Saiu de linha? Sim, mas há 5 razões para comprar Ford Ka e EcoSport

A Ford parou de produzi-los, mas os descontos já pipocam: conheça os motivos para não ter medo de comprar os dois modelos

Por Fernando Miragaya 15/01/21 às 11h45
Ford Ka SE
Ford Ka SE 1.0 (Foto: Alexandre Carneiro | AutoPapo)

Antes que você peça para o pessoal do Auto Papo me internar para um tratamento psiquiátrico, leia com calma esta lista. A Ford acabou de falar que não produz mais veículos algum no Brasil e, com isso, o Ka saiu de linha bem como o EcoSport.

VEJA TAMBÉM: 

Mesmo assim, existem motivos para quem gosta da marca não ter medo de comprar o hatch, o sedã ou o SUV enquanto eles ainda existem nos estoques. Não acredita? Então leia o listão!

Ford Ka saiu de linha, assim como o EcoSport: por que comprá-los?

1. Descontos

Em avaliação, Ford Ka Sedan mostra que motor 1.5 e câmbio automático têm ótimo desempenho; preço da versão Titanium é alto.
Foto Alexandre Carneiro | AutoPapo

Pois é, o defunto nem esfriou e os concessionários trataram de baixar os preços dos modelos em estoque. Um dos motivos para comprar Ka e EcoSport agora é justamente o abatimento, que em algumas lojas já passa dos 10%. A reportagem fez um levantamento de preços dos três modelos em 15 revendas de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Distrito Federal, Ceará, Bahia e Rio Grande do Sul.

Em todas elas Ka, Ka Sedan e EcoSport eram oferecidos com redução. O hatch na versão S 1.0, que tem preço sugerido de R$ 51.990, é ofertado em lojas por entre R$ 47 mil e R$ 48 mil. Na SE Plus 1.5, de R$ 62.890, achamos um exemplar com pintura sólida por R$ 56 mil. No sedã, a variante SE Plus 1.5 automática, que na tabela pede R$ 68.490, é negociada em diferentes concessionárias por R$ 61.500.

No caso do EcoSport, a versão Freestyle com motor 1.5 e câmbio automático de seis marchas custa oficialmente a partir de R$ 93.390. Porém, nas promoções é encontrada por R$ 85 mil. No andar de baixo tem condição boa para a SE 1.5 AT por R$ 79 mil (ante R$ 85.490 na tabela). E no andar de cima, com a invocada e cara Storm 2.0, que era vendida por R$ 115.190 e agora pode sair por R$ 105 mil.

Mas você vai perguntar, com razão, sobre a desvalorização. Aí valem aquelas regras do mercado de seminovos. Se você vai ficar com o Ford Ka ou o EcoSport por três ou mais anos, essa desvalorização natural de automóvel que saiu de linha se esvai. E com esses abatimentos, há uma compensação a mais para essa depreciação que os veículos venham a sofrer.

2. Facilidade de peças

ford ecosport 3314

Carros de volume têm uma ótima vantagem: oferta grande de peças, sejam elas genuínas ou do mercado de reposição. Com a facilidade de entregar componentes, os preços caem. Além disso, a Ford sempre se destacou pela cesta de peças mais em conta nos segmentos do hatch, do sedã e do utilitário esportivo.

Ford Ka saiu de linha, mas isso não deve trazer dificuldades para a manutenção (e o mesmo vale para o EcoSport): Boris Feldman explica em vídeo! 

Um jogo de pastilhas original de freio para o Ka, da Bosch, custa entre R$ 80 e R$ 100. Um kit de velas de ignição NGK para o EcoSport 1.5, por sua vez, pode ser encontrado por preços entre R$ 60 e R$ 75.

Ok, vamos para itens mais complexos. A bomba de combustível completa para a linha Ka, por exemplo, tem preços de R$ 450 a R$ 600. O kit da suspensão traseira do Eco, com amortecedor, coxim, batente e coifa, é encontrado por valores médios de R$ 300.

3. Pós-venda

ford ecosport 3335

A rede de concessionárias, obviamente, vai encolher. As lojas da Ford terão menos produtos de imediato, todos mais caros que Ka e EcoSport: o mais barato será a Ranger (que não saiu de linha, pois é importada da Argentina) com cabine simples e motor turbodiesel 2.2 por R$ 154.090…

Porém, como hoje são mais de 250 concessionárias, mesmo que perca metade disso, ainda será uma distribuição de respeito e com bastante revendas espalhadas. Aliado à tradição da marca, isso significa facilidade para quem precisa fazer manutenção também.

Além disso, para os carros 0 km, as revisões, se não estão entre as mais baratas dos seus respectivos segmentos, também não estão entre as mais caras. Porém, fique atento às visitas de 40 mil e 60 mil km do Eco. Confira:

Ford Ka 1.0 Preços das revisões
10.000 km R$ 479
20.000 km R$ 579
30.000 km R$ 479
40.000 km R$ 739
50.000 km R$ 529
60.000 km R$ 949
Ford Ka 1.5 Preços das revisões
10.000 km R$ 479
20.000 km R$ 579
30.000 km R$ 479
40.000 km R$ 809
50.000 km R$ 529
60.000 km R$ 629
Ford EcoSport 1.5 e 2.0 Preços das revisões
10.000 km R$ 599
20.000 km R$ 819
30.000 km R$ 599
40.000 km R$ 1.279
50.000 km R$ 739
60.000 km R$ 1.039

4. Liquidez

Outro motivo para comprar Ka e EcoSport é que os dois modelos “giram” bem no mercado de seminovos e usados. Ou seja, não ficam muito tempo pegando poeira na loja. São veículos que são vendidos rapidamente. Versões como a Freestyle do Eco e a SE Plus, do Ka, tendem a ter liquidez melhor ainda.

Para dar um exemplo, o Ford Ka foi o sétimo veículo usado mais negociado do país em 2020, com mais de 237 mil unidades – isso contabiliza também a geração anterior do modelo -, e esse cenário não deverá mudar radicalmente porque o modelo saiu de linha.

5. Conjunto mecânico

Em avaliação, Ford Ka Sedan mostra que motor 1.5 e câmbio automático têm ótimo desempenho; preço da versão Titanium é alto.

A Ford sempre se destacou em ter motores bons. Zetec, Sigma, Duratec… Com a gama compacta, a marca norte-americana caprichou neste “fim de vida”. Os modelos usam opções de propulsores da linha Dragon, considerados por muitos como o melhor três-cilindros do mercado.

Ka e Ka Sedan podem ser equipados com o 1.0 12V de 85/80 cv e 10,7/10,2 kgfm a 3.500 rpm e o 1.5 12V de 136/128 cv e 15,3 kgfm a 4.750 rpm. O Eco usa o mesmo 1.5, só que com potência de 137/130 cv e torque de 15,6 kgfm a 4.500 rpm. A versão topo de linha Storm do SUV é a mais nervosa e divertida, com o 2.0 quatro cilindros aspirado da família Duratec, com injeção direta, 176/170 cv e 22,5/20,6 kgfm.

O bom é que a Ford abandonou a problemática transmissão automatizada de dupla embreagem Powershift, que deu dor de cabeça à maioria dos proprietários. No lugar, entrou o câmbio automático por conversor de torque e seis marchas, que caiu com uma luva nos motores Dragon.

Fotos: Alexandre Carneiro | AutoPapo

144 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Marcos Rangel 21 de junho de 2021

Alguém acha por exemplo que o fabricante de lanternas, faróis e etc… depois de investir num molde de qualquer peça plástica iria parar de injetar com milhares de Ford rodando ? Agora irão fabricar para o mercado paralelo e ainda sendo originais as mesmas que abasteciam a Ford.

Avatar
Jorge Luis Bogdanov Kussarev 29 de abril de 2021

Olá, escrevo em 29/04/2021 após ler os comentários todos. Sobre os carros com desconto, não sei se são motivo suficiente para alguém comprar um carro que,na prática, não terá garantia plena. Digo ainda que, hoje, vi,novamente em uma loja independente pertinho do meu local de trabalho, um Ka hatch 0 km, vermelho, à venda…Ele está na loja desde Fevereiro, na mesma posição (não é meu caminho habitual). Dois meses em uma loja e não vende ? Um carro 0 km ? Falta dinheiro, confiança ou virou um mico mesmo ? Estou em São Bernardo do Campo, terra da Ford antes da mudança para Camaçari/BA, a menos de 3 km da antiga fábrica, desmontada agora.

Avatar
Lucas 27 de fevereiro de 2021

engraçado, na matéria fala que os carros da FORD desvalorizou, porem não é o que retrata na realidade
eu tenho um Ecosport 20/20 0km e esta 2mil mais CARO seminovo do que eu comprei na época.
o carro em si teve uma alta de valorização muito maior do que o esperado… afinal ninguém quer comprar um golzinho de 70mil sendo que pode comprar um SUV pelo mesmo valor.

Avatar
Rubens Rafael de Santana 20 de maio de 2021

Vc sabe que eu pensei da mesma forma ao comprar meu ka 2018 SE hatch pagando 38.800, ao invés do onix joy 2018 de 42 mil , mas básico sem direção elétrico e nem Bluetooth no som, e não tendo abertura interna de porta malas lamentável esse onix joy por eles se valor.

Avatar
Denilson 11 de fevereiro de 2021

Gente, quantos vocês ganharam para tentar salvar a imagem da Ford aqui?
Achar que pelo menos a metade das concessionárias vão sobreviver é coisa de um otimismo inexplicável. Todos os especialistas são unânimes em dizer que não haverá demanda para mais de uma concessionária por grande capital brasileira, que se restar uma 40 será até muito.
Carros Ford nunca foram tudo isso que vocês disseram. O “Power Shit” colocou uma pilha de carros Ford no mercado que vão se desintegrar com o tempo.
Ela está abandonando todo mundo, já anunciou que a Ranger não dá lucro, começou demissões também na Argentina, fechou outras fabricas no mundo e já anunciou o fechamento de outras… já faltam peças no mercado… a desvalorização está sendo grande…. o que vocês querem fazer? Comprar a Ford? Só pode ser. E aproveitem que segundo a revista Forbes ela está a venda.
Não criem falsas ilusões. Quem tem Ford vai chorar pela escolha quem fez, e quem comprar, se alguém tiver coragem e não se importar de dar dinheiro para quem ferrou o Brasil, vai se lamentar muito também.
Tenham responsabilidade nas reportagens que fazem.

Avatar
Lucas 27 de fevereiro de 2021

Falou muita merd@. voce nem sabe quais são as novas tendências automobilísticas. daqui alguns anos varias montadoras irão abandonar motores a combustão e focar nos elétricos, o que a ford fez é sair dos países que não tem infra estrutura para carros elétricos e focar nos modelos mais rentáveis.
as demais montadoras terão que escolher entre 2 caminhos, 1 focar em uma linha única de motores elétricos ou manter a divisão de motores a combustão para países subdesenvolvidos que sabemos que aqui no brasil só da prejuízo e ficam pedido incentivos fiscais.
então caba essa boquinha e pare de bostejar por ai

Avatar
Henry F. 3 de fevereiro de 2021

O problema no Brasil é que carro é muito caro, consequentemente tem que pensar na revenda. Aqui nos EUA, relativamente carro é barato e ninguém pensa na revenda. Tanto que, aqui, carros usados valem uma merreca. Isso é primeiro mundo! Bananalândia, nunca mais!!!

Avatar
Carmen Lúcia dos Santos Dias 26 de janeiro de 2021

Eu amo meu Ford Ka e nem quero saber de desvalorização, quero saber de conforto e confiança. Fiquei muito triste com o fechamento da fábrica, mas se tiver condições vou adquirir outro. Porque quero continuar segura com um carro de ótima qualidade.

Avatar
Denilson 11 de fevereiro de 2021

Tem certeza que você tem um Ka? Vai lá e confere. Conforto, qualidade e confiança? Piada né?

Avatar
ADEHYR GIVISIEZ BRUM JUNIOR 21 de março de 2021

Tenho um Ka Sel, conforto, qualidade, tecnologia (partida em rampa, controle tração, sync-pela época do meu, 2017, nenhum tenha comando tão simples e eficaz, etc) por um custo no mínimo (e se do mínimo mesmo) 10% mais barato com maior valorização do meu usado. Vc pergunta se tenho um Ka, falo pra vc olhar na sua garagem e ver se o seu vale realmente o que oferece.

Avatar
Paulo Bastos 28 de março de 2021

Esse Denilson deve ser um muleque!!! Kkkkk.

Manja nada,pessoal,onde tiver comentário dele, DESCONSIDEREM, ou então CONSIDEREM AO CONTRÁRIO!!!

Pelo que escreve, realmente não conhece…

Avatar
Erika Maia 30 de maio de 2021

Para quem teve um uno 95 todo mecânico, o Ka é BMW, meu caso. Adoro!!!

Avatar
Márcio 4 de março de 2021

Vc está certa, curta o seu Ka como eu estou fazendo, quem fala sem conhecer o carro, nunca teve um, é hipócrita

Avatar
João Gavião 23 de janeiro de 2021

Só sendo desinformado para comprar essas sucatas sem valor da ford. Fora a desvalorização eminente, quero ver achar peça daqui a alguns anos. Sem contar que existe rumores quem em 2 anos, nem importadora terá dessa marca aqui no Brasil.

Avatar
Denilson 11 de fevereiro de 2021

E não será mesmo. A Ford não tem mais futuro. Fechou fábricas pelo nundo e já anunciou que vai fechar mais. Disse que a Ranger não dá lucro, e quer ser a fábrica de um veículo só: a F-150, porque o resto não vai longe também.

Avatar
Gilberto 26 de maio de 2021

Não consigo entender quando alguém fala em falta de peças para a linha Ford. A Ford tem milhares de carros rodando pelo Brasil, a Ford é uma montadora, não uma fabrica de peças. Exitem peças para Maverick, Caravan, Chevette , Brasília, e etc..

Avatar
Luiz 28 de julho de 2021

Tenho esse problema com peças do meu Bentley… mas esse problema não causa tanto transtorno como se imagina

Avatar
Alex 23 de janeiro de 2021

O maior problema para os consumidores da Ford é a desvalorização, se já era grande sem os anúncios recente imagina agora. Comprar Ford e ter Ford na garagem vai ser jogar dinheiro no lixo. Comprar Ford hoje nem pensar tá difícil ganhar dinheiro pra jogar fora.

Avatar
Fabio 20 de janeiro de 2021

É silada bino!

Comprem carros fabricados no Brasil. É melhor para você e isso contribui para mais empregos no país. Comprando mais carros dos concorrentes significa mais contratações, reposição dos empregos perdidos pela Ford.

Em resumo, brasileiros não devem mais comprar Ford.

Esta marca sempre foi cara e isso não irá mudar, ainda mais agora que vão falar que é importado.

Avatar
Pedro 19 de janeiro de 2021

Corre que e cilada Bino!

Avatar
Lourdes Caldeira 18 de janeiro de 2021

Sempre tive carros da Ford começando com o corcel, passando pelo.escort e.ka hathc e sedan e em 2020 realizei o sonho de comprar a EcoSport freestyle que era meu sonho. Nunca tive problemas maiores. Mantive as revisões e cuidei muito bem dos meus carros. Agora estou preocupada com a situação. Mas estou pensando seriamente em manter minha EcoSport que tem muito me agradado. Vamos ver o que acontece.

Avatar
Ramon Vasconcelos 17 de janeiro de 2021

Tenho um Ka SE PLUS 1.5 AT e não me arrependo. Está na média de 14,7km/l 50% cidade 50% estrada, tem bom arranque, boa estabilidade na curva. Não tive problemas com peças, ainda. Vamos ver como vai ficar com a saída da Ford.

Avatar
Allan Marinho 17 de janeiro de 2021

Bom ele tá falando de peças que acham fácil além do valor mais em conta, balela pura um jogo de pastilha original está na casa de 450 reais, no mercado de peças automotivas na minha cidade sem de segunda linha por este valor de 08 a 100 reais porém faz barulho na pinça de freio as pastilhas ficam batendo fazendo barulho, então fora isso são ótimos carros os 1.5 4 cilindros os 3 cilindros não tem a mesma resistência já vi mais de 10 carros com motores fingindo seja o bloco ou cabeçote. Os valores nas lojas ainda tão caro.

Avatar
Luis Carlos 24 de março de 2021

Falou besteira. Comprei as pastilhas do meu Já Sedan por 120,00 na própria CCS e instalei fira. Sabe nada!

Avatar
Silvia Español Rodrigues Sabah 16 de janeiro de 2021

Me decepcionei com o Ka . Tenho um 2014/2015 que comprei em 2015 com 30 mil Km. A primeira decepção foi com o consumo de combustível que girava em torno de 6 km/litro porque só ando na cidade. Todos as pesquisas que fiz o s motores 1.0 são os mais econômicos ,mas o ka decepcionou. A segunda decepção chegou no ano passado qdo o motor fundiu com 85 mil. Prejuízo de 10 mil reais com um motor novo e a terceira decepção foi agora com o fechamento da fábrica. Estou vendendo o carro urgente, alguém quer comprar?

Avatar
Edson Lima 16 de janeiro de 2021

Depois de tudo isso que você falou ,não quero não .

Avatar
Silvia Español Rodrigues Sabah 17 de janeiro de 2021

Edson, me decepcionei com as mangueiras do carro, de acordo com a concessionária uma mangueira se soltou e eu não percebi e causou todo esse dano.

Avatar
Jeferson 25 de janeiro de 2021

Isso é um caso em 100.000 que acontece

Avatar
Rodolfo 17 de janeiro de 2021

Que pena que seu motor fundiu. Você sabe o motivo que levou o motor a fundir? Como por exemplo:
– falta de fluido de arrefecimento;
– bomba d’água quebrou o rotor;
– travamento de válvula termostática;
– deficiência de lubrificação: pescador de óleo entupido, borra de óleo e etc.

Avatar
Silvia Español Rodrigues Sabah 17 de janeiro de 2021

Não sei até hj o motivo. Na concessionária eles disseram que foi uma mangueira que se soltou.

Avatar
Jeferson 25 de janeiro de 2021

Tenho um Ka 1.0 SE Plus 2020 e estou muito feliz com o carro, faz 15 km por litro na cidade(gasolina). Apesar da desvalorização ainda gosto do carro,acho bonito mas claro vou ficar de olho em quanto vai cair o preço. Não vou dar ouvido a conversas de pessoas que querem desmerecer o patrimônio dos outros.

Avatar
Adalberto Rodrigues 11 de junho de 2021

Uma pena ter passado por isso, tenho aqui um do mesmo ano, mas compramos zerado. Sinceramente, não lembro de ter graves problemas relacionados ao carro, a manutenção está em dia e o consumo está entre 11 km/l e 15 km/l na cidade (não sou só eu q dirijo, daí varia, mas no Rio de Janeiro, difícil dirigir sem ar e não ter engarrafamento kkkk). Como rodamos sempre em locais próximos, não passamos de 60 mil ainda, mas diante do seu relato, vou estar mais atento. Espero que tenha tido sorte com a venda =)

Avatar
Cristiano 16 de janeiro de 2021

Sou dono de um Ka sedan 2017, e hoje se fosse trocar não compraria de forma alguma um Ford, prefiro dar oportunidade a fábricas que estão no Brasil e geram empregos aqui.

Avatar
Ivan 16 de janeiro de 2021

Muitas pessoas comenta no calor do momento como se nenhum carro desvaloriza com passar do tempo, esse Chevrolet Fiat etc também vai pelo caminho da Ford, agora aparece um monte de boco falando asneiras.

Avatar
ALLAN MARINHO 17 de janeiro de 2021

Verdade! as outas montadoras vão sair do Brasil também a carga tributária e absurda d+ infelizmente aqui não é o lugar mais se os políticos que estão atualmente no poder não fazer nada vão quebrar o Brasil, agora quebra basta o desemprego subir mais, menos imposto cobrado para inss etc… imagina se as empresas vão querer ficar em um país que não é estável.

