Quais os sedãs médios seminovos que mais valorizam?

Mobiauto investiga segmento de sedãs médios no Brasil: o Toyota Corolla não é “sempre” o melhor negócio da categoria. Há surpresas

cruze midnight preto traseira em movimento
O Cruze 2019 foi o sedã que mais valorizou (Foto: Chevrolet | Divulgação)
Por Eduardo Rodrigues
09 de maio de 2022 14:32
Com Mobiauto

Start-up do segmento automotivo que mais cresceu em 2021 e um dos três maiores marketplaces de carros usados do país, a Mobiauto, recém-incorporada ao menu do banco PAN, mergulhou a fundo no segmento de sedãs médios do mercado nacional. Oito veículos foram analisados, nas suas mais variadas versões, nos anos 2021, 2020 e 2019, em um total de 51 automóveis pesquisados. E há mudanças importantes no ranking de valorização de acordo com o ano: o bom negócio não é feito apenas de Toyota Corolla. É feito com ele, OK, mas não é o único.

O comportamento que se espera de um campeão de vendas como zero km – 41.891 unidades vendidas em 2021, mais do que o dobro do segundo colocado (Honda Civic, com 18.949 unidades) – repete-se aqui na condição de seminovo: ele colocou uma versão como campeã da valorização nos seminovos de 2021 e 2020, e ficou na vice-liderança de 2019.

VEJA TAMBÉM:

A pesquisa levou em consideração somente modelos com volume expressivo de anúncios de seminovos na plataforma da Mobiauto, comparando os preços desses carros no 1º trimestre de 2021 versus o 1º trimestre deste ano. No caso dos modelos 2021, o Corolla reina praticamente sozinho. Dos seis modelos pesquisados, cinco são versões do sedã campeão de vendas e somente uma versão do Honda Civic integra a lista. Na média, esses sedãs valorizaram 15,63%, com a versão 2.0 Altis da Toyota despontando como campeã (21,73% de alta no período).

Novo Corolla Híbrido Foto Alexandre Carneiro | AutoPapo
O líder da categoria foi o segundo mais valorizado (Foto Alexandre Carneiro | AutoPapo)

Quando a pesquisa seleciona somente os modelos 2020, com 18 modelos investigados (versões de Corolla, Civic, Nissan Sentra, Chevrolet Cruze, VW Jetta e Kia Cerato), a média de valorização do segmento é de 11,27%. Novamente o Corolla repete a performance e brilha com a versão GLI na liderança: 15,35% de ganho em um ano.

Sedãs médios 2019 estão acima da média

Mas tudo muda nos modelos 2019. Em um total de 27 veículos pesquisados (além dos modelos já mencionados, entra o Citroën C4 Lounge no levantamento) e média de valorização de 14,91%, o Corolla mais valorizado aparece numa discreta quinta posição. O surpreendente campeão é exatamente o Citroën C4 Lounge Live 1.6 THP, que apreciou 21,67% (vice-campeão geral do levantamento), tendo três versões do Cruze entre a 2ª e a 4ª posições no ranking.

E é justamente por essa ótima presença no pódio da pesquisa que o Chevrolet Cruze aparece na liderança na média ponderada de todas as versões de cada ano. Veja a tabela.

Marca Modelo Ano Média Média Valorização
Chevrolet Cruze 2019 R$ 88.745,42 R$ 104.318,27 17,55%
Toyota Corolla 2019 R$ 95.763,84 R$ 111.467,51 16,40%
Mitsubishi Lancer 2019 R$ 67.735,51 R$ 78.775,21 16,30%
Toyota Corolla 2021 R$ 134.478,97 R$ 154.935,61 15,21%
Kia Cerato 2019 R$ 74.421,86 R$ 85.661,86 15,10%
Honda Civic 2021 R$ 121.311,33 R$ 139.193,15 14,74%
Volkswagen Jetta 2019 R$ 126.486,63 R$ 144.540,58 14,27%
Toyota Corolla 2020 R$ 130.182,56 R$ 147.385,11 13,21%
Nissan Sentra 2019 R$ 78.542,50 R$ 87.635,76 11,58%
Honda Civic 2020 R$ 118.483,77 R$ 131.402,45 10,90%
Kia Cerato 2020 R$ 99.729,09 R$ 110.462,34 10,76%
Citroën C4 Lounge 2019 R$ 73.946,92 R$ 81.853,34 10,69%
Honda Civic 2019 R$ 112.165,44 R$ 124.007,41 10,56%
Volkswagen Jetta 2020 R$ 146.231,10 R$ 159.651,00 9,18%
Chevrolet Cruze 2020 R$ 107.994,12 R$ 116.555,11 7,93%
Nissan Sentra 2020 R$ 89.420,35 R$ 93.956,76 5,07%

“Vale destacar o resultado do Citroën C4 Lounge Live 2019 (ver tabela anexa), que valorizou 21,67%, e expressa um outro ângulo de análise do mercado: o custo/benefício. Explico: ele é um sedã com motor turbo, espaçoso e luxuoso, de 3 anos de uso, que custa hoje R$ 76,4 mil, ou seja, é o modelo mais acessível de sua categoria! Apesar de ser um carro fora de linha, a procura por ele aumentou muito devido ao preço acessível, e isso promoveu essa supervalorização”, comenta o consultor automotivo Sant Clair Castro Jr., CEO da Mobiauto.

Ao analisar o “top ten”, o executivo da start-up destaca a mescla de modelos, incluindo sete carros diferentes, o que configura a fidelidade de parte do mercado ao segmento como um todo. “Claro que a multiplicidade de versões e os resultados positivos do Toyota Corolla desequilibram essa disputa e o transformam no grande sedã do mercado nacional. Mas ver a presença de dois modelos fora de linha entre os dez mais valorizados, por exemplo, como é o caso do próprio C4 Lounge e do Mitsubishi Lancer, realça a procura por todos os modelos desse segmento de mercado”, finaliza Castro Jr.

Outro ponto mencionado por Sant Clair Castro Jr. diz respeito à valorização média dos anos. “Estamos vivendo um período de falta de modelos novos, o que impulsiona imediatamente as cotações dos modelos 2021. Eles acabam substituindo a compra do carro zero km e é normal que tenham alta valorização (15,63%). O curioso é verificar que as versões 2019 ganharam mais preço (14,91%) do que as de 2020 (11,27%). A única explicação que encontro pra isso é que os modelos mais velhos já começam a coincidir com os carros zero km mais baratos do mercado. E é aqui que o cliente faz a conta: ‘compro um Fiat Mobi ou um Honda Civic 2019 pelo mesmo preço?’ Deve ser isso que deu esse ganho percentual aos modelos com três anos de uso”, explica.

👍  Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.

TikTok TikTok YouTube YouTube Facebook Facebook Twitter Twitter Instagram Instagram

Ah, e se você é fã dos áudios do Boris, procure o AutoPapo nas principais plataformas de podcasts:

Spotify Spotify Google PodCast Google PodCasts Deezer Deezer Apple PodCast Apple PodCasts Amazon Music Amazon Music
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário