Ouviu um palpite sobre seu carro? Não acredite, é mentira!

Curioso como a besteira circula com maior velocidade e eficiência que a verdade. Então, quando vem pela internet...

Por Boris Feldman 31/10/20 às 07h00
motorista surpreso com celular
Redes sociais são fonte de fake news (Foto: Shutterstock)

Curioso como a besteira circula com maior velocidade e eficiência que a verdade. Então, quando vem pelos apps de comunicação e redes sociais…

Etiqueta no posto

A etiqueta no posto está bem explícita a informação para “ajudar” o motorista: abastecer com o etanol só é vantajoso se custar igual ou abaixo de 70% do preço da gasolina.

Besteira!  Este percentual foi estabelecido quando o carro flex foi lançado, em 2003. Ele pode chegar hoje a 75% e não é o mesmo em todos os carros. Cada motorista deve abastecer com os dois combustíveis e fazer as contas para determinar o percentual de seu carro

Repair kit

O pneu run flat deveria ser proibido no Brasil pois não é adequado às nossas estradas. Algumas importadoras colocam um estepe no porta-malas para não deixar o motorista a pé na estrada. Outras, um kit de reparo.

Besteira!  O pneu run flat só resolve no caso de um furo na banda lateral. Um rasgo na banda de rodagem (provocado com frequência pelas nossas crateras asfálticas), nem o run flat nem o kit de reparo resolvem. Só o reboque…

Repair kit do Ford EcoSport equipado com pneu run flat
Repair kit do Ford EcoSport equipado com pneu run flat (Foto: Ford |Divulgação)

Oito anos

Quando um carro deixa de ser fabricado ou importado, o argumento de venda para o freguês preocupado com a manutenção é uma suposta obrigação legal de se manter componentes de reposição no mercado durante oito anos.

Besteira! Não existe lei nenhuma, nem poderia haver: como obrigar uma concessionária ou loja de peças a manter em estoque uma peça sem demanda? O código do consumidor trata do assunto de forma hilária: “obrigatório manter peças durante um prazo ‘razoável'”. Piada, não?

Água no radiador

Água de torneira ou mineralizada para completar o nível do sistema de arrefecimento? Há quem diga que a de torneira, de jeito nenhum…

Besteira!  Não se deve usar água nenhuma, mas o líquido próprio, composto de água com etilenoglicol em proporção próxima a 50% cada.

Rodar 10km!

Ao trocar o combustível do carro flex, rodar pelo menos 10 km até estacionar à noite para a central identificar a mudança no tanque.

Besteira! Só no caso de se trocar gasolina pelo etanol e mesmo assim nos dias mais frios. Nestas condições (e só nelas) o motor poderá ter dificuldade para pegar na manhã seguinte.

Dedo no para-brisa

Numa estrada com pedrinhas no asfalto, apoie um dedo no para-brisa para evitar que ele seja trincado por uma delas arremessada pelo veículo à frente.

Besteira! A pressão do dedo encostado não é capaz de evitar a trinca no para-brisa.

Tanque na reserva

Usar o combustível na reserva, até perto do final do tanque, é um perigo pois a bomba se queima por falta de refrigeração.

Besteira!  A bomba não é refrigerada por estar envolta em combustível. Neste caso, como funcionavam as bombas externas ao tanque?

Calibragem

Pressão maior que a recomendada reduz o consumo. Menor, dá mais conforto.

Besteira! Pode até ser, mas aumenta o desgaste do pneu, reduz estabilidade e a vida útil dos componentes da suspensão.

pneu calibrar carro shutterstock

Naftalina

Naftalina no tanque, aumenta a octanagem da gasolina e a potência.

Besteira!  Essa é velha, hem! Usava-se no passado com a nossa – então – pobre gasolina. Hoje, a presença de etanol já torna inócua a naftalina.

Gasolina formulada

Gasolina formulada não presta, melhor evitá-la.