Avatar
MARGARIDA 16 de janeiro de 2021

Eu em setembro de 2019 comprei o meu ecosport automático OKm adoro muito bom msm …pretendo ficar com ele pra mais de 5 anos, hj com mais de 1 ano,só tem pouco mais de 5 mil km rodado,fiz revisão na concessionária msm ……enfim,daqui ah uns 5 anos tera uma desvalorização absurda ??? Kkkk

Avatar
ALLAN MARINHO 17 de janeiro de 2021

Como qualquer veiculo

Avatar
Jeferson 25 de janeiro de 2021

Fazer o que né. Agora se desesperar e jogar o carro fora não dá né.

Avatar
GILBERTO ANUNCIACAO 16 de janeiro de 2021

Sou da opinião que devemos fazer um forte boicote a Ford, gostam de subsidios,estão devendo dinheiro para o BNDES, se eles tem dinheiro para investir na falida Argentina, que fiquem por lá com seus lixos

Avatar
Saul carvalho de Freitas 16 de janeiro de 2021

Pois é eu saí da linha Fiat e comprei um Ka 2019 e agora vai ter uma desvalorização acentuada , o carro é muito bom

Avatar
Amarildo 16 de janeiro de 2021

Um amigo que trabalha com Uber está há 15 dias sem poder trabalhar, por conta de um defeito no trambulador de um Ka 2020. Simplesmente não existe a peça no mercado. A concessionária diz que tem que encomendar, mas que demora pelo menos 10 dias úteis.

Avatar
Jose 16 de janeiro de 2021

esse governo federal e um bosta não servi pra nada se fosse outra pessoa não deixaria a ford sair do Brasil

Avatar
João 17 de janeiro de 2021

Concordo plenamente com vc amigo. Um presidente sério e responsável nunca deixaria uma empresa como a Ford siar do país.

Avatar
Ariovaldo 19 de janeiro de 2021

Não é questão de incompetencia do governo atual, afinal o pacote de reforma tributária está parada na camara há mais de um ano. Quem sabia que a Ford ia sair do Brasil? Quando eles anunciaram, já era uma decisão tomada e irreversível.

Avatar
Paiva 21 de janeiro de 2021

Meu filho , a Ford queria muito dinheiro como no passado!!..e outra a empresa já vinha fechando suas fábricas pelo mundo!!..agora colocam mais uma vez culpa no Bolsonaro meu tudo e culpa do presidente agora

Avatar
Mário 16 de janeiro de 2021

Eu fico imaginando quanto foi pago pela matéria, lendo cada um dos “motivos”… Nem os donos das concessionárias sabem oque vão fazer da vida, imagina o dono de um Ford. Agora quem tem um, vai ficar procurando justificativas, e isso é triste. Antes de aceitar um “motivo” desses pergunte pra quem comprou um Ford pouco antes de anunciarem que iriam fechar as fábricas no Brasil. E esse governo incompetente nem pra intervir e negociar com a marca.

Avatar
Henrique Brito 16 de janeiro de 2021

Concordo e acrescento que aqui na Regiao Norte, esse fabricante já não é bem visto, imagine agora com essa situação.

Avatar
Eu comprei o segunda uma semana antes da notícia 😥 amo o Ka , não tive nenhum problema com o outro , mas confesso que estou muito triste 17 de janeiro de 2021

Se eu soubesse com certeza mesmo gostando do carro com certeza não compraria

Avatar
Antonio Carlos Soares 25 de janeiro de 2021

Eu comprei uma EcoSport zero modelo fristaile 2021/2021em novembro de 2020, agora tou preocupado o que vai acontecer com o valor qdo eu for vender.😭😭

Avatar
HYGOR DAVID ARAUJO 16 de janeiro de 2021

A Ford não acompanhou a evolução de suas concorrentes, não trouxe inovações a preços compatíveis, sempre usando motores pouco eficientes economicamente. Serviço de revisão e manutenção uma negação, pois era por agendamento porem seu carro nunca era iniciado na hora marcada, isso quando diziam “Não vamos conseguir entregar seu carro hoje”. Tive 3 Chevrolet 0km, por último a 1 ano e meio resolvi experimentar a ford, me arrependi completamente.

Avatar
Henry F. 3 de fevereiro de 2021

É… bons são os motores Fiat, Volkslavagem e GM. Cada um que me aparece…

Avatar
Luis Roberto 18 de fevereiro de 2021

os motores TOYOTA e HONDA são os melhores. Marcas seguras e de grande qualidade. Os japoneses são os melhores.

Avatar
Rodrigo 22 de março de 2021

Tai, evolução.
Volks com motores TSI falindo seus donos.
Chevrolet com o mesmo motor a 20 anos.
Fiat, essa merece um crédito. Até produz motores novos mas o e-Torq é uma piada ( 1.8 )
Toyota usa o mesmo motor a séculos.
Honda, pode variar os motores realmente.
Nissan que usa motores Renault e vice e versa.
E voce vem aqui e fala de evolução. Para.

Avatar
Luiz alberto 16 de janeiro de 2021

Tenho uma ecosport 2006 70m km, comprei zero, nunca me deu dor de cabeça, nao me desfaço por nada.

Avatar
Joelson Rabelo 16 de janeiro de 2021

É isso aí,tenho um Ka 2019 e muita gente fala para trocar,carro bem agil no trânsito, não pretendo me desfazer dele além do mais já sabia que a ford iria embora do Brasil desde 2018 .

Avatar
José Alves Filho 16 de janeiro de 2021

Em 2016 comprei um ecoesport passei até 2020 com ele nunca troquei uma pessoa nunca me deu dor de cabeça tive a felicidade de trocar por um eco.2021 alt 1.5 estou adorando já estou triste não me vejo sem um ecoesport.macacaiba rn .

Avatar
Jfz 16 de janeiro de 2021

Eu não compro mais Ford sai de linha não vale mais nada no mercado compra pro 62.ooo e vende por 20.ooo depois👎👎

Avatar
Francis Meire 16 de janeiro de 2021

Tenho uma Ecosport 2021. Carro maravilhoso, confortável, excelente motorização, anda muito bem. Antes de comprar, pesquisei e foi o carro com melhor custo benefício. Só sinto que não poderei trocar por outra Eco mais nova. Já tive carros da GM, VW, Fiat, mas com certeza, esse Ford que tenho hoje, é melhor que todos eles.

Avatar
LEONARDO SANTOS FERREIRA 16 de janeiro de 2021

Péssima matéria com relação aos referenciais de preço praticados nas concessionárias e não condiz com a realidade.

Avatar
Jorge 16 de janeiro de 2021

O boicote tem ser feito, isso é traição não merece mais o nosso apoio como consumidor,as portas tem ser fechado para importação de carro da Ford!

Avatar
Roberto Mellão 18 de janeiro de 2021

Verdade. Tenho procurado e não acho esses descontos.

