Conheça o ‘Red Pearl’, o único Scania conversível do mundo com 1.000 cv

Construído em 2008 pelo famoso Sven-Erik ”Svempa” Bergendahl, caminhão personalizado carrega uma curiosa história

scania r999 v8 red pearl
Caminhão exclusivo foi construído sobre um protótipo que seria descartado (Fotos: Divulgação)
Por Érico Pimenta
26 de janeiro de 2022 17:03
  • Scania Red Pearl é caminhão conversível feito sobre um protótipo do T580
  • Modelo foi personalizado por Sven-Erik ”Svempa” Bergendahl
  • Ele é empurrado por um motor V8 de 1.000 cv de potência

Se você é um apaixonado pela Scania ou conhece sua história, sabe que o nome Svempa está atrelado a caminhões limitados ou únicos, como o Red Pearl: um modelo conversível com mais de 1.000 cv de potência.

Tudo começou em 2004: os suecos apresentaram ao mercado europeu a sua nova gama de caminhões composta pelos modelos P, R e T (posteriormente a série G seria apresentada). A nova geração agradou o mercado, tanto que conquistou o International Truck Of The Year de 2005, prêmio de grande importância no segmento.

scania t580 6x4 topline
Scania T580: modelo apresentado em 2004 e descontinuado em 2005

A série T, dos modelos bicudos, foi descontinuada em 2005 devido às baixas vendas globais do modelo, e a última geração nem mesmo chegou ao Brasil, um dos seus maiores mercados.

VEJA TAMBÉM:

Após o lançamento, as “mulas de testes” ou protótipos são sem dó ou piedade, destruídos e é aí que a história do Red Pearl começa, ele era uma das mulas de testes da série T que já tinham o seu fim definido: virar sucata.

Devido ao bom relacionamento entre Svempas e a Scania, uma das unidades foi salva e vendida para a oficina de personalização, dando início a um dos modelos mais icônicos, o Red Pearl.

sven erik
O lendário personalizador de caminhões Sven-Erik junto a sua última criação, o Frost Fire

A filosofia de Sven-Erik sempre foi de apresentar algo novo e diferente ao mundo, então, ao receber a mula de testes, que era equipada com motor V8 de 500 cavalos, começou a pensar no que poderia ser feito.

Junto com o seu projetista Jan Richter, Sven-Erik teve a ideia de fazer um “Open Top” ou conversível. Assim toda a sua equipe começou a trabalhar no caminhão, que passou por um jateamento para remover a tinta e revelar possíveis danos estruturais que o modelo de testes poderia ter.

Depois, o modelo foi levado até a Laxå Special Vehicles, empresa que faz parte do grupo Scania e atualmente é responsável pela construção das cabines “Crew-Cab”, da série L além dos chassis 8×4 da Scania. O modelo foi levado para Laxå antes do natal de 2005 e em 2006 retornou para a oficina do Svempa, a Svempas AB.

Com o retorno do caminhão à oficina, o projeto pode ser iniciado, e uma das modificações mais “pesadas” foi a retirada da cabine, para fazer o conversível. O para-brisa do modelo foi projetado do zero e conta com vidro reforçado.

O interior foi modificado usando como base da série T, porém recebeu partes em fibra de carbono, material que não era usado de forma tão comum como é hoje em dia. Ainda no piso da cabine, foi feito aberturas com tampas de acrílico no qual pode se ver parte do grande motor V8.

O chassi também foi todo retrabalhado e deixado de forma mais “clean”. Isso além da quinta roda, que foi removida pois não teria mais uso. A suspensão frontal foi adaptada de um ônibus com bolsas de ar, assim, o caminhão pode ser rebaixado de forma mais “segura”.

