Boris debate fim da Seguradora Líder e o futuro do DPVAT

Seguradora Líder usa dinheiro público para defender interesses privados; Boris Feldman debate com promotor e advogado futuro do DPVAT

Por AutoPapo 17/01/20 às 17h30

Boris Feldman foi o primeiro jornalista no Brasil a denunciar as fraudes e os escândalos financeiros da Seguradora Líder e do Seguro DPVAT. Ele debateu sobre o assunto na Rádio 98 FM, de Belo Horizonte, com o jornalista Paulo Leite, com o promotor do MPMG Paulo Márcio e com Délio Malheiros, advogado especialista em Direito do Consumidor.

Confira os principais momentos do debate sobre o fim da Seguradora Líder e o futuro do DPVAT, o seguro obrigatório.

1. O que é a Seguradora Líder?

Boris Feldman explica o que é a Seguradora Líder e como ela manipula o poder público com o dinheiro arrecadado do cidadão brasileiro. Boris também questiona o monopólio da Líder e explica porque o valor do seguro DPVAT 2020

2. Como baixar o valor do DPVAT?

Boris Feldman defende a livre concorrência do seguro obrigatório e como isso pode baixar o custo do seguro DPVAT

3. Como a Seguradora Líder ficou bilionária

Boris e Délio Malheiros explicam os motivos de o valor da indenização do seguro obrigatório estar congelado e como isso enriqueceu a Seguradora Líder

4. Como eram as fraudes no DPVAT?

Promotor Paulo Márcio explica como eram algumas das fraudes feitas no DPVAT

5. Diretoria da Seguradora Líder também participava das fraudes

Boris Feldman comenta sobre as fraudes na diretoria da Seguradora Líder

6. R$ 9 bilhões de dinheiro público ajudam monopólio da Líder

Boris sugere intervenção na Seguradora Líder: com R$ 9 bilhões em caixa, ela ainda é capaz de garantir o seu monopólio

boris delio danilo bruno paulomarcio mesa 98fm sobre dpvat 16012020
SOBRE
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Eduardo Nobre 20 de janeiro de 2020

    Não seria o caso das pessoas que tem seguro total ficar isento do DPVAT?

  • Avatar
    Ademar Silva 19 de janeiro de 2020

    Já sofri três acidentes de trânsito e não recebi um tostão desta seguradora que deveria se chamar “CAVALO DE TRÓIA” e com certeza não sou o único.

Avatar
Deixe um comentário