Avatar
Denilson Antunes Rodrigues 24 de janeiro de 2021

Realmente e lamentável a saída da Ford ,eu tenho um Focus 2017 carro muito excelente super completo, tem mais itens de série que muitos carros fabricados hoje , não pretendo vender

Avatar
MARCOS VENICIO MENDES MACIEL 16 de janeiro de 2021

A Ford fechou fábricas no mundo inteiro

Avatar
Italo Luiz Daneluzzi 16 de janeiro de 2021

A relação preço conforto qualidade e confiabilidade nos Produtos Ford sempre foi a principal diferença entre as outras marcas.Vou continuar com o mesmo carro atual um Focus Sedan que é uma maravilha de Carro.

Avatar
Ayrton Baldresca 16 de janeiro de 2021

A Ford por acaso teve muita culpa nas vendas de seus carros, ele queimou toda linha com a porcaria do cambio POWERSHIFIT , pior cambio que já tive o desprazer de dirigir, vazava, rangia, dava trancos quer mais ?

Avatar
Raul Pereira 16 de janeiro de 2021

O Bóris que me desculpe mas os brasileiros deveriam boicotar a marca e não comprar nenhum Ford zero em concessionária devido a grande sujeira que a Ford fez no Brasil. O meu dinheiro nunca mais a Ford verá!

Avatar
LEONARDO SANTOS FERREIRA 16 de janeiro de 2021

Não esqueça Raul que a rede de concessionários nada tem haver com a reestruturação da Ford, São mais de 300 lojas no BRasil e familias envolvidas e que depende de vendas para manter o sustento. Boicote não adianta em absolutamente nada. Por isso o Brasil esta na merda!

Avatar
Rodrigo 18 de janeiro de 2021

Nem é necessário discutir eventuais boicotes…
Ninguém comprará veículos Ford caso não tenha descontos exorbitantes !!!
Ou alguém acha que os eventuais compradores pensariam nessas famílias em detrimento de prejuízos pessoais com a acentuada desvalorização (seja pelo encerramento da produção desses modelos ou até mesmo raiva pela maneira como a Ford agiu) dos carros que sobraram???

Avatar
Cláudio 16 de janeiro de 2021

Nem de graça!
E ainda querendo iludir os consumidores!

Avatar
MAFROL 16 de janeiro de 2021

A questão da Ford parar de fabricar veículos no Brasil está, na minha opinião, sendo superestimada. Trata-se de uma operação que não dava lucro, sem perspectivas de reversão devido aos caminhos que a empresa americana propõe e às condições do mercado brasileiro. Claro que para os empregados demitidos, estes sim fazem parte do setor que teve a maior perda, mas cabe a Justiça do Trabalho determinar e fiscalizar que eles recebam o montante que lhes são devidos como consta na lei. Não há vítimas ou culpados nessa história. Isso acontece com várias empresas constantemente. É como se alguém fosse o dono de um comércio em um shopping. Se está dando prejuízo, independentemente da qualidade dos produtos oferecidos e se o dono do negócio entende que não vale a pena continuar, a operação deve ser encerrada. Os colaboradores vão ser os maiores prejudicados mas cabe a empresa indeniza-los sob a fiscalização do Ministério do Trabalho e a vida continua. O shopping no exemplo faz o papel do Governo: cobram impostos elevados e dependendo da negociação com cada loja, oferece subsídios. Voltando para o caso da Ford, entendo que se o custo Brasil fosse mais baixo, não necessitaria dar subsídios às montadoras. Mas para tal, tem que cortar suas despesas, o que não aconteceu até o momento. Mas aí já é um outro capítulo.

Avatar
Carlos Henrique Malta 16 de janeiro de 2021

IPI Brasil 30% Eua 8%, seus pais e avós certamente andaram em uma rural, uma F-100, o Corcel já fez parte até de música, Belina, Del Rey,porque será que os grandes modelos de motocicletas, picapes, e automóveis em geral não chegam aqui no Brasil, 1 carga tributária extorsiva, 2 Uma das piores distribuições de renda do mundo, culpar só a fábrica que já deu muito lucro ao país e fez a alegria de muitos,só fala isso quem nunca andou em um Maverick V8, ou viu o Landau como carro oficial da presidência, cumpriu seu papel com idoneidade, sobreviver em país de corruptos é que são outras, e o consumidor conformado em dar 30% ao governo e 100% ao banco quando financia uma carroça.

Avatar
Jaime 17 de janeiro de 2021

Carlos Henrique Malta, falou tudo. Não há quem aguente tanta carga tributária, enquanto suamos sangue para ter “alguma coisa” nesse País, os excelentíssimos senhores políticos nadam de braçada nas mordomias e
insencões que lhe auferem o cargo, além de dormirem em berço esplêndido.

Avatar
Claudio 16 de janeiro de 2021

Será que esta reportagem esqueceu que quem fazia peças de reposição para manutenção dos carros da Ford como por exemplo : peças do motor , câmbio , central eletronica e chaparias era a fábrica.
Quando alguém tiver problemas nessas peças,entre em contato com a autopapo, e mostre está reportagem ridícula

Avatar
Martins 16 de janeiro de 2021

Acontece que importar peças da Argentina parece bem mais barato do que produzir por aqui . A moeda da Argentina está valendo 16 _ 1real do Brasil ,logo as peças estarão bem mais baratas porque não tem mais o imposto de produção . Só vai ter o ICMS . Então talvez não seja uma boa ideia acompanhar essa “comoção” em massa que está havendo por conta da saída da Ford por aqui.

Avatar
Fábio 16 de janeiro de 2021

Já tive um ka 2009 não deixou nenhuma saudade, comprei zero tive vários problemas um deles é o aquecimento causando muita dor de cabeça, estourando reservatório de água do radiador(3 reservatórios originais) mangueiras, selo do motor, entre outros, isso fazendo todas as revisões e mantendo peças originais, na minha opinião entre as grandes montadoras a ford fica em primeiro lugar como a pior.

Avatar
Clayton Quintino 16 de janeiro de 2021

Tenho um Ford KA 2009 e acabei de ter problemas com aquecimento. Uma pena!

Avatar
Simone 16 de janeiro de 2021

Eu acho que não há razões para comprar Ford porque essa montadora desempregou 10000 brasileiros eu não compraria.

Avatar
Mauro Silva Ferreira 15 de janeiro de 2021

Que droga, joguei meu dinheiro fora quando comprei esse carro. Pior que a garantia acaba esse ano, um sonho que virou um pesadelo.

Avatar
Rock 15 de janeiro de 2021

SAIU DO BRASIL DEIXOU DE SER BRASILEIRO NÃO COMPRO, O BRASILEIRO NUNCA APRENDE.

Avatar
Henrique Nascimento 15 de janeiro de 2021

O que devemos fazer com a Ford é deixar esses carros no pátio e confisca-los para pagar todos os débitos desses safados. Caminhões chegando no pátio da fábrica e eles mandando os caminhões de volta. Desrespeito se paga com a mesma moeda.