Besteira!  Difícil entender esta “guerra” contra a gasolina formulada. Aliás, fácil, pois são as grandes do setor contra as pequenas. Entretanto, tudo depende: a formulada pode ser melhor ou pior que a refinada.

Comissão

Consultores técnicos das oficinas das concessionárias recomendam uma lista de inutilidades no momento do carro levado para a revisão.

Besteira! Não são todas as concessionárias nem todos os consultores, mas a maioria é treinada para praticar a mais refinada “empurroterapia”. Explica-se seu empenho: são comissionados em função do faturamento.

Motor turbinado

Não desligar o motor com turbo assim que estacionar, mas aguardar cerca de 30 segundos em marcha lenta.

Besteira! Recomendação válida apenas para motores orginalmente aspirados e depois turbinados em oficinas especializadas. Os atuais, turbinados de fábrica, são projetados com uma lubrificação específica para o turbo que dispensa este cuidado.

Óleo da montadora

Não há dúvida de que o óleo recomendado no manual é o melhor para o motor. Mas…

Besteira! Existem outras marcas tradicionais e reconhecidas internacionalmente que podem ser também utilizadas, desde que mantidas as mesmas características do óleo original.

SOBRE
5 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Reinaldo 19 de março de 2021

Tanque na reserva: eu nunca deixo que o combustível chegue na reserva depois que li que essa prática poderia levar sujeira do tanque para o motor, provocando o entupimento de giclês (nos antigos carburadores) e, modernamente, dos bicos injetores. Eu nunca ouvi falar em queima da bomba de combustível por rodar na reserva, não…

Avatar
Guilherme 30 de janeiro de 2021

“Não se deve usar água nenhuma, mas o líquido próprio, composto de água com etilenoglicol em proporção próxima a 50% cada.”

BESTEIRA!!!! Em carros antigos deve-se usar ÁGUA DESMINERALIZADA!
BESTEIRA X2!!!! Já existem compostos prontos para o uso, sem necessidade de se misturar algo. E NUNCA é apenas água!

Pra variar, o “especialista” foca em apenas um nicho: carros novos…

Avatar
Rodolfo 31 de outubro de 2020

Boris,
Na minha opinião não interessa se a gasolina é formulada ou refinada, o que interessa é se é batizada ou não. Abasteço sempre no mesmo posto da bandeira Ipiranga, que é o mais caro do meu bairro, e quando viajo só abasteço em posto de bandeira e ainda sempre peço a indicação do melhor posto da cidade para funcionário de hotel ou garçom.

Assim vejo que abastecer no posto mais barato pode sair muito caro a longo prazo, pois podemos ser enganados na quantidade e na qualidade do combustível. Assim seria interessante cada um de nós sempre acompanhar qual é o custo do quilômetro rodado dos nossos carros (R$/km).

Pois o posto mais barato pode até fazer custar mais caro também neste quesito para quem roda muitos quilômetros por ano, uns 15.000 km/ano por exemplo. Por exemplo, se meu carro fizer 12 km/litro e a gasolina (aditivada) tiver ao preço de R$ 4,60 terá um custo de 2,61 R$/km.

Abraços,

Avatar
Rodolfo 31 de outubro de 2020

* Corrigindo: 0,38 R$/km (4,60 R$/L / 12 km/L)

Avatar
Antonio Donizeti Martins 7 de novembro de 2020

Oi Rodolfo,
Morava eu em São Bernardo do Campo-SP nos anos 90. Havia em meu bairro 2 postos da bandeira BR cujo dono era Vereador e eram os postos mais caros da cidade. A propaganda que ele fazia era que: combustível barato é adulterado. Pois bem, um certo dia passou a fiscalização e LACROU os 2 postos dele. Motivo: ERAM OS MAIS CAROS E OS MAIS ADULTERADOS DA CIDADE.

Avatar
Deixe um comentário