Ransomware: seu carro pode ser sequestrado (pior se for autônomo)

Os ataques de ransomware estão se tornando cada vez mais comuns e a conectividade dos carros modernos estão os tornando vulneráveis a esse tipo de crime

mercedes autonomo
Os carros podem ser invadidos através dos sistemas de conectividade (Foto: Mercedes-Benz | Divulgação)
Por Eduardo Rodrigues
23 de agosto de 2021 15:43

Na semana passada, o site das lojas Renner foi hackeado e deixou consumidores preocupados com possíveis vazamentos de dados. A suspeita é de que a empresa tenha sido vitima de um ransomware, uma forma de invasão que deixa sistemas de empresas inoperantes e os invasores cobram um resgate para reverter a situação.

O ransomware infecta os computadores criptografando os dados ou bloqueando o acesso, se tornando uma forma de sequestro digital – “ransom” é sequestro em inglês. O computador pode ser infectado através de pen-drive ou por links e anexos recebidos por email.

VEJA TAMBÉM:

E por que o caro leitor está lendo sobre isso aqui no AutoPapo? O motivo é simples: os carros modernos modernos também podem ser vitimas desse tipo de invasão. Modelos atuais já possuem algum tipo de conectividade, desde simples roteadores integrados a central multimídia até a capacidade de receber atualizações online.

Do mesmo modo que o dono de um de alguns modelos já podem dar a partida no carro remotamente por meio de um app no celular, um hacker pode invadir o veículo e controlar algumas funções. Conforme mostramos em junho, invadir um carro ou coletar os dados no computador de um é mais fácil que realizar o mesmo em um smartphone.

Carros autônomos serão mais vulneráveis

Um dos recursos que é tido como essencial para a viabilização dos carros 100% autônomos é a comunicação entre veículos e a comunicação entre os veículos e uma central. Assim os carros podem saber de forma antecipada sobre problemas no trajeto.

Esse tipo de comunicação já está em uso pela Mercedes-Benz, onde os carros da marca podem comunicar entre si através do Car-to-X. Atualmente esse sistema serve apenas para emitir avisos, mas a promessa do fabricante é de expandir as funcionalidades.

mercedes benz car to x communication lista de funcoes do sistema de comunicacao entre veiculos
A comunicação entre veículos é essencial para a existência de uma frota autônoma. E também é um ponto fraco (Foto: Mercedes-Benz | Divulgação)

Mas não é precisa de invadir um sistema de conectividade para “controlar” um carro autônomo. Sistemas semi-autônomos, como o Autopilot da Tesla, utilizam câmeras e inteligência artificial para ler o ambiente. Mas por mais avançado que seja o sistema, ele não possui o mesmo discernimento que o cérebro humano, podendo ser enganado por cones, marcações falsas na via, placas e até mesmo pela lua.

Sequestro em quatro rodas

Agora vamos acrescentar os ransomware a essas vulnerabilidades dos carros. Um hacker pode tanto apenas invadir o smartphone do motorista através do carro ou ir além: tomar o controle do carro e só devolver o controle após um pagamento.

Controlar remotamente os carros podem até impactar no trânsito. Segundo um estudo do Instituto de Tecnologia da Geórgia e da Multiscale Systems, é possível parar todo o trânsito de uma cidade imobilizando apenas 20% dos carros.

Fabricantes já sofreram ataques de ransomware

No início de 2021 a filial norte americana da Kia Motors sofreu um ataque similar ao da Renner, promovido pelo grupo DoppelPaymer. Os carros não foram afetados, apenas sistemas internos e área voltadas aos clientes.

O grupo exigiu US$ 20 milhões em Bitcoins como resgate. Durante o período que os hackers ficaram no comando as vendas e retirada dos carros nas concessionárias ficaram impossibilitadas. O grupo de hackers também ameaçou vazar os dados “sequestrados” da Kia. O fabricante, entretanto, negou o ataque

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Sir.Alves 16 de dezembro de 2021

Sequestro com resgate remoto de firmware automotivo?… lascou… pensei que já tinha visto de tudo nessa vida de programador de software.

Avatar
Deixe um comentário