Avatar
Carlos leal 15 de janeiro de 2021

Muito simples: nos anos 80 passei a entender o que era a Ford; retificar um motor de um ” sapão” Scott custava 4 vzs mais do que retificar um motor AP volks

Avatar
Henry F. 3 de fevereiro de 2021

Um motor Volkslavagem quebra 5 vezes mais. Ford ainda está no lucro…

Avatar
André Martini 15 de janeiro de 2021

Todos os motivos apresentados na matéria (descontos, facilidade de peças, pós venda, liquidez e conjunto mecânico) as outras marcas (Fiat, Chevrolet, VW, etc) possuem. Tais motivos não são exclusivos da Ford.

Avatar
Tito 15 de janeiro de 2021

Eu fui revendedor de autos por 14 anos,e sempre vendi muito bem veículos da Ford,motor ZETEC ROCAN dava show( econômico e resistente.Já possui 4 ECOS ( FREESTYLE) ÓTIMAS,NUNCA ME INCOMODEI.NÃO VEJO PORQUE P DESVALORIZAR NENHUM MODELO.QUE CULPA TEM O VEICULO POR UMA DECISÃO ERRÔNEA DE EMPRESA/PAIS.

Avatar
Sueli 16 de janeiro de 2021

Eu tenho o carro da Ford, não me arrependo…otimo motor e super económico.

Avatar
Sergio 1 de maio de 2021

Tenho um ka 19/20 frestyle completo de tudo carro muito bom, rapido, nas curvas nunca tive um igual,não compro carro pensando em revender ,quando for vender eu penso até lá eu uso o carro que é muito bom.

Avatar
Adriano 15 de janeiro de 2021

Tive um Ka em 2001 e outro em 2003. Ágeis e econômicos… mas ruins de revenda. Depois tive um Ecosport Freestyle 1.6 2008, excelente para a época. Meu último Ford foi um Fiesta Rocam sedan 1.6 flex, modelo 2012. Excelente carro. Fiquei três anos com ele e depois vendi com alta desvalorização. A partir daí decidi não ter mais nenhum carro da marca.

Avatar
Paolo Xavierl 15 de janeiro de 2021

Pois eu comprei um Ka Sedan 2016 cujo anuncio estava só um dia no site. Depois vendi ele em uma semana para comprar um veículo mais novo ainda. Acabei comprando um ka hatch, automático, cujo anuncio não tinha completado 24h, juro! Claro q uma situação como essa dificilmente vou viver novamente, mas não acredito que revenda seja ruim a ponto de casar com o carro.

Avatar
Jeferson 15 de janeiro de 2021

Várias marcas oferecem desconto, esse desconto oferecido pela FORD é merreca perto da grande desvalorização que terá. Diferente de um carro que sai de linha, a FORD fechou a fábrica, deixando muitos consumidores insatisfeitos. Imagina quem comprou um Ford nos 2 últimos anos, está feliz.?

Segue 5 motivos para não comprar um FORD:
1) Alta desvalorização do produto, posto que ficará manchada para muitos trabalhadores que perderam emprego, bem como para as pessoas que compraram o veículo recentemente;
2) Não fez recall do câmbio Power “Shitt”. Preferiu fugir e tirar de linha o Focus, do que corrigir o problema;
3) Peças que custam o olho da cara. Vejam quanto custa um compressor de ar condicionado do Ford Focus. Em 2015, gastei 5k em uma peça paralela para o Focus 2010. Na concessionária era bem mais caro. Com o dolar nas alturas, nem imagino quanto custa hoje.
4) Preferência em produzir na Argentina do que no Brasil. O Brasil é o principal mercado produtor e consumidor da América do Sul. Em regra, as montadoras tem fábrica aqui. Não conheço outra marca que tenha fábrica somente na Argentina. Comprem a S10/L200 que são produzidas no Brasil ou a Toyota Hilux que não quebra.
5) Desculpa esfarrapada para fechar, pura incompetência ao não assumir seus erros. Colocam a culpa no governo/ covid. O que explica o investimento da GM de 10 Bi, o investimento da Honda em Itirapina, o investimento da Toyota em produzir o primeiro hibrido Flex do mundo, bem como expansão da planta de Sorocaba; a Volks em lançar vários SUVs em tão pouco tempo, a Jeep com uma crescente produção/ novos modelos e por aí vai. Reinou por anos sozinha no segmento SUV com o Ecosport e simplesmente se acomodou. Nunca assume seus erros. Assim como ocorreu com o Power Shitt, lembro do pneu traseiro que estourava da Ford Explorer. Causou mortes e não deu em nada.
Assim, teve o fim merecido.

Avatar
Fabiano 15 de janeiro de 2021

Falou e disse.

Avatar
André Martini 15 de janeiro de 2021

Uma sugestão para o site: deletar a matéria na íntegra e colocar este comentário do Sr. Jeferson no lugar.

Avatar
Flailson 15 de janeiro de 2021

Resposta melhor que materia do auto papo.

Avatar
Edy 15 de janeiro de 2021

Cara. Parabéns muito melhor que a matéria. Seu comentário está top.

Avatar
José Carlos 16 de janeiro de 2021

O seu comentário é perfeito.
Tive carros Ford e a realidade é essa aí mesmo. Quando teem a peça de reposição, a mesma é caríssima.

Avatar
Daniel 16 de janeiro de 2021

Falou e disse! Perdeu mercado por incopetencia e muitas decisoes erradas da matriz americana. Ja que foi embora, temos que prestigiar quem produz aqui! Se o problema fosse só o Brasil, outras marcas não investiriam dinheiro ao mesmo tempo em que a Ford foge… foi um enorme desrespeito com quem comprou carro da marca recentemente! Governo deveria ter pulso firme nesta hora e taxar mais alto quem não tem fabrica no Brasil, pois além de deixar milhares de desempregados, quando se comprar um Ford, nosso dinheiro estará indo manter empregos em outro país do mundo, sem qualquer compensação.

Avatar
Bernardino O JR 15 de janeiro de 2021

Isto é uma reportagem ou um a propaganda para as concessionárias desovarem o estoque? Pois acho que ninguém deveria comprar estes carros. Sem contar que as peças Ford , antes da notícia, já eram encontradas, na maioria das vezes,somente nas concessionárias e caras . Agora vai piorar muito. Será um mico. No Brasil, se estão dando desconto, tem alguma coisa errada.

Avatar
Marcos 15 de janeiro de 2021

Olha,a ford saiu mas voltará,pois atendencia de aqui pra frente e carro eletrico,e ponto final

Avatar
Raul 16 de janeiro de 2021

Se voltar, volta completamente queimada no Brasil!

Avatar
Luzelio de freitas. 16 de janeiro de 2021

Tenho um wew fiesta paulschip. 2014, nao me incomoda um baita carro…..e nao estou preocupado com essa conversa da ford….nao vamos sofrer antecipado, esperar pra ver….vou ficar com meu ford Titanium.

