$ 500 pela forração dos bancos com material sintético em tons de cinza e preto. O preço final é de R$ 123.240. São três anos de garantia sem limite de quilometragem.

Pontos positivos do Nissan Kicks Exclusive 2022

  • Anatomia dos bancos dianteiros
  • Comportamento dinâmico
  • Itens de segurança

Pontos negativos do Nissan Kicks Exclusive 2022

  • Desempenho
  • Falhas de ergonomia
Ficha técnica Nissan Kicks Exclusive 2022
Motor quatro cilindros em linha, 1.598 cm³ de cilindrada, 16 válvulas
Potência 114 cv (álcool/gasolina) a 5.600 rpm
Torque 15,5 kgfm (álcool/gasolina) a 4.000 rpm
Transmissão tração dianteira e câmbio CVT
Direção tipo pinhão e cremalheira com assistência elétrica; diâmetro de giro de 10,2 metros
Freios disco ventilado na dianteira e tambor na traseira; ESP (controle de estabilidade de tração) e HSA (assistente de partida em rampa),
Suspensão dianteira, independente, com barra estabilizadora, do tipo McPherson; traseira, eixo de torção
Rodas e pneus 7×17”de liga leve /205/55R17
Altura do solo 20 centímetros; ângulos de ataque/saída (graus), 20/28
Peso 1.139 kg
Carga útil (passageiros+ bagagem) 411 kg
Dimensões (metro) comprimento, 4,31; largura, 1,76; altura, 1,59; distância entre-eixos, 2,61
Capacidades (litro) porta-malas, 432; tanque, 41
Desempenho velocidade máxima, 175 km/h (a)/(g); aceleração até 100km/h, 11,8 segundos (a/g)
Consumo (km/l) urbano, 7,6 (e) e 11,3 (g); estrada, 9,3 (e) e 13,6 (g)

Fotos: Alexandre Carneiro | AutoPapo

6 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
cassio ayres 23 de abril de 2021

Não adianta trocar o motor por um mais esperto mas mais gastão como fez a Fiat com o 1.3 turbo.

Avatar
Sir.Alves 11 de abril de 2021

Um compacto que custa mais de 100.000 reais e usa freio a TAMBOR!!!! Como diria o jornalista Boris Casoy: Isso eh uma vergonha!!

Avatar
Conconco 2 de maio de 2021

Concordo Tio

Avatar
Ney Verdandi 10 de abril de 2021

Trata-se de um excelente veículo, possui um ótimo custo/benefício, porta malas com 432 L, design muito bonito, mecânica confiável, baixo custo de manutenção, bom acabamento interno e vários itens de série e de segurança; ótima aceitação no mercado de seminovos, etc.. Se o motorista não consegue fazer uma ultrapassagem com um motor 1.6, aspirado, pelo fato de não conhecer o torque do seu veículo, e considerá-lo um “pouco lento”, o que será desse elemento pilotando um veículo 1.0 aspirado na BR 101?
É uma excelente compra, não é a toa que em março superou modelos como Duster, Polo, Virtus, Fox, etc.
Se motor turbo fosse um diferencial indispensável, o Corolla não seria o sedã médio mais vendido em março com 4.109 unidades, mas sim o Civic ou o Jetta que sequer aparece no ranking dos 50 veículos mais vendidos.

Avatar
Augusto César de Oliveira Amorim 10 de abril de 2021

Concordo plenamente. É um excelente carro. É só você conhecer o seu carro e pisar fundo no acelerador para uma ultrapassagem mais complicada.

Avatar
Ricardo 31 de maio de 2021

Concordo Ney e Augusto. Tenho um SL 2019 e considero uma excelente compra. Quem reclama do motor não conhece o carro que tem ou quer bancar o piquet nas ruas e estradas. Sabendo dosar o pedal, corresponde perfeitamente as necessidades e com boa economia.

Avatar
Deixe um comentário