[Recall] Harley-Davidson convoca 14 modelos por falha na embreagem

Modelos envolvidos no chamamento foram produzidos em 2017 e 2018; tempo estimado para o reparo é de duas horas

harley davidson cvo glide street
Por AutoPapo
05 de novembro de 2018 10:45

A Harley-Davidson convocou, nesta segunda-feira (5), recall de 14 modelos vendidos no Brasil por possibilidade de problema no sistema de embreagem. As motocicletas envolvidas foram produzidas entre 2017 e 2018 e já podem ser levadas para reparo.

De acordo com a Harley, foi observada a probabilidade de ocorrer uma falha no anel de vedação do cilindro secundário e vazamento de fluído. Desse modo, o condutor pode não conseguir acionar a embreagem e acabar se envolvendo em uma queda ou colisão.

A falha pode colocar em risco a vida dos condutores, passageiros e terceiros.

A Harley-Davidson coloca, imediatamente, suas concessionárias à disposição dos donos para realização do reparo gratuito das motos. O tempo estimado para o serviço é de duas horas.

Para mais informações, acesse a página da fabricante ou entre em contato pelo telefone 0800-724-1188.

Confira os modelos da Harley-Davidson envolvidos na campanha:

  • Harley-Davison Road King Police
  • Road King Classic
  • Road King Special
  • Harley-Davison Street Glide
  • Street Glide Special
  • Street Glide Special Anniversary
  • Harley-Davison Ultra Limited
  • Ultra Limited Anniversary
  • Road Glide Ultra
  • Road Glide Special
  • Harley-Davison CVO Street Glide
  • CVO Ultra Limited
  • CVO Ultra Limited Anniversary
  • Road Glide Custom
Harley Davidson convoca 14 modelos produzidos entre 2017 e 2018 para recall do sistema de embreagem. Agendamentos para reparo já podem ser realizados.
Foto Harley-Davidson CVO Road Glide | Divulgação
SOBRE
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Luis Padilha 25 de junho de 2019

Acho que é um defeito de fábrica. Não vi nenhum outro fabricante de moto publicar tanto cuidado com a embreagem.
1- Muito tempo de acionamento parado??
Quem mede esse tempo?
2- Aquecimento do óleo da embreagem??
Tem como saber a temperatura do óleo da embreagem?
Existe marcador de temperatura do óleo da embreagem?
O óleo especificado pela fábrica não atende as necessidades do conjunto de embreagem?
3- Não parar em aclives então é um absurdo.
Limitar o uso da moto a terrenos com topografia plana então?
Quem mora em região serrana não pode usar uma Harley Davidson?
Isso tudo tem um nome:
Erro de projeto, conjunto fraco e sub-dimensionado.
Um amigo está sofrendo com uma moto com apenas 26000km dentro da garantia logo apos o recall feito pela concessionária.
Falta de responsabilidade da Harley Davidson e da sua rede de concessionárias.

Avatar
José Geraldo 21 de setembro de 2019

Hoje senti mais uma vez que a Harley não é mais confiável , tenho uma ultra 2017 com 8150 km primeiro descobri um minúsculo furo na roda traseira ,eu liguei na autorizada e não deram a mínima e eu então mandei arrumar aí problema na bomba d’água só me falaram o preço r$ 6000.00 e agora a embreagem o que mais virá?

Avatar
Deixe um comentário