Avatar
Rodrigo 15 de janeiro de 2021

Discordo completamente. O mercado de peças paralelas pode até continuar funcionando, mas a assistência das concessionárias com certeza se esgotará, pois a marca quer trabalhar no Brasil com modelos importados de luxo ou altamente valorizados por aqui. Comprar qualquer um desses dois modelos agora é o maior tiro no pé. A médio prazo vai acontecer com eles o mesmo que aconteceu com aquela enxurrada de motos e veículos chineses que duraram pouco tempo no Brasil e logo sumiram. A FORD pisou na bola em vários aspectos, e não avisar o consumidor com certa antecedência foi grave, afinal estamos falando de produtos de custo muito elevado.

Avatar
Heliio garcia 15 de janeiro de 2021

Eu não compraria nem um logo ficaremos cem peças de reposição trabalho com uma 350 ja guando preciso de peças ninguém tem e bom gue vão embora deves trairas não precisamos

Avatar
Jeferson 15 de janeiro de 2021

Trabalhei no setor automotivo, atendendo as principais montadoras. E desconheço que haja um prazo para o fornecimento de peças definido em lei. Há um acordo de cavalheiros para definição do prazo. Contudo, o prazo varia e depende do contrato firmado entre fornecedor e montadora, que começa a contar após o phase out do carro.
Agora como ficaram os fornecedores da Ford, foram avisados que iria fechar a fabrica com antecedência? Iram cumprir o prazo de fornecimento, considerando que a Ford provavelmente não tenha cumprido o prazo do produto?

Avatar
Fernando 15 de janeiro de 2021

Sou proprietário de ford Ka sedan 2019 automático estou extremamente decepcionado com a Ford brasileiros nao comprem mais carros dessa marca deixem esses carros encalharem mas concessionária

Avatar
Raul 16 de janeiro de 2021

Não tem comprar mais nada da Ford.

AutoPapo
AutoPapo 15 de janeiro de 2021

A garantia de todos os veículos, já vendidos ou não, continua valendo normalmente, Rodrigo. A própria Ford já confirmou essa informação, até porque, por lei, ela não pode deixar de prestá-la. Nenhum carro, ao sair de linha, perde a garantia: o período de cobertura só termina quando o prazo estabelecido pelo fabricante se encerra.
Abraço!

Avatar
Jeferson 15 de janeiro de 2021

Autopapo, e após o período de garantia?
A garantia da Ford é uma das menores do Brasil, diferentemente da Hyundai e Toyota que oferecem 5 anos de garantia.

AutoPapo
AutoPapo 15 de janeiro de 2021

Olá, Jeferson.
Caro, o Boris Feldman explica essa questão em detalhes no vídeo associado ao item 2 do texto.
Abraço!

Avatar
Claudio 15 de janeiro de 2021

Matéria paga completamente tendencoisa Há um motivo sim para comprar esses carros: se você for um completo débil mental!

Avatar
André Martini 15 de janeiro de 2021

Foi isso que pensei. Investir no Brasil sairia muito caro para a Ford, então ela resolveu pagar a este “jornalista” para escrever esta matéria.

Avatar
IVAN VASCONCELLOS 16 de janeiro de 2021

O melhor comentário de todos!!!! Parabéns pela franqueza.

Avatar
Ronaldo D. Duarte 15 de janeiro de 2021

Tenho um ford KA 1.5 novinho (8.000 km) e a notícia me pegou de surpresa. Fiquei quase deprimido porque eu sempre gostei da marca. Agora eu penso em entrar com uma ação judicial contra a empresa, para que eu possa devolver o veículo e pagar apenas pelo aluguel dele (por 9 meses). Algum advogado pode me ajudar?

Avatar
Fernando B 15 de janeiro de 2021

E seu argumento será sustentado no que, amigão? Não é assim que a banda toca

Avatar
João Luiz 16 de janeiro de 2021

Fernando B
Excelente resposta!!!

Avatar
carlos 16 de janeiro de 2021

boa sorte com isso amigão hahahaha

Avatar
Cláudio A S Lima 17 de janeiro de 2021

Tenho certeza que vc tem excelente carro.

Avatar
alexandre gregorio 15 de janeiro de 2021

uma pena realmente a ford ter chutado o balde dessa forma..os motores and cambios sao otimos a dirigibilidade e estabilidade sao irretocaveis..o acabamento nos ka deixava a desejar..os instrumentos do painel eram ridiculos..isso se faz verdade tb..mas o carro vendia bem..embora tao caro qto os concorrentes e ficaria cada vez mais caro tb..mais uma razao para a ford n ter feito o q fez..

Avatar
Walmir 15 de janeiro de 2021

É melhor comprar um peugeot que um ford

Avatar
Débora 15 de janeiro de 2021

Putz , Pegrout e Citroen são furada !

Avatar
Daniel 16 de janeiro de 2021

Renault acho mais negocio… Todas as marcas que ficaram no Brasil vao ganhar, até a Caoa Cherry! Quem era revendedor Ford vai ir atrás de uma nova bandeira pra representar, e as marcas fora do “G-4” tendem a ganhar muitas lojas ex-Ford.

Avatar
carlos andre 16 de janeiro de 2021

deve trabalhar na peugeout

Avatar
Pablo 15 de janeiro de 2021

Pelo amor de Deus esses comentários foram muito INFELIZES, não entendo o porque de falar algo que não se tem conhecimento para queimar uma marca, o New Fiesta e o Focus são muito Valorizados no mercado até hoje, e há peças para todos os modelos que a tempos já saíram de linha, a Ford já veio a publico e se comprometeu dar assistência e peças para todos seus veículos, apenas parou de fabricar dois modelos, e já tem 3 lançamentos novos ainda para este ano, toda a gama da Ford sempre foi importada menos o ka e a Ecosport, Maioria das marcas tem em sua maior parte do portfolio importada, a Ford permanece no Brasil, só não fabrica mais carros aqui e quem é amante desses carros vai correr atrás deles e pela escassez ele será super valorizado e não o contrario.

Avatar
JAIRO Luís Demarchi 15 de janeiro de 2021

Muito bom seu comentário falou tudo

Avatar
João 15 de janeiro de 2021

Excelente comentário Pablo!
Pela maioria dos comentários é fácil perceber como existe analfabeto funcional. Pessoal não é capaz de ler e interpretar um texto.

Avatar
Luis 16 de janeiro de 2021

Exatamente!! Comprei um Ford Ka recente.. cinco meses..gosto mais de dirigir nele do que no Corolla. Faz 15 entre cidade e estrada..já minha mão 18,3 km/litro. E tem peça por tudo.. já pesquisei.

Avatar
Jeferson 15 de janeiro de 2021

Aonde que New Fiesta e Focus são valorizados? É absolutamente ao contrário. Veja a tabela FIPE, caso não acredite. Compare o valor de um Focus Titanium com um Corolla Altis, Civic EXL, Jetta ou Cruze LTZ.
Apenas parou de fabricar 2 modelos, por que ela já estava se preparando para fugir do Brasil. Aqui ela já fabricou Ford Pampa, Courier, Fiesta, Del Rey, Corcel, Belina, Galaxy, Verona, Royale, Escort, além dos citados modelos. Pouco a pouco foi tirando os modelos até sobrar os 2.