Curiosamente, o chassi recebeu duas capas laterais, atrás dos tanques, e nelas é possível ver dois tubos cromados: parece ser o sistema de escapamento do modelo, porém ele abaixo da cabine com saída direta das turbinas, fazendo que o som do grande motor V8 possa ser escutado até 1 quilômetro de distância.

scania red pearl traseira
A traseira do modelo foi modificada para deixá-la mais clean

O motor originalmente era um V8 de 16 litros e 500 cavalos, mas foi preparado para 1.000 cavalos e extraoficialmente é capaz de levar o Red Pearl de 0 a 100 km/h em 5 segundos. Atrelado ao motor, o modelo recebeu uma transmissão automática ALLISON.

Por fim, a pintura do modelo é a única modificação do caminhão que teve o seu preço revelado, cerca de 20 mil dólares. Além da cor e do grafismo, é possível ver o número 39, que é uma referência ao ano de nascimento de Sven-Erik “Svempa” Bergendahl – 1939 (atualmente com 82 anos).

Ao todo, o projeto levou cerca de 3 mil horas para ser concluído, e o Sven-Erik menciona que até mesmo chegou a dormir alguns dias na oficina, já que naquela época o Red Pearl era prioridade.

O Red Pearl e suas atualizações

Ao longo dos anos, o modelo recebeu pequenas atualizações, entre elas, a grade, chassi, para-brisa e retrovisores receberam uma nova pintura em tom Black Piano. Um aerofólio também foi instalado na traseira do modelo.

scania red pearl atualizado
Red Pearl na atualidade, com nova pintura na grade, para-brisa e retrovisores; ao lado dele, o Jade Wing, outro modelo construído por Svempas

Apesar de outros “show-trucks” fossem apresentados após o Red Pearl, o modelo é constantemente visto em feiras e exposições ao lado do Frost-Fire  Chimera e se tornou um ícone, sendo um belo cartão de visitas da oficina Svempas.

Scania compra direitos de marca da Svempas AB

Já em 29 de junho deste ano de 2021, a Scania anunciou que estava comprando o direito do nome Svempas. De acordo com a montadora, a longa relação entre as empresas s trouxe grandes frutos, como as diversas séries limitadas criadas pela Svempas para a Scania.

“Valorizamos muito o nome Svempas. A Scania, conforme comunicado anteriormente, entrou em uma grande transformação em ambos os produtos, de fóssil a eletrificado e renovável, e em nossas formas de trabalhar. Ter os direitos sobre o nome e, com isso, ser capaz de administrar a marca registrada exclusiva da Svempas junto com nossa própria marca forte, garante que essa cooperação se junte à nossa transformação ”, disse Anders Williamsson, gerente de Operações Industriais da Scania.

Ficha Técnica Scania Red Pearl (R999 V8)
Base Scania T500 V8
Motor SCania DS16 EMS 16 Litros (15.6) V8
Potência 1.000 cavalos
Torque 449 kgfm
0-100 km/h Em 5 segundos
Velocidade máxima teórica 210 Km/h
Velocidade máxima real 188 km/h
Chassi 4×2
Cabine Cabine modelo T conversível.
Valor Sem preço

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
SOBRE
8 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Sergio 3 de fevereiro de 2022

Boa tarde boris, posso fazer um rodízio no meu hb20 s?

Avatar
Jorge dos Reis l 2 de fevereiro de 2022

Serve mais para exposição, não passando de um conceito, um Optimus prime hot Wheels.

Avatar
Eu 1 de fevereiro de 2022

Tem toda a razão! Estou brocha, inclusive!

Avatar
Vanda Silva 29 de janeiro de 2022

Qual o carro semi-novo mais barato do mercado?

Avatar
Eu Santos 28 de janeiro de 2022

Típico veículo que não serve para nada!

Avatar
Alexandre camargo 31 de janeiro de 2022

Igual você,não serve pra nada kkkkk

Avatar
Nelson 28 de janeiro de 2022

Fabuloso…obra de arte.

Avatar
Elisabet Verardi 27 de janeiro de 2022

Nota 10 amo

Avatar
Deixe um comentário