Novo Citroën C3, desenvolvido no Brasil, chega em 2022

Fabricante francês aposta suas fichas no modelo para aumentar a participação no mercado brasileiro; base do compacto é mais moderna que a do C3 europeu

citroen c3 2022 azul frente em movimento
A nova geração do C3 foi criada no Brasil para mercados emergentes (Foto: Citroën | Divulgação)
Por Eduardo Rodrigues
16 de setembro de 2021 13:24

A Citroën já passou por bons momentos no Brasil, especialmente nas últimas décadas, quando lançou a primeira geração do C3, a minivan Xsara Picasso e o sedã C4 Pallas. Mas nos últimos anos a marca vem minguando em vendas. O lançamento do novo C3 busca reverter o cenário e aumentar a relevância da marca francesa no Brasil.

Um ponto essencial para isso foi ter colocado a engenharia sul-americana responsável pelo projeto. O novo Citroën é o primeiro de três carros da nova família que será apresentada nos próximos três anos, todos fabricados na América do Sul.

VEJA TAMBÉM:

Base mais moderna que a do Citroën C3 europeu

Apesar de compartilhar o nome com o C3 lançado na Europa em 2016, o novo modelo brasileiro é bem diferente. O carro europeu é feito na plataforma PF1, a mesma da primeira geração do Peugeot 208, enquanto o brasileiro será feito na arquitetura CMP.

O segmento que o C3 irá concorrer é o dos hatches compactos. Nele, enfrentará os Volkswagen Polo, Fiat Argo, Renault Sandero, Toyota Yaris, Hyundai HB20 e Chevrolet Onix. Enquanto o Peugeot 208 mira mais no topo, com interior mais sofisticado, o C3 vem em uma faixa mais baixa de preço com proposta mais utilitária.

O entre-eixos do novo Citroën de 2,54m é o mesmo do 208, porém a carroceria mede 3,98m – para ficar na faixa de impostos mais baixa do mercado indiano. O porta-malas de 315 litros é maior que o de quase todos rivais, perdendo apenas para o Sandero.

Estilo de aventureiro urbano

O novo Citroën C3 é um hatchback, mas ele traz elementos visuais dos SUV para agradar ao público. Os vincos fortes nos para-lamas, o capô alto e as molduras em plástico preto por toda parte inferior do carro dão o ar de robustez.

Na dianteira está o conjunto ótico dividido em duas seções, que forma uma assinatura com as luzes diurnas em LED. Honrando a tradição de desenhos criativos da marca está a opção de teto em tom distinto da carroceria. Por enquanto, foram exibidos apenas as combinações de carroceria azul com teto branco e carroceria branca com teto laranja.

O estilo inspirado nos SUV fazem o C3 se destacar no segmento. Os concorrentes Argo, Sandero e HB20 possuem versões aventureiras, mas posicionadas mais ao topo da gama. A Citroën irá levar o estilo aventureiro a uma faixa de preço mais ampla na categoria, assim como o Renault Kwid fez entre os sub-compactos.

Interior do Citroën C3 se destaca

O espaço interno foi um ponto criticado no lançamento do Peugeot 208, mas a Citroën parece querer evitar essas criticas no novo C3. As colunas A mais verticais proporcionam um painel mais curto, o que resulta em um melhor aproveitamento do espaço interno.

Falando no painel, ele é um dos destaques do carro. O C3 foi projetado para mercados emergentes, mas isso não significa que o desenho do interior precisa ser simples. Uma faixa horizontal texturizada e colorida se destaca. Nas fotos divulgadas podemos ver essa faixa em azul ou laranja.

As saídas de ventilação contam com desenho diferenciado e o volante é multifuncional. A central multimídia de 10 polegadas fica no topo do painel, mas não teve detalhes sobre as funcionalidades. Na moldura dos botões do ar-condicionado existe um prático suporte para prender o cabo do carregador do celular.

Quando o novo C3 chega ao mercado?

citroen c3 2022 azul traseira alto
O teto plano e as colunas A mais verticais ajudam no espaço interno

O fabricante programou o início das vendas do novo Citroën C3 para o primeiro trimestre de 2022. Incialmente ele deverá vir apenas com o motor 1.6 16v usado também no C4 Cactus. O motor 1.0 Firefly aspirado chegará mais tarde. O 1.3 aspirado e o 1.0 turbo também estão cotados para o futuro.

Sobre os preços, a nossa previsão é que o Citroën C3 fique abaixo do Peugeot 208, acompanhando os preços do Polo 1.6, do Argo 1.3 e do Onix Turbo.

Fotos: Citroën | Divulgação

3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
JOSÉ CARLOS ALVES DE FREITAS 3 de outubro de 2021

eu gosto muito, de lancamento, sou citrien fidelidade, a muitos anos, tenho um c4 cactos, vou trocar, quero manual,,,obrigado

Avatar
Everaldo Gueiros de Melo 16 de setembro de 2021

Caso queiram retomar as vendas, basta irem na contramão das demais montadoras, lançando uma série deste novo modelo para PCD, com preço inferior a R$70 mil.

Avatar
Roberto Lima 26 de setembro de 2021

Concordo com você.

Avatar
Deixe um comentário