Avatar
Marcos 15 de janeiro de 2021

O brasileiro se afoga num copo de agua,picuinhas.

Avatar
NANCY 15 de janeiro de 2021

Pablo, concordo com sua opinião. Tenho uma ford Edge, baita carro bom! Estável ,seguro, tu sente o carro na mão aos 160 na estrada. É o tipo de carro que vão dar seguimento… A Ford só tem carro grande lá fora (USA, Canadá…) Aqui tentaram fazer carro popular, foi isso que melou tudo pra eles. Quem tem um Carro desse porte e vista da marca, vai onde ela estiver.O problema é com os carros q foram feitos aqui.Mas a lei é clara e a própria Ford já se pronunciou que não deixará ninguém sem assistência. Há uns 10 anos atrás aconteceu a mesma coisa com a Suzuki e,hj vc vê muita gente comprando e adorando o carro.

Avatar
Guedes 16 de janeiro de 2021

Fiesta e Focus valorizados? Aham rsrs…

Avatar
Pablo 16 de janeiro de 2021

notasse a burrice de um camarada quando ele diz que o Focus e o New Fiesta não são valorizados no mercado, a Ford Cansou de vender veículos que não da lucro, simples assim vende menos carros globais de qualidade superior vende menor volume com lucratividade maior, chooooooooraaa

Avatar
Vanderlei 16 de janeiro de 2021

Falou tudo, os carros da marca são ótimos, ecosport, new fiesta, ka.
É simples, visitem oficinas e vejam com os próprios olhos quantos veículos ford tem lá dentro kkk

Avatar
Aparecida Lima 16 de janeiro de 2021

Concordo com você Pablo, tem diversos carros que saíram de linha de outras montadoras e eu não vi o preço cair, a desvalorização acontece normalmente com todos, devido o ano de fabricação, a conservação. Percebi que tem gente que fica aterrorizando quem comprou o carro recentemente, isso é falta de respeito é empatia, comprei um Ka Sedan 0km em dezembro, fiquei triste no começo, mais agora raciocinei e percebi que perdas vão ter os funcionários, a empresa poderia ter pensado neles,se eu vou ter perdas no futuro? vou, a gente sabe que quando o carro sai da concessionária ele já não vale a mesma coisa, se ver isso na hora de fazer o seguro, então não vou sofrer por antecedência, se a gente se desesperar aí sim fazemos o preço cair.

Avatar
João 17 de janeiro de 2021

Concordo plenamente,a Ford já se pronunciou sobre prestar atendimento aos clientes. Eu comprei um Ford ano passado confesso que fiquei triste,mas carro nunca foi investimento.

Avatar
Henio Ricardo da Cruz 15 de janeiro de 2021

Kkkkk. Isso, façam o que o Boris Feldman sugere. Paguem até 105 mil no Ecosport ou qualquer valor, para uns carros, que não só saíram de linha, como a fábrica montadora fugiu do país. Ou seja, daqui a pouco vão ter que comprar qq peça no Paraguai. Acabou gente, é o fim, mas quem não acredita ainda, vá comprá-los e deixo aqui outra dica. Já que estão rasgando dinheiro, com os descontos adquiridos, dá pra comprar um carro da JAC motors. Inacreditável esse povo.

Avatar
Samuel Peixoto paim 15 de janeiro de 2021

Sim todos os carros que saíram de linha tem pepeças perfeita dica

Avatar
Marcelo 15 de janeiro de 2021

Acabei de abandonar o site autopapo depois dessa reportagem, perdeu toda a credibilidade.

Avatar
Fernando Santos 15 de janeiro de 2021

Estou contigo. Deixando inclusive inscrição no youtube. Imprudência fazer as pessoas acreditarem que de alguma forma há como ter algum benefício em investir tanto em algo que deixará de ser fabricado e ainda pior, a fabricante vai embora. Tenho conhecidos que estão com Focus na mão MUITO desvalorizados e não vendiam porque ninguém quer investir, pois saíram de linha. Imagina agora ???
Sacanagem heim Boris. Deve ter recebido da FORD e concessionárias para realizar a propaganda, deixando de lado quem pouco entende………

Avatar
MRJ 15 de janeiro de 2021

Quer dizer que comprar carro é investimento? kkkkk
Pelo jeito você que não entende nada sobre carros.

Avatar
Paolo Xavier 15 de janeiro de 2021

Vários entendidos por aqui cravando cenário apocaliptico para os proprietários de Fords. Desvalorização acima da média vai acontecer? Sim, é natural. Mas pelo jeito que se fala, parece que qualquer carro Ford se tornou um modelo de vendas pífias, de uma marca que ficou um ou dois anos no Brasil e saiu fora. Menos, bem menos. Pura especulação. Ecoesport e principalmente o Ka venderam muito bem, basta olhar nas ruas. Por aí já dá para ver que tem demanda por peças e aceitação do mercado. E se vc teve experiência ruim com Ford, sinto muito. Boa sorte com seus carros. Mas da mesma forma q vc jamais compraria um Ford, tem também quem é fã da marca e tem aquele consumidor que no mercado de usados não é ligado a marca nenhuma e um Ford se encaixa no que ele precisa. Enfim, tem mercado pra tudo.

Avatar
Fernando 16 de janeiro de 2021

MRJ o conceito de investimento é amplo. Para uma pessoa com coeficiente intelectual normal, ela vai entender que neste sentido dado de investimento não é para investir para dar lucro, mas sim para investir para comprar um bem. Se vc compra um carro vc esta investindo seu dinheiro nele. Qualquer compra de automóvel não tem objetivo de se investir para ter lucro mas usufruir de um bem, todavia, vc precisa estar atendo à desvalorização tb pois vc vai precisar trocar ele em algum momento…….

Avatar
carelos nascimento 16 de janeiro de 2021

ignorante detected

Avatar
Luis Roberto 15 de janeiro de 2021

Seria uma maneira de “ajudar” a FORD a vender seus carros (uma vez que jornalista é bem informado) ?

Avatar
André Martini 15 de janeiro de 2021

Pois é. Ele ajudou a Ford e a Ford o ajudou ($$$)

Avatar
rodrigo nobre 16 de janeiro de 2021

dããããã

Avatar
LAERCIO MONZANI JR 15 de janeiro de 2021

Nada de novo nos preços acima, estes “descontos” aqui descritos são, na verdade, os mesmos preços que já eram praticados antes de 11/01. Quem escreveu esta matéria provavelmente faz tempo que não pesquisa preços de carros Zero Km, baseou-se apenas nos valores de tabela, quase sempre maiores que o mercado.

Avatar
Deixe um comentário